Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.
Domingo, 28 de Novembro de 2010
Alimentos Vegetarianos Típicos

Nesta página são apresentados alguns alimentos mais típicos de dietas vegetarianas. No entanto, não é necessário que os vegetarianos incluam estes alimentos na sua dieta. O mais importante numa dieta equilibrada é incluir muitos legumes, fruta, leguminosas (como feijão, grão-de-bico, lentilhas, etc.) e cereais (como arroz, pão e massa, de preferência integrais).

A maioria dos alimentos aqui apresentados encontra-se facilmente em qualquer loja de produtos/naturais dietéticos, sendo que alguns também se encontram nos hipermercados e supermercados.





Tofu

Tofu
O tofu é um alimento feito a partir de feijões de soja, água e um agente coagulante. Tem origem na China, onde já é utilizado há milhares de anos. O tofu é uma excelente fonte de proteína e de cálcio. É um alimento com um sabor neutro, mas que absorve muito facilmente diferentes sabores, o que o torna num alimento extremamente versátil que tanto pode ser utilizado em pratos salgados como doces.
Normalmente, o tofu vende-se embalado com água. Depois de aberto, o tofu não utilizado pode voltar a ser armazenado no frigorífico, imerso em água num recipiente fechado.

Seitan

Seitan
O seitan é um alimento rico em proteína feito à base de glúten de trigo e utilizado na Ásia há centenas de anos. Embora seja feito de trigo, não tem grandes semelhanças com o pão. Quando cozinhado, o seitan tem um aspecto e textura extremamente idênticos aos da carne, sendo muito popular como substituto da carne.
Normalmente, o seitan vende-se normalmente embalado com água. Depois de aberto, o seitan não utilizado pode voltar a ser armazenado no frigorífico, imerso em água num recipiente fechado.

Tempeh

Tempeh
O tempeh é um alimento feito a partir de feijão de soja integral, cozinhado e fermentado. Ao contrário do tofu, tem um sabor distinto, sendo por vezes incluídos cereais na sua produção. O tempeh é um alimento altamente nutritivo, rico em proteína, cálcio e isoflavonóides, e com muito baixo teor de gordura. Trata-se de um aglomerado firme e compacto de feijões de soja, sendo recomendável cortá-lo em rodelas ou pequenos cubos para o cozinhar, por exemplo, num refogado.

Molho de Soja (Shoyu)

Molho de Soja
O molho de soja é um condimento utilizado em substituição do sal e foi originalmente criado na China há milhares de anos. O molho de soja é feito com soja fermentada, trigo, sal e água.
No Japão, o molho de soja é denominado shoyu, sendo este o molho de soja mais popular de boa qualidade que se encontra à venda em Portugal. Também de origem japonesa, o tamari é outro molho de soja popular, mas com um sabor mais forte e sem trigo (ou com quantidade muito reduzida de trigo).
Dado que contém sal, o molho de soja deve ser utilizado com moderação. No entanto, o molho de soja permite conferir um sabor agradável e característico aos alimentos com menor quantidade de sal do que se fosse utilizado sal por si só.

Análogos da Carne

Salsichas e Hambúrgeres
É muito simples e fácil substituir a carne nos mais variados pratos. Os substitutos de carne mais económicos e acessíveis são as leguminosas, como o feijão, o grão-de-bico e as lentilhas, por exemplo. Quando se pretende um substituto com aspecto e/ou textura semelhantes aos da carne, pode utilizar-se a proteína de soja texturizada, o seitan ou o tofu. Existem também diversos alimentos vegetais processados que são extremamente semelhantes às versões feitas a partir de carne. É possível comprar salsichas vegetais, hambúrgueres vegetais e até chouriço vegetal. Uma desvantagem destes alimentos veganos processados é que são normalmente bastante dispendiosos.

Leite Vegetal

Bebida Soja
O leite vegetal mais popular entre os veganos é o leite de soja, mas também existe leite de aveia e leite de arroz. Os diferentes leites vegetais têm sabores bastantes distintos e os leites de soja também variam bastante de sabor consoante a marca. Não te assustes se experimentares algum de que não gostes, quase de certeza que há outros leites vegetais com um sabor que te agrade mais (os leites de soja simples mais saborosos costumam ser os que incluem aroma de maçã).
A maioria dos leites vegetais é enriquecida com cálcio numa quantidade idêntica ao existente no leite de vaca, pelo que esses leites vegetais são uma fonte de cálcio equiparável ao leite de vaca.

Queijo Vegetal

Queijo de Soja
Para muitos veganos, o queijo é o alimento de origem animal que mais lhes custa a abandonar. No entanto, cada vez há mais oferta de queijos vegetais com um sabor muito idêntico ao queijo de origem animal, pelo que é possível continuar a desfrutar de um paladar semelhante ao do queijo sem contribuir para a crueldade animal. Existem queijos vegetais de diversos sabores e consistências, sendo inclusive possível utilizá-los em pizas vegetais, por exemplo.

Substitutos de Ovos

Substituto de Ovo
Na maioria das receitas com ovos, é possível encontrar bons substitutos vegetais para os ovos. Por exemplo, pode substituir-se um ovo com qualquer uma das seguintes opções:
  • 2 colheres de sopa de amido de milho misturado com 2 colheres de sopa de água.
  • 1/4 de chávena de banana triturada.
  • 1/4 de chávena de puré de maça.
  • 40 g de tofu triturado com água ou triturado com os líquidos da receita.
  • 1 colher de sopa de linhaça triturada com 3 colheres de sopa de água.
O tofu costuma resultar bem em pratos salgados, como quiches. A linhaça triturada é um bom substituto da clara de ovo. Também são comercializados alguns substitutos de ovo vegetais em pó, mas não é muito fácil encontrá-los à venda em Portugal.

Proteína de Soja Texturizada/Soja Granulada

Proteína de Soja
A proteína de soja texturizada (ou soja granulada) é uma fonte de proteína muito económica criada a partir de farinha de soja por um processo industrial. A proteína de soja texturizada é também rica em ferro, cálcio, fibra e zinco. Dado que se trata de um alimento desidratado, a proteína de soja texturizada tem de ser reidratada em água quente durante uns 10 minutos ou durante o processo de cozedura.
A proteína de soja texturizada tem cerca de 50% de proteína (antes de ser reidratada) e, depois de cozinhada, tem uma textura idêntica à de carne picada. Para além do granulado fino, existe também proteína de soja texturizada em pedaços maiores (mas não costuma ficar tão saborosa).
Dado que se trata de um alimento bastante processado, não é muito recomendável como opção frequente.

Quinoa

Quinoa
A quinoa é um alimento nativo da América do Sul, conhecido como o "ouro dos Incas". Embora seja conhecida como cereal, trata-se de uma semente de excelente valor nutricional. É muito rica em proteínas, incluindo todas as proteínas essenciais, o que faz dela um alimento bastante adequado para os veganos. A quinoa é também muito rica em fibra, magnésio, ferro e fósforo, e é isenta de glúten, sendo por isso um alimento de fácil digestão. A preparação da quinoa é idêntica à dos cereais integrais (como o arroz), mas a sua cozedura é bastante mais rápida (15-20 minutos).

Tahini

Tahini
O tahini é uma pasta feita a partir de sementes de sésamo sem casca e tem origem no Médio Oriente, onde é utilizado há centenas de anos. Existem pastas de sésamo feitas a partir de sementes de sésamo com casca, mas são mais amargas e espessas do que o tahini.
O tahini é idêntico à manteiga de amendoim em consistência e sabor, mas de valor nutricional superior. É muito rico em cálcio e é muito popular sobretudo como ingrediente para fazer hummus, um alimento típico do Médio Oriente, feito à base de grão-de-bico e tahini.


publicado por Maluvfx às 04:16
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Saúde e Nutrição Numa Dieta Vegetariana
Vegetais
Adoptar uma dieta vegetariana por respeito aos animais não pode ser uma moda passageira — é uma filosofia de vida para toda a vida. Como tal, é fundamental que estejamos bem informados sobre as questões de saúde e nutrição. Ao descurar a saúde, não estamos apenas a prejudicarmo-nos a nós próprios e àqueles que gostam de nós, mas estamos também a contribuir para uma imagem errada da dieta vegetariana, o que, em última análise, é mau para os animais que queremos defender.
Esta secção tem como objectivo fornecer informações isentas, fidedignas e actualizadas sobre nutrição e saúde numa dieta vegetariana, para que possamos adoptar o vegetarianismo para toda a vida e o possamos fazer cuidando da nossa saúde.

Índice de Artigos Sobre Saúde e Nutrição

Nota: dieta vegana significa dieta estritamente vegetariana (sem nenhum alimento de origem animal). Quando se fala apenas em dietas vegetarianas, tal engloba normalmente as dietas veganas e as ovolactovegetarianas.
A menos que exista indicação em contrário, os artigos da secção de saúde são da autoria de Jack Norris, nutricionista. Original em VeganHealth.org. © 2003–2009 Vegan Outreach e Jack Norris. Tradução e adaptação: Associação Pelos Animais.


publicado por Maluvfx às 04:15
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010
A nossa esquerda só pode ser anti-tourada
Ricardo Coelho
por Ricardo Coelho 



A nossa esquerda nada tem a ver com o conservadorismo da defesa incondicional da tradição, porque é uma esquerda moderna.

Depois da sua proibição na Catalunha, a tourada está rapidamente a ser enviada para o baú das más recordações do passado. Por todo o Estado Espanhol multiplicam-se os protestos para estender o fim da tourada ao resto do país, com o apoio de toda a esquerda. No sul de França, o retrato repete-se, agora que as touradas se deslocam da Catalunha para o outro lado da fronteira. Esta é também a nossa luta, na medida em que contamos com vários bastiões desta cruel tradição em Portugal.

Após um período de constante declínio, o número de espectadores das touradas aumentou bastante desde 2006, ano em que abriu a nova praça de touros do Campo Pequeno, em Lisboa. Desde então, o número de espectadores tem-se mantido relativamente constante, em torno dos 300 mil, mas em 2008 dá-se uma importante transformação: a proporção de bilhetes oferecidos aumenta para o dobro, atingindo mais de 40%.

O que temos assistido nos últimos anos, portanto, é a sustentação da tourada com dinheiros públicos, provenientes sobretudo de algumas autarquias. Segundo apurou o Movimento Anti-Touradas de Portugal, em 2009 um milhão de euros de dinheiro dos contribuintes foi usado para financiar a tauromaquia. Os maiores gastadores são a Câmara de Angra do Heroísmo, com 275 mil euros dados em vários apoios e a Câmara de Santarém, com 168 mil euros gastos na compra de bilhetes.

Estas duas autarquias têm sido importantes bases de sustentação da tourada em Portugal. Da primeira, saiu a inqualificável candidatura da Festa Brava da Terceira como Património Imaterial da Humanidade. Da segunda, saiu uma petição a favor das touradas, encabeçada por Moita Flores, seu presidente.

Numa entrevista ao Correio da Manhã, Moita Flores, de peito cheio, anunciava a guerra contra os “talibãs” que pretendem destruir a tourada. A estrela televisiva tem o descaramento de defender que a tourada não recebe apoios públicos, apesar de ser um dos seus maiores financiadores. O criminalista que sabe tudo sobre a Maddie afirma ainda que a tourada é o segundo espectáculo mais visto em Portugal, a seguir ao futebol. Será, se excluirmos todos os outros. Na realidade, até a música clássica ou o folclore contam com mais do dobro dos espectadores que a tourada, segundo os dados do INE. Estamos no domínio da fantasia, portanto.

Mas a perigosa fantasia estende-se também ao Ministério da Cultura. Em Fevereiro deste ano, a Ministra Gabriela Canavilhas decidiu criar uma secção de tauromaquia no Conselho Nacional de Cultura. O objectivo é muito claro: pretende-se dar à tourada uma aura de legitimidade enquanto actividade cultural, como se fizesse sentido falar em arte num espectáculo que consiste num ritual de tortura.

Temos assim uma coligação de interesses que usa de forma explícita o poder político para perpetuar a existência de uma tradição obsoleta, que tanto deslumbra uma certa burguesia marialva, saudosa da monarquia e omnipresente na “imprensa cor-de-rosa”. A esta burguesia opõem-se todos/as aqueles/as que vêem na tourada um resquício de um medievalismo que urge erradicar da nossa sociedade.

Em grande medida, o grau de desenvolvimento de uma sociedade vê-se pela forma como trata os seus animais. O sofrimento animal provocado por humanos não é apenas cruel, porque desnecessário – é também degradante para o próprio ser humano. A luta contra todos os maus-tratos para com animais não humanos é, portanto, uma luta humanista e deve fazer parte do património da esquerda.

A nossa esquerda nada tem a ver com o conservadorismo da defesa incondicional da tradição, porque é uma esquerda moderna. A nossa esquerda não pode agarrar-se à ideia ultrapassada de que os animais não sofrem, porque é uma esquerda científica. A nossa esquerda não pode aceitar o determinismo da hierarquização das lutas, porque é uma esquerda plural e inclusiva.

Quando pudermos olhar para trás e dizer “acabamos com as touradas”, saberemos que atingimos, uma vez mais, um novo patamar na evolução da esquerda. Iniciemos então o debate sobre estratégias para atingir este objectivo.


publicado por Maluvfx às 22:14
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2010
Como nascem os paradigmas...!
Somente duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana. E não estou seguro quanto ao primeiro.”
Albert Einstein

Um grupo de cientistas colocou cinco macacos numa jaula. No meio, uma escada e sobre ela um cacho de bananas. Quando um macaco subia na escada para pegar as bananas, os cientistas jogavam um jato de água fria nos que estavam no chão.
Depois de certo tempo, quando um macaco ia subir a escada, os outros o pegavam davam-lhe uma surra. Dentro de algum tempo, nenhum macaco subia mais a escada, apesar da tentação das bananas.
Então, os cientistas substituíram um dos macacos por um novo. A primeira coisa que ele fez foi subir a escada, dela sendo retirado pelos outros, que o surraram. Depois de algumas surras, o novo integrante do grupo não subia mais a escada. Um segundo foi substituído e o mesmo ocorreu, tendo o primeiro substituto participado na surra ao novato.
Um terceiro foi trocado e o mesmo ocorreu. Um quarto, e afinal, o último dos veteranos foi substituído. Os cientistas então ficaram com um grupo de cinco macacos que mesmo nunca tendo tomado um banho frio, continuavam batendo naquele que tentasse pegar as bananas.
Se fosse possível perguntar a algum deles porque eles batiam em quem tentasse subir a escada, com certeza a resposta seria:
“Não sei, mas as coisas sempre foram assim por aqui”.
Resposta correta dos Macacos:
Depois dizem que somos nós os macacos é que temos o menor grau de QI nesta família de primatas …

A Minha resposta seria:
Caro amiguinho novato, não suba nesta escada porque aqui nesta gaiola toda vez que alguém sobe na escada recebemos um jato de água fria até descermos da escada e mesmo que você não tenha visto este perigo em nenhum lugar, podes acreditar porque aqui acontece isto, nossos antecessores aprenderam esta lição a duras penas até que desistiram de comer as bananas que estão aí em cima.
Mas como Macaco não entende esta linguagem, então a solução é descer a pancada mesmo, porque jamais conseguirão convecê-lo do contrário com esta ladainha tola, afinal quem tem filho adolescente sabe muito bem qual é o resultado deste papo carêta.
Na minha opinião particular eu diria que se continuassem trocando os macacos por mais tres gerações sem jogar nenhum jato de água fria, da primeira vez que se distraissem e um macaquinho pegasse a banana, nunca mais ninguém apanharia sem motivo.
É assim que as coisas mudam com o passar dos anos, naturalmente e não artificialmente com jatos de água fria programados.


tags:

publicado por Maluvfx às 15:45
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Cães e gatos veganos
A alimentação dos animais de estimação dos veganos é por vezes uma questão controversa, principalmente do ponto de vista ético.
Se por um lado um vegano respeita todas as formas de vida, o que implica não sujeitar os outros à sua opção de alimentação/vida vegana, não deveria submeter um animal a uma alimentação vegetariana. Mas por outro lado comprar comida "normal" para animais domésticos é dar apoio à mesma indústria da carne, com toda a sua crueldade, exploração, desperdício e danos ambientais, à qual o veganismo se opõe.

Os cães e os gatos podem receber uma dieta vegetariana, mas não são veganos por natureza - os cães são omnívoros e os gatos são carnívoros. Embora ambos pertençam à classe dos carnívoros, isso não é muito significativo, pois o urso panda também pertence à mesma classe e é quase vegano.
No entanto, é necessário estabelecer dietas especiais para gatos, pois estes precisam de um aminoácido chamado taurina, encontrado nos músculos de animais. Parecem não ser capazes de sintetizá-lo em quantidades suficientes, ao contrário dos humanos e dos cães.
Já se desenvolveu a taurina sintética, usada em alimentos comerciais (não vegetarianos), para gatos. Os animais que não comerem carne devem receber estes ou outros suplementos, pois a sua deficiência pode causar cegueira e mesmo a morte do animal. Os gatos precisam ainda de vitamina A pré-formada e ácido araquidónico. Todos os alimentos veganos para estes felinos contêm esses ingredientes essenciais, e as empresas que os comercializam incluem-nos nos seus produtos.
Não fica mais caro dar uma dieta vegana a um animal de estimação, pois rações de qualidade também não são baratas. E mesmo quando se opta por usar comida "caseira" em vez de rações, os ingredientes mais caros como castanhas e sementes são tão concentradas em energia e nutrientes que são necessárias pequenas quantidades para os deixarem saciados. O dono de um animal ao decidir dar-lhe uma dieta vegana tem apenas de ter atenção à alimentação, de forma a que não falte nenhum nutriente essencial.
Alimentar cães e gatos com uma dieta vegetariana por vezes tem ainda a vantagem de evitar alergias e outros problemas de saúde.

Onde encontrar ração vegetariana:

Nem todas as rações são veganas, mas todas são vegetarianas

Benevo
http://www.efeitoverde.com ou em http://www.centrovegetariano.org/loja
Ração vegetariana para cães e gatos, sem OGM, nem corantes ou conservantes sintéticos.

Yarrah
http://www.yarrahportugal.com
Uma gama completa de alimentos biológicos para cães e gatos, com algumas rações, biscoitos e snacks vegetarianos para cães.

Petemotions
http://www.petemotions.com
Techni-Cal Vegetarian - Ração vegetariana para cães à venda online. Entregas dentro de Portugal continental.

Veggie Pets
http://www.veggiepets.com
Loja online com rações vegetarianas e veganas para cães e gatos, de várias marcas disponíveis no mercado.

Rações Fri-Ribe
http://www.fri-ribe.com.br
Fri-Dog Premium - Vegetariana - Ração 100% vegetal, com 25% de proteínas, à venda no Brasil. Recomendada para alimentação diária de cães adultos de todas as raças e portes.

Amí
http://ami.aminews.net
Produtos alimentares totalmente vegetarianos para cães e gatos. Sem corantes, nem conservantes nem produtos transgénicos.



Referências:
http://www.vegetarianismo.com.br/animais.html
http://www.vegepets.info

Fonte: Centro Vegetariano


publicado por Maluvfx às 07:27
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 23 de Novembro de 2010
As consequências de comer carne
O total anual de cereais que alimenta o gado no mundo inteiro é de cerca de 735 bilhões de quilos.
Para transportar esta quantidade por comboio seriam necessários 12.3 milhões de vagões cheios de cereal. Este comboio facilmente poderia circuncidar o equador 6 vezes.
A maioria dos países ocidentais usa para além do seu próprio território grandes extensões do território de países em desenvolvimento para pastagens. O uso do território estrangeiro chega a ser seis vezes maior do que o próprio. Países como a Tailândia (cassave) Malásia, Brasil (soja) e a Argentina contribuem enormemente para a produção de rações para gado, e quase um terço destas é produzido em países do Terceiro Mundo. Por exemplo, para alimentar a população holandesa há no país e fora dele por pessoa cerca de 1,20 hectares de terra cultivada em uso, enquanto que de facto por cada indivíduo no planeta só há 0,2 hectares de terra disponível (1 hectare equivale a 10.000 m²).
Cada indivíduo utiliza uma certa porção do espaço do planeta, e quanto espaço ele usa depende do seu padrão individual de consumo.

Por meio do Impacto Global é possível traduzir este espaço em números, expressos em hectares.
A produção de carne custa vidas
No ocidente consume-se agora muito mais carne do que antigamente. Os veganistas que se abstêem totalmente do consumo de carne e da utilização de animais, poupam cada um a vida de (aproximadamente) 6 vacas, 45 porcos e de centenas de frangos (números aplicáveis aos Países Baixos).
A indústria pecuária intensiva condena os animais nas explorações a um sofrimento enorme. Diminuindo o consumo de carne, diminuimos também o seu sofrimento.
A produção de carne é energia mal gasta
Durante a transformação de proteína vegetal em proteína animal são desperdiçados uma grande quantidade de nutrientes. São necessários 4 quilos de proteínas vegetais (raçõe para o gado) para produzir apenas 1 quilo de proteína animal.
A produção de carne custa aproximadamente 14,7 vezes mais energia do que a produção de vegetais. Um quilo de carne de vitela é comparável a 100 quilos de batata em valor energético. Uma campo de pasto normal produz 330 quilos de carne. O mesmo campo pode alternativamente chegar a produzir 40.000 quilos de batata. Além disso, para produzir um quilo de carne são necessários uns 111.250 litros de água.
É necessária muito menos água para alimentar um vegetariano estrito durante um ano do que a necessária para alimentar um carnívoro durante apenas um mês. Um país como a Holanda usa por ano tanta água para a produção bovina como a que poderia abastecer de água a terça parte da população mundial.


Produção de carne = poluição
No ocidente os maiores contribuintes para a chuva ácida que afecta as florestas são a indústria pecuária intensiva e o trânsito. Uma vez que os fertilizantes são um dos maiores contribuintes, o ambiente beneficiaria enormemente duma diminuição da produção.

tags:

publicado por Maluvfx às 13:24
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Custo da Carne ( e de qualquer produção artificial de animais)


tags:

publicado por Maluvfx às 13:22
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Domingo, 14 de Novembro de 2010
Pólen e seus benefícios
= PÓLEN A FARMÁCIA DA NATUREZA =

O pólen contém tudo o que é necessário para a vida

O Pólen é o elemento masculino de reprodução das plantas e se encontra nas anteras das flores. Originalmente, é um pozinho de cor amarelada, facilmente levado pelo vento. Cada grãozinho microscópico é uma entidade biológica que contém tudo o que é necessário para a vida: proteínas, glicídeos, sais minerais, vitaminas, hormônios, enzimas etc.

As abelhas coletam o pólen porque ele representa a sua principal e quase exclusiva fonte de proteínas; e é essencial para a produção de Geléia Real, o alimento por excelência da rainha.

Para coletar e transportar o pólen até a colméia, as abelhas lhe adicionam secreções enzimáticas e fazem pequenas bolotas que ficam presas em suas patas traseiras. O apicultor coloca na entrada da colméia um tipo de tela que obriga as abelhas a passarem "apertadas", fazendo com que grande parte das bolotas de pólen se soltem de suas patas, caindo num cocho ou gaveta. É o caça pólen. Uma colméia produz cerca de 50 a 80 Kg de pólen por ano. O apicultor normalmente retira cerca de 10% desse total, sem causar prejuízo para o enxame.

= INDICAÇÕES =

 Pesquisas sobre a utilização do pólen na alimentação e terapia humanas, realizadas em quase todo o mundo, indicam que esse produto coletado das flores pelas abelhas:

 
- Harmoniza o metabolismo
 
 
- Estimula e aumenta a energia vital
 
 
- Tonifica, reequilibra e desintoxica
 
 
- Reestabelece o bom funcionamento intestinal
 
 
- Tem ação anti-anêmica e fortalece os vasos sanguíneos
 
- Favorece o trabalho intestinal e age como anti-depressiv
 
= INDICAÇÕES GERAIS =

 A utilizaão do pólen por via horal é especialmente indicada para crianças e jovens em crescimento, gestantes, mães amamentando, esportistas, pessoas submentidas a situações de grande exigência intelectual ou física e convalescentes.

É aconselhável o uso de pólen em casos de: Astenias (ou estado de fadiga); Anorexias (principalmente de origem psicológica); Estados de Carências (raquitismo, má dentição, retardo no crescimento); e Envelhecimento precoce.

 
= INDICAÇÕES PARTICULARES =

 As pesquisas constataram efeitos benéficos obtidos pelo uso de pólen em casos de problemas: Cárdio-vascular (arteriosclerose, hipertensão arterial, fragilidade vascular varizes); Digestivo (anorexia-estimulação da função gástrica; constipação-permitindo a suspenção do uso de laxantes); Genito-urinário (problemas na Próstata, astenias e impotência sexual); Neuropsíquico (inclusive insônia); Ósseo-articular (artrose e reumatismo crônico); Dermatológicos e de Visão (fadiga ocular).


= INFORMAÇÕES TÉCNICAS =

Composição Média 

Proteínas 20 a 35%, Glicídeos 15 a 40%, Lipídeos 1 a 14%, Sais Minerais 1 a 18%, Outros 1 a 13%. As proteínas contidas no pólen são encontradas, em sua grande maioria, na forma de aminoácidos livres. O pólen é um dos produtos naturais mais ricos qualitativamente em aminoácidos.

Sais minerais presentes: Cálcio, Ferro, Fósforo, Potássio, Cloro, Cobre, Silício, Enxofre, Manganês.

Vitaminas presentes em quantidades consideráveis: B1, B2, PP, Ácido Pantotênico, B6, Inositol, Ácido Fólico, B12, C, D, E e provitamina A.

Outras substâncias presentes: Enzimas, Substâncias de Crescimento, Substâncias Antibióticas ativas e uma pequena quantidade de substâncias ainda não identificadas.

 = RESTRIÇÕES =

·    Pessoas sensíveis aos ingredientes descritos no item COMPOSIÇÃO não devem utilizar o produto.

·    Em caso de reação alérgica suspender a uso do produto.

·    Crianças abaixo de 01 ano de idade só devem utilizar o produto sob orientação de um  médico pediatra.

·    Diabéticos deverão consultar um médico especialista antes de consumir o produto

 = EFEITOS COLATERAIS =

 Algumas pessoas podem sofrer alergia ao produto.
Pessoas que manifestam alergias ao pólen transportado pelo vento, dificilmente apresentam reações ao pólen coletado pelas abelhas

.=RECOMENDAÇÕES DE USO =
Adultos: 10 a 20g ao dia; Crianças: 3 a 5 anos, 4 a 8g ao dia; 6 a 12 anos, 8 a 15g ao dia. 1 colher rasa de café, equivale a 4g;1 colher de sobremesa rasa equivale a 8g;1 colher de sopa rasa equivale a 12g

É importante saber que a ação do pólen sobre o organismo não é rápida nem abrupta, mas sim progressiva. Trata-se de uma ação profunda sobre o metabolismo que começa a se manifestar positivamente após duas ou três semanas de uso contínuo. Em geral, é recomendado a utilização contínua de pólen durante no mínimo 30 dias, intercalado com igual período de descanso. Como tratamento, recomenda-se o uso contínuo por um período de três meses. A utilização por longos períodos acarreta excelente regularidade orgânica e não tem contra-indicações. 


.= CONSERVAÇÃO =

 SE FOR DESIDRATADO, MANTENHA EM LOCAL FRESCO, CASO NÃO, MANTER NA GELADEIRA EM POTE BEM FECHADO.

( DESIDRATADO QUER DIZER SECO )



tags:

publicado por Maluvfx às 09:09
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Pólen e seus benefícios
= PÓLEN A FARMÁCIA DA NATUREZA =

O pólen contém tudo o que é necessário para a vida

O Pólen é o elemento masculino de reprodução das plantas e se encontra nas anteras das flores. Originalmente, é um pozinho de cor amarelada, facilmente levado pelo vento. Cada grãozinho microscópico é uma entidade biológica que contém tudo o que é necessário para a vida: proteínas, glicídeos, sais minerais, vitaminas, hormônios, enzimas etc.

As abelhas coletam o pólen porque ele representa a sua principal e quase exclusiva fonte de proteínas; e é essencial para a produção de Geléia Real, o alimento por excelência da rainha.

Para coletar e transportar o pólen até a colméia, as abelhas lhe adicionam secreções enzimáticas e fazem pequenas bolotas que ficam presas em suas patas traseiras. O apicultor coloca na entrada da colméia um tipo de tela que obriga as abelhas a passarem "apertadas", fazendo com que grande parte das bolotas de pólen se soltem de suas patas, caindo num cocho ou gaveta. É o caça pólen. Uma colméia produz cerca de 50 a 80 Kg de pólen por ano. O apicultor normalmente retira cerca de 10% desse total, sem causar prejuízo para o enxame.

= INDICAÇÕES =

 Pesquisas sobre a utilização do pólen na alimentação e terapia humanas, realizadas em quase todo o mundo, indicam que esse produto coletado das flores pelas abelhas:

 
- Harmoniza o metabolismo
 
 
- Estimula e aumenta a energia vital
 
 
- Tonifica, reequilibra e desintoxica
 
 
- Reestabelece o bom funcionamento intestinal
 
 
- Tem ação anti-anêmica e fortalece os vasos sanguíneos
 
- Favorece o trabalho intestinal e age como anti-depressiv
 
= INDICAÇÕES GERAIS =

 A utilizaão do pólen por via horal é especialmente indicada para crianças e jovens em crescimento, gestantes, mães amamentando, esportistas, pessoas submentidas a situações de grande exigência intelectual ou física e convalescentes.

É aconselhável o uso de pólen em casos de: Astenias (ou estado de fadiga); Anorexias (principalmente de origem psicológica); Estados de Carências (raquitismo, má dentição, retardo no crescimento); e Envelhecimento precoce.

 
= INDICAÇÕES PARTICULARES =

 As pesquisas constataram efeitos benéficos obtidos pelo uso de pólen em casos de problemas: Cárdio-vascular (arteriosclerose, hipertensão arterial, fragilidade vascular varizes); Digestivo (anorexia-estimulação da função gástrica; constipação-permitindo a suspenção do uso de laxantes); Genito-urinário (problemas na Próstata, astenias e impotência sexual); Neuropsíquico (inclusive insônia); Ósseo-articular (artrose e reumatismo crônico); Dermatológicos e de Visão (fadiga ocular).


= INFORMAÇÕES TÉCNICAS =

Composição Média 

Proteínas 20 a 35%, Glicídeos 15 a 40%, Lipídeos 1 a 14%, Sais Minerais 1 a 18%, Outros 1 a 13%. As proteínas contidas no pólen são encontradas, em sua grande maioria, na forma de aminoácidos livres. O pólen é um dos produtos naturais mais ricos qualitativamente em aminoácidos.

Sais minerais presentes: Cálcio, Ferro, Fósforo, Potássio, Cloro, Cobre, Silício, Enxofre, Manganês.

Vitaminas presentes em quantidades consideráveis: B1, B2, PP, Ácido Pantotênico, B6, Inositol, Ácido Fólico, B12, C, D, E e provitamina A.

Outras substâncias presentes: Enzimas, Substâncias de Crescimento, Substâncias Antibióticas ativas e uma pequena quantidade de substâncias ainda não identificadas.

 = RESTRIÇÕES =

·    Pessoas sensíveis aos ingredientes descritos no item COMPOSIÇÃO não devem utilizar o produto.

·    Em caso de reação alérgica suspender a uso do produto.

·    Crianças abaixo de 01 ano de idade só devem utilizar o produto sob orientação de um  médico pediatra.

·    Diabéticos deverão consultar um médico especialista antes de consumir o produto

 = EFEITOS COLATERAIS =

 Algumas pessoas podem sofrer alergia ao produto.
Pessoas que manifestam alergias ao pólen transportado pelo vento, dificilmente apresentam reações ao pólen coletado pelas abelhas

.=RECOMENDAÇÕES DE USO =
Adultos: 10 a 20g ao dia; Crianças: 3 a 5 anos, 4 a 8g ao dia; 6 a 12 anos, 8 a 15g ao dia. 1 colher rasa de café, equivale a 4g;1 colher de sobremesa rasa equivale a 8g;1 colher de sopa rasa equivale a 12g

É importante saber que a ação do pólen sobre o organismo não é rápida nem abrupta, mas sim progressiva. Trata-se de uma ação profunda sobre o metabolismo que começa a se manifestar positivamente após duas ou três semanas de uso contínuo. Em geral, é recomendado a utilização contínua de pólen durante no mínimo 30 dias, intercalado com igual período de descanso. Como tratamento, recomenda-se o uso contínuo por um período de três meses. A utilização por longos períodos acarreta excelente regularidade orgânica e não tem contra-indicações. 


.= CONSERVAÇÃO =

 SE FOR DESIDRATADO, MANTENHA EM LOCAL FRESCO, CASO NÃO, MANTER NA GELADEIRA EM POTE BEM FECHADO.

( DESIDRATADO QUER DIZER SECO )



tags:

publicado por Maluvfx às 09:09
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 9 de Novembro de 2010
Veja como chicletes, tampinhas de garrafa e filtro de cigarro matam animais
Pássaros são atraídos por chicletes jogados no chão?

Circula a informação de que os pássaros são atraídos pelo cheiro doce do sabor de frutas dos chicletes.
No momento em que o chiclete gruda no bico, a ave tenta desesperadamente tirá-lo e, na maioria das vezes, morre sufocada – é o texto que vem em sequência.
Ao imaginar a cena chocante e a quantidade de chicletes jogados no chão, a primeira sensação é de pânico. Passado o primeiro instante, o Blog da Saúde pesquisou mais sobre o assunto e não encontrou nenhum estudo que comprove a atração dos pássaros pela goma de mascar.
O CEO – Centro de Estudos Ornitológicos (observação, estudo e preservação das aves) também não possui trabalho científico sobre o assunto. Ainda assim, cada produto deve ser jogado no lixo de forma adequada. O chiclete demora 5 anos para se decompor.
O resíduo humano que mais prejudica os animais é, sem dúvidas, o plástico, que demora muito para se degradar (por volta de 450 anos) e que os animais podem comer pensando que é alimento, informa o CEO.
Caso saiba sobre algum estudo com fonte comprovada sobre a relação entre restos de chiclete e pássaros, por favor nos envie. Por enquanto, a afirmação permanece como mito.


A cultura de não tratar o destino do lixo como uma responsabilidade individual e coletiva tem levado à morte milhares de animais.
Atraídos pelo cheiro adocicado e o sabor de fruta, passarinhos comem restos de chicletes. O material acaba grudando no bico do passarinho que então tenta removê-lo com os pés e na maioria das vezes morre por asfixia.
Os filhotes de pássaros também são vítimas do lixo humano por contaminação de nicotina. Os filtros de cigarro que são jogados acabam sendo utilizados por várias espécies de pássaros na construção de seu ninho. O alto teor de produtos químicos cancerígenos que se acumulam no filtro do cigarro matam em pouco tempo os filhotes.
No mar e nos rios, o perigo está na tampa das garrafas de refrigerantes que são engolidas por peixes, tartarugas e golfinhos, que morrem por congestão e asfixia.
Outro perigo para a vida marinha e as reservas de água doce são os saquinhos e sacolinhas plásticas, que acabam sufocando o sistema respiratório de várias espécies marinhas.
Para evitar que mais animais sejam mortos por contaminação do lixo humano, devemos todos dar o devido destino ao nosso lixo e cobrar das autoridades que façam coleta seletiva de lixo e campanhas de esclarecimentos sobre o tema nas escolas.

Fonte


publicado por Maluvfx às 19:31
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Benefícios da Vitamina C

“Vermelho e Negro”

Cavalos e Pessoas II

Cavalos e pessoas I

POR QUE AS TOURADAS SÃO F...

Ponto de Vista VITAL: “A ...

O homem é superior aos an...

"A transmissão das tourad...

Touradas

Por isso é muito difícil ...

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds