Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Terça-feira, 14 de Agosto de 2012
John Unger: salvo pelo cão retribui favor [VIRAL]
Uma linda história de amor, lealdade e gratidão se tornou viral graças à uma foto tiradas por uma grande fotógrafa, até então anônima. Há 20 anos atrás John Unger (49) estava no fundo do poço. Após terminar um noivado ele passara por uma noite de desespero, dessas que todos temos, mas ele chegara à pensar em tirar a própria vida. Quem o salvou, disse, foi o cachorro que ele tinha adotado de uma ong, Schoep:

Após uma vida juntos de muita amizade Unger se encontrou na posição de todos aqueles que recebem um favor, uma ajuda: a hora da retribuição chegara pois Schoep estava com artrite.
Nada do que seu dinheiro pudesse pagar ajudava seu amado cãozinho, e Unger se viu na posição difícil de continuar deixando seu 'filho' passar por dores, ou como o veterinário sugeriu: que o cachorro deveria passar pela eutanásia. Unger então começou à levar Schoep para um lago, que no momento tem uma temperatura morna, perfeita para o cãozinho que confia tanto no dono que chega à dormir profundamente, mesmo estando dentro d'água. (confira foto)

'É o mínimo que eu posso fazer por ele' - diz Unger já que Schoep salvou-o do suicídio.
sleeping dog lake arthrits cachorro com artrite lago amizade cão homem
Bom homem, bom carma
Graças à generosidade de Unger que não esperou nada em troca, Deus lhe ajudou. Uma fotógrafa desconhecida e que também é sua amiga sempre o chamava para uma sessão de fotos com Schoep mas ele não a fazia por falta de tempo, quando soube que tinha então pouco tempo junto à seu melhor amigo, Unger arranjou esse tempo. Durante apenas cinco minutos ele fez Schoep flutuar n'água enquanto ele caminhava em círculos no lago e nem imaginava que sua amiga já estava tirando as fotos. Pensando que teria de voltar um outro dia ele ficou surpreso ao chegar na margem e saber que sua amiga (Hannah Stonehouse Hudson que agora será uma fotógrafa requisitada) já tinha conseguido o que queria. Não deu outra, a foto ficou viral. O mundo inteiro viu, se emocionou. Teve milhares de likes e compartilhamentos no facebook. Mulheres que perderam seus maridos disse que a foto mostra muita coisa e compartilhou seus pensamentos com Unger, também pelo facebook; disseram que a foto lhes trouxera a esperança de encontrar novo amor; pessoas que perderam seus cães e outros animais amados de estimação disseram terem chorado, se emocionado mas também que a foto foi como um bálsamo para seus corações saudosos. A surpresa de Unger não acabou por aí. Doações para o tratamento à laser para Schoep e outros estão vindo do mundo todo. Ele nem precisa mais se preocupar com a próxima visita ao veterinário e agora Schoep vai passar sua melhor idade sem dores! É realmente uma história de se comover e nos faz acreditar que nesse mundo tem sim, gente boa e nos desperta para uma outra realidade: a que animais merecem respeito, mesmo que eles não falem ou se expressem como nós, que tem o mesmo direito de viver bem, sem dores ou abuso.

(Quando foi encontrado no canil Schoep estava numa jaula e de costas para os visitantes, com claros sinais de abuso.)

Daily Mail

'He saved MY life... I just want to help him in return': 
Owner of sick dog whose picture touched the nation's hearts reveals how loyal companion stopped him from suicide
John Unger adopted Schoep from a Wisconsin animal shelter 19 years ago with ex-fiancée
After their break-up, Mr Unger contemplated suicide but Schoep brought him back from the brink
'I don’t think I’d be here if I didn’t have Schoep with me,' Mr Unger said
Two weeks ago, Schoep's arthritis got so bad the veterinarian said it might be the end
Friend Hannah Stonehouse Hudson snapped what might have been a final portrait of the pair
Thanks to the donations of strangers, Schoep has more time with his best friend

Owner of Schoep Reveals How His Loyal Companion Stopped Him From Suicide 

Remember Schoep the arthritic dog and his owner, John? Great news: 
 Schoep has received laser treatment for arthritis and will spend his golden year pain-free, thanks to the donation of strangers. John has also revealed how Schoep saved him from rough times and thoughts of suicide. 




publicado por Maluvfx às 22:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 3 de Julho de 2012
Um discurso emocionante pelos animais

Philip Wollen, que já foi vice-presidente do Citibank, é um filantropista australiano amigo dos animais. Durante um recente debate no St James Ethics Centre and the Wheeler Centre em Melbourne, ele fez um apelo emocionante pelos animais, pedindo que as pessoas os deixem fora de seus pratos.
“Os animais tem que sair do cardápio. Porque esta noite eles estão gritando aterrorizados em matadouros e jaulas. Eu ouvi os gritos de desespero do meu pai quando o câncer o consumia e eu me dei conta que eu tinha ouvido aqueles gritos antes. No matadouro, os olhos arrancados com facas, os tendões cortados, nos navios para o Oriente Médio e uma baleia morrendo enquanto um harpão japonês explode em seu cérebro quando ela grita por seu filho. Esses gritos eram os gritos do meu pai,” ele disse.
Wollen enfatizou a questão ambiental ligada ao consumo de animais e como a carne contribui para a aquecimento global. Mas sua retórica é voltada principalmente a crueldade. Ele disse que pior que ditadores na Coréia do Norte e Irã é o que passa pelo nosso garfo e faca.
“A paz não é apenas a ausência de guerras. Ela é a presença de justiça.”
Assista o vídeo do discurso completo em inglês com legendas em português.

Debate completo sem legendas

Please join us at http://facebook.com/KindnessTrust
| Do you eat meat? Did you know you are in the minority? Out of an audience of hundreds, 73.6% agreed meat should be off the menu - find out why, then ask yourself if you are making the right choice.

Intelligence Squared's 2012 series of debates kicks off with a look at the ethics of eating meat. Six speakers are divided into two teams for lively and insightful arguments for and against the proposition, 'Animals Should Be Off the Menu'.

Speaking for the proposition are Peter Singer, Philip Wollen and Veronica Ridge; against it, Adrian Richardson, Fiona Chambers and Bruce McGregor. Their cases are followed by questions from the floor and finally, the audience vote.


publicado por Maluvfx às 09:29
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 29 de Junho de 2012
RELAÇÃO ENTRE CRUELDADES COM SERES HUMANOS E COM ANIMAIS
Consciencializar é mais que preciso, é necessário!
Segundo o FBI, 80% dos assassinos começaram torturando animais!
Em 1998, Russell Weston entrou no Capitólio e começou a atirar ao redor, quando terminou dois policiais estavam mortos e um visitante ferido. Poucas horas antes, Weston já havia atirado em uma dúzia de gatos de rua alimentados por seu pai.



 …Albert de Salvo ( o Estrangulador de Boston) – Assassinou treze mulheres – Na juventude prendia cães e gatos em jaulas para depois atirar flechas neles.


David R. Davis – Assassinou a esposa para receber o seguro – Matou dois pôneis, jogava garrafas em gatinhos, caçava com métodos ilegais.
 …Edmund Kemper – Matou os avós, a mãe e sete mulheres – Cortou dois gatos em pedacinhos.



 …Henry L. Lucas – Matou a mãe, a companheira e um grande número de pessoas- Matava animais e fazia sexo com os cadáveres.


Jack Bassenty – Estuprou e matou três mulheres – Quando sua cadela deu cria enterrou os filhotes vivos.
 …Jeffrey Dahmer – Matou dezessete homens – Matava os animais deliberadamente com seu carro.
 (1) Esse é conhecido. É o “zumbiólogo” da psicopatia. 

Johnny Rieken – Assassino de Christina Nytsh e Ulrike Everts – Matava cães, gatos e outros animais quando tinha onze ou doze anos. 
 …Luke Woodham – Aos dezesseis anos esfaqueou a mãe e matou duas adolescentes- Incendiou seu próprio cachorro despejando um líquido inflamável na garganta e pondo fogo por fora e por dentro ao mesmo tempo.

Michael Cartier – Matou Kristen Lardner com três tiros na cabeça – Aos quatro anos de idade puxou as pernas de um coelho até saírem da articulação e jogou um gatinho através de uma janela fechada. 
 …Peter Kurten ( O monstro de Düsseldorf ) – Matou ou tentou matar mais de cinqüenta homens, mulheres e crianças – Torturava cães e fazia sexo com eles, enquanto os matava.


Randy Roth – Matou duas esposas e tentou matar a terceira – Passou esmeril elétrico em um sapo e amarrou um gato ao motor de um carro.
Richard A. Davis – Assassinou uma criança de doze anos – incendiava gatos.
 … Richard Speck – Matou oito mulheres – Jogava pássaros dentro do elevador.
(2) Esse é um daqueles casos raros em que o cara acaba assumindoseu homossexualismo – Emasculação – porque Richard Speck começou parecendo, segundo se fez crer, um “macho”, alguém que só poderia ter dois cromossomos Y, e acabou de peitinhos e calcinhas azuis, dando, assumidamente, para os presos com quem convivia. Felizmente essa desgraça já morreu! 
Richard. W. Leonard – Matava com arco e flecha ou degolando – Quando criança a avó o forçava a matar e mutilar gatos com sua cria. 
 …Rolf Diesterweg – O assassino de Kim kerkowe e Sylke Meyer – Na juventude matava lebres, gatos e outros animais.



 … Theodore R. Bundy – Matou trinta e três mulheres – Presenciava o avô sendo cruel com animais.
(3) Diga-se de passagem que ele “adorava” esse avô! 

…Nem precisamos ir muito longe para fazer as constatações acima, pois segundo o JORNAL ZERO HORA, do dia 01/06/2004, do RS, um menino de 11 anos matouMaicon Rodrigues dos Santos (menino de 6 anos), o menino assassino, confessou que matou Maicon da mesma maneira que estava habituado a matar gatinhos, degolando –o!
Entretanto, mais assustadores ainda são os recentes TIROTEIOS em diversos colégios dos Estados Unidos. Todos eles têm algo em comum:
Os adolescentes CRIMINOSOS já se haviam destacado anteriormente por atos de violência contra ANIMAIS.
Encarregados da Proteção aos Animais estão cientes desta tendência. Em São Francisco, os funcionários já estão orientados para reconhecerem o abuso infantil baseado na sua relação com o abuso animal.
Segundo dados da COMISSÃO DE COMBATE AO ABUSO INFANTIL, os moradores da cidade, muitas vezes, denunciam com maior rapidez o abuso contra animais porque são visíveis.
Segundo ALLY WALKER: 
“O abuso contra os animais é um crime a ser levado a sério com consequências graves para todos”.
Concordo plenamente com a afirmativa acima e…
Muito me surpreende, o espanto que as pessoas mostram com a nossa preocupação com a violência cometida contra os animais, espero que reflitam e que, como eu, cheguem a conclusão de que a violência contra os animais, é um grande indício de que pessoas com má índole, sempre preferem atacar primeiramente, aqueles que não falam, não podem se defender, como já foram noticiadas várias vezes, os ataques aos bebês por suas babás.
Acredito que cometer atos cruéis com os animais, é o primeiro passo para que o instinto perverso de muitos vá aos poucos se solidificando e sofisticando, ao ponto, de num dia qualquer, começar a colocar em prática com os de sua espécie, tudo o que já foi praticado anteriormente com os indefesos animais, pensando desta forma é que acredito que deve existir uma LEI DE CRIMES AMBIENTAIS:
MATAR UM ANIMAL, SEJA DE QUE MANEIRA FOR; ENVENENAR; MANTER ANIMAIS ACORRENTADOS OU AMARRADOS EM CORRENTES OU CORDAS CURTAS; DEIXÁ-LOS AO RELENTO; DEIXAR UM ANIMALSEM ÁGUA E/ OU COMIDA; DEIXÁ-LOS EM ESPAÇOS EM QUE NÃO POSSA SE MOVIMENTARABANDONÁ-LOS NA RUA OU EM QUALQUER OUTRO LUGAR; MANTER PASSARINHOS EM GAIOLAS PEQUENAS PARA O TAMANHO DELES; CASTIGAR UM ANIMAL DE FORMA CRUEL CAUSANDO DANOS FÍSICOS E/OU PSICOLÓGICOS; DEIXAR UM ANIMAL DOENTE SEM ASSISTÊNCIA VETERINÁRIA; OBRIGAR CAVALOS A CARREGAREM PESO ACIMA DE SUAS FORÇAS, CHICOTEAR CAVALOS, MACHUCÁ-LOS COM ESPORAS, ETC…
(4) Para mim, não há crueldade maior que manter passarinhos em gaiolas, seja do tamanho que for. Para mim, enquanto coisas desse tipo acontecer e acontecem no mundo inteiro, as pessoas serão permissivas com todo tipo de mal – como de fato são, no mundo inteiro.  

“HOJE VOCÊ ESTÁ SALVANDO UM ANIMAL, AMANHÃ PODERÁ SER TARDE PARA SALVAR UMA CRIANÇA, UM IDOSO, UMA MULHER, ENFIM… PESSOAS COMO NÓS!”
Por: Fátima Borges – Artista Plástica, Poetisa, Professora de Português e Teatro Infantil, Vice-presidente da Ong DAA- DEFESA ANIMAL E AMBIENTAL COM APOIO JURÍDICO.  
(5) Seu “garotinho” adora maltratar, machucar animais??  Cuidado. Ele pode ser mais que apenas um ‘mau caráter’…  

Fonte


publicado por Maluvfx às 02:52
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 22 de Maio de 2012
Vamos ser amigos!?


Golfinho e Cão - Vamos ser amigos

Se um golfinho e um cão podem ser amigos, porque nós não podemos? De "Zeus e Roxanne" o filme (1997).
Música: "Song of the Seas" por Vangelis

Sinopse do filme: o cão Zeus e Roxanne o golfinho são capazes de comunicar um com o outro. Trabalhando juntos eles mudam a vida daqueles ao seu redor.
PS: O cão é um Podengo Português. Por volta do século XV, a raça foi usada a bordo dos navios para pegar vermes. Eles viajaram pelo Mundo com os Portugueses - ainda navegaram com os navios de Cristóvão Colombo.


publicado por Maluvfx às 03:26
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 12 de Abril de 2012
Contra as bestas, pelos animais
Crónica de Rodrigo Guedes de Carvalho

«Nunca aceitei dar a cara por uma campanha mas, desta vez, vou bater-me pelos bichos, que são mais que ser vivos
Em tempo de crise, tenho pena de não poder fazer publicidade para reforçar o mealheiro... Estou a brincar. Apesar de achar, como já aqui o disse, que os jornalistas arranjam ligações muito mais dúbias como assessores, isso não me leva a admitir que possamos fazer publicidade. Ainda recebi um convite aqui e ali, mas com o tempo as empresas percebem que estamos proibidos pelo nosso código deontológico. Mas há um outro tipo de convites, que muitos julgam não ter a ver com publicidade, o que nuns casos é verdade, noutros, nem por isso... Refiro-me ao que vulgarmente se chama “campanhas”, sempre com uma face muito humanitária, sem ligações a partidos, clubes ou facções, sempre coisas muito politicamente correctas. Como beber um copo de leite, sorrir para a câmara e aconselhar as pessoas a prevenirem a osteoporose, ou ser filmado, sempre sorridente, a empacotar latas de atum e pacotes de arroz, pedindo às pessoas mais donativos para um qualquer banco alimentar contra a fome. Não recebi muitos convites destes, mas os suficientes para poder dizer que nem a isso estou disposto. Não é uma questão de afirmação de algo, é mesmo feitio. Não gosto de me expor mais do que já me exponho (por inerência de funções...), e ao contrário de muita “figura pública”, que gosta de aparecer porque isso lhe permite aparecer mais e mais vezes, o que “apareço” chega e sobra-me. Mas, aqui chegados, eis que informo que vou dar a cara por uma campanha. Contradição? Talvez, você julgará, depois de me explicar. Aceitei o convite para fazer parte de um vídeo que pretende reforçar a sensibilização da classe política que faz leis. Aceitei porque se trata de mudar (tentar mudar) a legislação absurda que, em Portugal, equipara os animais a objectos ou coisas. Não me vou alongar muito sobre o assunto, até porque me parece daqueles tão óbvios que não percebo porque têm sequer discussão. E é precisamente isto, e apenas isto que direi. Que, com quase 50 anos de idade (e portanto, pouca paciência), e mais de 25 de jornalismo, posso afirmar que o meu entendimento das coisas se baseia em factos, mais do que ideias ou outras subjectividades. E os factos são claros e gritantes. Os animais não podem ser equiparados a objectos porque... porque... não são objectos. Será tão difícil perceber? Será difícil perceber que não podem ser coisas se têm coração, sangue em veias e artérias, olhos para ver, mais todos os sentidos que nós temos, e que sentem fome, e sede, e medo, e solidão, e saudades? E que não só são seres vivos como nós, como nos ensinam tanta coisa que esquecemos depressa na nossa vida calculista, como dar incondicionalmente, sem saber o que receberão. E por isso, por estas coisas tão simples, vou juntar a minha voz aos que querem lembrar aos responsáveis do País as coisas mais elementares. Faço--o para ajudar a “causa”, mas faço-o também por mim, pela minha “imagem”, quero, neste caso, que não restem dúvidas a ninguém sobre a minha posição na matéria. Quero que seja claro que defendo e defenderei sempre os animais, as vítimas mais fáceis e indefesas da bestialidade de que somos capazes. Quero pedir à classe política que nos mostre, com uma nova lei, que não pactuará mais com abandonos selvagens (de facto, como se os bichos fossem coisas que se deitam para o lixo...), nem com mau tratos abjectos e gratuitos. E que quem o fizer enfrentará uma punição. E não me venham, por favor, como já ouvi, dizer-me que “em tempo de crise” a questão da defesa dos animais é uma questão “menor”. Os tempos de crise têm costas largas, quando se quer. Mas, precisamente, os tempos de crise não são, seguramente, apenas financeiros. São tempos de crise civilizacional, moral, educacional. Repare que na base da “crise” estiveram, como hoje todos sabemos, homens e mulheres que demonstraram falta de honra e dignidade, com as suas falcatruas, as suas fraudes, gastos faraónicos em nome da ganância e da ambição medíocre, negociatas a favorecer amigos, obras que não servem para nada pagas com o dinheiro dos nosso impostos, um desvario que foi originando pequeninos buracos, que depois formaram uma bola de neve, e depois um tsunami de dívidas que invadiu um país, depois, outro, e é hoje uma doença mundial. O dinheiro não tem vontade, não se mexe sozinho. Fomos nós que rolámos os dados assim. Foi a falta de solidez moral que levou à crise. Por isso, sim, a questão dos animais não só não é menor, como seria uma boa oportunidade para se começar a gerir povos com os princípios simples da defesa dos mais desprotegidos contra a lei selvagem do mais forte. Se pensar bem, aplica-se a tanta coisa...»


publicado por Maluvfx às 17:26
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 8 de Março de 2012
Moralidade animal: 7 vídeos incríveis
O pouco que sabemos agora sobre o comportamento moral dos animais nos leva a concluir que é muito mais desenvolvido do que nós lhe demos crédito”, disse Marc Bekoff, professor de ecologia e biologia evolutiva. “Não somos os únicos ocupantes da arena moral”.

No mundo científico, acumulam-se evidências que sugerem que muitos animais são seres morais. Comportamentalistas animais têm observado muitos casos em que eles exibem um senso de certo e errado e, geralmente, tratam uns aos outros com bondade, justiça e reciprocidade – mais do que nós podemos nos gabar. Veja algumas das provas nesses vídeos incríveis:


7 – Hipopótamo e impala
Em um exemplo surpreendente de altruísmo entre espécies, um hipopótamo resgata um impala jovem da morte pelas garras de um jacaré e ainda parece tentar ressuscitar o animal.
6 – CÃO CULPADO
Neste divertido vídeo, o tutor de um cão volta para casa e descobre seu lixo espalhado por toda parte e a tampa da lata de lixo presa na cabeça de seu cão. O animal apresenta linguagem corporal de culpa (muita culpa), e especialistas dizem que ele provavelmente entende que se comportou mal, quebrando uma regra posta em prática pelo membro alfa de seu “grupo” – seu tutor.
5 – PINGUIM LADRÃO
No vídeo, pinguins-de-Adélia são vistos reunindo pedras para construir seus ninhos. Um deles furtivamente rouba uma pedra do ninho do seu vizinho toda vez que ele vai pegar uma nova. Mas será que o pinguim ladrão sabe que suas ações secretas são moralmente erradas?
Os cientistas acreditam que não, porque dentro do grupo social dos pinguins, não há punição ou tratamento diferente para aves que roubam. Entre os corvos, por outro lado, existem consequências sociais para as aves que roubam. Os cientistas pensam que isso instila neles um senso de certo e errado.
4 – ESQUILO DE LUTO
Neste vídeo, um esquilo jaz morto na estrada, enquanto outro luta com os corvos que vêm para comer a carcaça. O esquilo vivo parece ter um impulso emocional ou moral de proteger o corpo de seu companheiro.
3 – CÃO PEDINDO RESGATE
Nesta filmagem um pouco famosa, feita logo após o tsunami no Japão, um cão parece tentar chamar a atenção e obrigar a equipe de filmagem a resgatar seu companheiro ferido. Ele se recusa a deixar para trás o cão ferido e parece confortá-lo.
2 – ELEFANTES RESGATAM FILHOTE
Numa demonstração enorme de compaixão, elefantes trabalham juntos para resgatar um filhote do afogamento.
1 – CACHORRO TENTA SALVAR COMPANHEIRO
Um cão resgata o outro companheiro que havia sido atropelado e estava ferido, arrastando-o pela movimentada pista de uma rodovia, arriscando seu próprio pescoço.
Além desta cadela que salvou um bebê humano recém-nascido  que havia sido abandonado no frio congelante, cientistas descobriram que cães possuem uma forma rudimentar de empatia.

Fonte: ANDA - Agência de Notícias de Direitos Animais

tags:

publicado por Maluvfx às 15:57
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sábado, 25 de Fevereiro de 2012
O "sangue dos inocentes" também inclui os animais! ...
Hoje foi deixado este comentário numa das nossas páginas no Facebook Pele não é um símbolo de status e não posso deixar de partilhar. 
Agradecemos ao Ricardo Valério de Pina por tê-lo partilhado connosco.


Tanto se fala e se pede: "Saúde", "Felicidade", "Paz" & "Amor"; e para com a vida dos animais o que nós partilhamos? ...
Se me permitem dizer: Não me interessa religiosidades, ou meros discursos e ideologias cuja a essência efetivamente não busque melhorar a vida deles. Tomando sobre nossa consciência uma consideração às condições de destrato, desprezo e o espírito de maldade que se desenvolve, em algumas pessoas, com uma naturalidade vinda do “inferno”! Peço a todos que não permitam isto!
Que a “banalização da maldade” não chegue à natureza de nosso ser e passe de geração a geração.
E nem o senso de justiça se apague do meio de nós! Não deixem passar despercebido este “fogo destruidor” que permeia em nosso meio! E que ninguém negligencie o peso e parcela de responsabilidade! Enquanto isso, certamente ainda neste instante, animais continuam a ser maltratados de maneiras das mais diversas possíveis, desde as mais sutis e “aceitas” até aquelas mais brutais e horrendas. Onde o "lamento" ou massacre deles talvez não sensibilize mais a ninguém... “Zumbis” nos tornamos? ...Todas juntas compões histórias que muitos de nós não suportamos nem ouvir, quanto mais ver do que se trata. Pois, a possibilidade de encontrarmos “coisas desagradáveis ao coração” nos choca, imaginem vive-las na pele! Visto que cada um de nós já deve conhecer o nosso potencial não só para realizar o que é bom. Que não estejamos emudecidos, nem que “afoguemos” o nosso potencial para o bem e assim prevaleça a crueldade, a brutalidade ou qualquer tipo de maldade promovida pelo comportamento humano (o racional e dominante) sobre eles e até sobre nós mesmos. 
Pensem: Nunca teremos as “mãos limpas” pela ausência, mas pela participação ativa!
Tudo tem um propósito na Terra, como também nos Céus! São manifestação com seus mistérios. Os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento e diante destas coisas não há diferenças entre eles. E nisto se estruturam a saúde física e as faculdades mentais de todo ser vivo criado. Como “dominadores do planeta” é nossa responsabilidade estender, a todas as espécies, o nosso senso de justiça, a compaixão, a caridade e a mão amiga. Buscando sempre apagar o legado ou qualquer chama de crueldade que as mãos humanas fizeram ou possam vir realizar. ...Por favor, ajudem a parar com esta forma insana de muitos humanos serem! E mesmo que algumas justificativas apresentem resultados “lucrativos” para a raça humana, a dor que a eles aflige e sua incapacidade de defesa (visto o potencial humano) se tornam pilares de toda minha indignação contra elas e contra todos que em seus feitos se tornam repugnantes não só aos olhos, mas aos corações dos humanos e dos animais. Corações que batem, sangram, e sofrem nesta vida junto. 
Sem mais considerações faço destas minhas palavras e meus pensamentos, de forma a combinar minhas reflexões e outras favoráveis vindas de: Provérbios 12:10; Abraham Lincoln; Albert Schweitzer; Charles Darwin; Richard Gere e Mark Twain –Escritor.
(Autor: Sangue dos inocentes derramado!)


publicado por Maluvfx às 07:25
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

O "sangue dos inocentes" também inclui os animais! ...
Hoje foi deixado este comentário numa das nossas páginas no Facebook Pele não é um símbolo de status e não posso deixar de partilhar. 
Agradecemos ao Ricardo Valério de Pina por tê-lo partilhado connosco.


Tanto se fala e se pede: "Saúde", "Felicidade", "Paz" & "Amor"; e para com a vida dos animais o que nós partilhamos? ...
Se me permitem dizer: Não me interessa religiosidades, ou meros discursos e ideologias cuja a essência efetivamente não busque melhorar a vida deles. Tomando sobre nossa consciência uma consideração às condições de destrato, desprezo e o espírito de maldade que se desenvolve, em algumas pessoas, com uma naturalidade vinda do “inferno”! Peço a todos que não permitam isto!
Que a “banalização da maldade” não chegue à natureza de nosso ser e passe de geração a geração.
E nem o senso de justiça se apague do meio de nós! Não deixem passar despercebido este “fogo destruidor” que permeia em nosso meio! E que ninguém negligencie o peso e parcela de responsabilidade! Enquanto isso, certamente ainda neste instante, animais continuam a ser maltratados de maneiras das mais diversas possíveis, desde as mais sutis e “aceitas” até aquelas mais brutais e horrendas. Onde o "lamento" ou massacre deles talvez não sensibilize mais a ninguém... “Zumbis” nos tornamos? ...Todas juntas compões histórias que muitos de nós não suportamos nem ouvir, quanto mais ver do que se trata. Pois, a possibilidade de encontrarmos “coisas desagradáveis ao coração” nos choca, imaginem vive-las na pele! Visto que cada um de nós já deve conhecer o nosso potencial não só para realizar o que é bom. Que não estejamos emudecidos, nem que “afoguemos” o nosso potencial para o bem e assim prevaleça a crueldade, a brutalidade ou qualquer tipo de maldade promovida pelo comportamento humano (o racional e dominante) sobre eles e até sobre nós mesmos. 
Pensem: Nunca teremos as “mãos limpas” pela ausência, mas pela participação ativa!
Tudo tem um propósito na Terra, como também nos Céus! São manifestação com seus mistérios. Os animais, como os homens, demonstram sentir prazer, dor, felicidade e sofrimento e diante destas coisas não há diferenças entre eles. E nisto se estruturam a saúde física e as faculdades mentais de todo ser vivo criado. Como “dominadores do planeta” é nossa responsabilidade estender, a todas as espécies, o nosso senso de justiça, a compaixão, a caridade e a mão amiga. Buscando sempre apagar o legado ou qualquer chama de crueldade que as mãos humanas fizeram ou possam vir realizar. ...Por favor, ajudem a parar com esta forma insana de muitos humanos serem! E mesmo que algumas justificativas apresentem resultados “lucrativos” para a raça humana, a dor que a eles aflige e sua incapacidade de defesa (visto o potencial humano) se tornam pilares de toda minha indignação contra elas e contra todos que em seus feitos se tornam repugnantes não só aos olhos, mas aos corações dos humanos e dos animais. Corações que batem, sangram, e sofrem nesta vida junto. 
Sem mais considerações faço destas minhas palavras e meus pensamentos, de forma a combinar minhas reflexões e outras favoráveis vindas de: Provérbios 12:10; Abraham Lincoln; Albert Schweitzer; Charles Darwin; Richard Gere e Mark Twain –Escritor.
(Autor: Sangue dos inocentes derramado!)


publicado por Maluvfx às 07:25
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2011
Expulsai os vendilhões do templo
"A tradição cristã nos fala desse episódio como “a expulsão dos vendilhões do Templo”. E nos fala com propriedade. Segundo o dicionário Aurélio, vendilhão significa (em seu sentido figurado) aquele que trafica coisas de ordem moral. Essa era a prática dos vendedores que viviam do comércio do Templo. Ainda que apresentassem para comercialização mercadorias que seriam utilizadas nos cultos, o sentido da apresentação dos sacrifícios ao Senhor havia sido totalmente deturpado com o passar dos anos e com a interpretação errônea e maldosa da Lei. Assim, aquele comércio simbolizava o tráfico moral, a transmutação da idéia amorosa de um povo que se oferece ao Seu Deus e a Ele se apresenta com oblações para a idéia da exploração, onde as pessoas eram incitadas a comprar para que não fossem excluídas de seus pares."


Os Vendilhões do Templo
Deus disse: faz todo o bem
Neste mundo, e, se puderes,
Acode a toda a desgraça
E não faças a ninguém
Aquilo que tu não queres
Que, por mal, alguém te faça.


Fazer bem não é só dar
Pão aos que dele carecem
E à caridade o imploram,
É também aliviar
As mágoas dos que padecem,
Dos que sofrem, dos que choram.

E o mundo só pode ser
Menos mau, menos atroz,
Se conseguirmos fazer
Mais p'los outros que por nós.

Quem desmente, por exemplo,
Tudo o que Cristo ensinou.
São os vendilhões do templo
Que do templo ele expulsou.

E o povo nada conhece...
Obedece ao seu vigário,
Porque julga que obedece
A Cristo — o bom doutrinário.
António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

tags:

publicado por Maluvfx às 04:09
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Expulsai os vendilhões do templo
"A tradição cristã nos fala desse episódio como “a expulsão dos vendilhões do Templo”. E nos fala com propriedade. Segundo o dicionário Aurélio, vendilhão significa (em seu sentido figurado) aquele que trafica coisas de ordem moral. Essa era a prática dos vendedores que viviam do comércio do Templo. Ainda que apresentassem para comercialização mercadorias que seriam utilizadas nos cultos, o sentido da apresentação dos sacrifícios ao Senhor havia sido totalmente deturpado com o passar dos anos e com a interpretação errônea e maldosa da Lei. Assim, aquele comércio simbolizava o tráfico moral, a transmutação da idéia amorosa de um povo que se oferece ao Seu Deus e a Ele se apresenta com oblações para a idéia da exploração, onde as pessoas eram incitadas a comprar para que não fossem excluídas de seus pares."


Os Vendilhões do Templo
Deus disse: faz todo o bem
Neste mundo, e, se puderes,
Acode a toda a desgraça
E não faças a ninguém
Aquilo que tu não queres
Que, por mal, alguém te faça.


Fazer bem não é só dar
Pão aos que dele carecem
E à caridade o imploram,
É também aliviar
As mágoas dos que padecem,
Dos que sofrem, dos que choram.

E o mundo só pode ser
Menos mau, menos atroz,
Se conseguirmos fazer
Mais p'los outros que por nós.

Quem desmente, por exemplo,
Tudo o que Cristo ensinou.
São os vendilhões do templo
Que do templo ele expulsou.

E o povo nada conhece...
Obedece ao seu vigário,
Porque julga que obedece
A Cristo — o bom doutrinário.
António Aleixo, in "Este Livro que Vos Deixo..."

tags:

publicado por Maluvfx às 04:09
link do post | comentar | favorito
 O que é? |


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

O homem é superior aos an...

Byron. um Labrador Especi...

Histórias de animais aban...

Neurocientista afirma que...

Animais superiores?

Dezenas de pessoas manife...

Humanos... quase

Pense na lagosta

Cenas de “O Rei Leão” imi...

Caça

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds