Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Quarta-feira, 6 de Julho de 2011
Carta escrita no ano de 2070

Estamos no ano 2070 e acabo de completar os 50 anos, mas a minha aparência é de alguém de 85. Tenho sérios problemas renais porque bebo pouca água. Creio que me resta pouco tempo. Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade. 
Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente. Havia muitas árvores nos parques, as casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro por cerca de uma hora. Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele. Antes todas as mulheres mostravam a sua formosa cabeleira. Agora devemos rapar a cabeça para mantê-la limpa sem água. 
Antes o meu pai lavava o carro com a água que saía de uma mangueira. Hoje os meninos não acreditam que a água se utilizava dessa forma. Recordo que havia muitos anúncios que diziam “CUIDE DA ÁGUA”, só que ninguém lhes ligava; pensávamos que a água jamais podia terminar. 
Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aquíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados. Antes, a quantidade de água indicada como ideal para beber era oito copos por dia por pessoa adulta; hoje só posso beber meio copo.
A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo; tivemos que voltar a usar os poços sépticos (fossas) como no século passado porque as redes de esgotos não se usam por falta de água. 
A aparência da população é horrorosa: os corpos, desfalecidos e enrugados pela desidratação, estão cobertos de chagas na pele por causa dos raios ultravioletas, já que deixou de haver a camada de ozono que os filtrava na atmosfera. Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastrointestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causas de morte. 
A indústria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam aos trabalhadores com água potável em vez de um salário. 
Os assaltos por um galão de água são comuns nas ruas desertas. A comida é 80% sintética. Pela ressequidade da pele, uma jovem de 20 anos parece ter 40. 
Os cientistas investigam, mas não há solução possível. Não se pode fabricar água. O oxigénio também está degradado por falta de árvores, o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações. 
Alterou-se a morfologia dos espermatozóides de muitos indivíduos, e como consequência há muitos meninos com insuficiências, mutações e deformações. 
O governo já nos cobra pelo ar que respiramos: 137m3 por dia por habitante adulto. As pessoas que não pode pagar são retiradas das "zonas ventiladas", que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar, não são de boa qualidade mas pode-se respirar. A idade média de vida é de 35 anos. 
Em alguns países existem manchas de vegetação com o seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exército. A água é agora um tesouro muito cobiçado, mais do que o ouro ou os diamantes. Aqui já não há árvores porque quase nunca chove, e quando chega a registar-se uma precipitação, é de chuva ácida; as estações do ano têm sido severamente transformadas pelos testes atómicos e da indústria contaminante do século XX. Advertia-se que havia que cuidar o meio ambiente, mas ninguém fez caso. Quando a minha filha me pede que lhe fale de quando era jovem, descrevo o bonito que eram os bosques, a chuva, as flores, o agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse, e o quão saudável que as pessoas eram. 
Ela pergunta-me: "Pai, por que acabou a água?" Então, sinto um nó na garganta; não posso deixar de sentir-me culpado, porque pertenço à geração que destruiu o meio ambiente ou simplesmente não tivemos em conta tantos avisos. Agora os nossos filhos pagam um preço alto e, sinceramente, creio que a vida na Terra já não será possível dentro de muito pouco tempo, porque a destruição do ambiente chegou a um ponto irreversível. 
Como gostaria de voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto quando ainda podíamos fazer alguma coisa para salvar o nosso Planeta Terra!



Extraído da revista biográfica "Crónicas de los Tiempos"

tags: , ,

publicado por Maluvfx às 06:10
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Carta escrita no ano de 2070

Estamos no ano 2070 e acabo de completar os 50 anos, mas a minha aparência é de alguém de 85. Tenho sérios problemas renais porque bebo pouca água. Creio que me resta pouco tempo. Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade. 
Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente. Havia muitas árvores nos parques, as casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro por cerca de uma hora. Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele. Antes todas as mulheres mostravam a sua formosa cabeleira. Agora devemos rapar a cabeça para mantê-la limpa sem água. 
Antes o meu pai lavava o carro com a água que saía de uma mangueira. Hoje os meninos não acreditam que a água se utilizava dessa forma. Recordo que havia muitos anúncios que diziam “CUIDE DA ÁGUA”, só que ninguém lhes ligava; pensávamos que a água jamais podia terminar. 
Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aquíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados. Antes, a quantidade de água indicada como ideal para beber era oito copos por dia por pessoa adulta; hoje só posso beber meio copo.
A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo; tivemos que voltar a usar os poços sépticos (fossas) como no século passado porque as redes de esgotos não se usam por falta de água. 
A aparência da população é horrorosa: os corpos, desfalecidos e enrugados pela desidratação, estão cobertos de chagas na pele por causa dos raios ultravioletas, já que deixou de haver a camada de ozono que os filtrava na atmosfera. Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastrointestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causas de morte. 
A indústria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam aos trabalhadores com água potável em vez de um salário. 
Os assaltos por um galão de água são comuns nas ruas desertas. A comida é 80% sintética. Pela ressequidade da pele, uma jovem de 20 anos parece ter 40. 
Os cientistas investigam, mas não há solução possível. Não se pode fabricar água. O oxigénio também está degradado por falta de árvores, o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações. 
Alterou-se a morfologia dos espermatozóides de muitos indivíduos, e como consequência há muitos meninos com insuficiências, mutações e deformações. 
O governo já nos cobra pelo ar que respiramos: 137m3 por dia por habitante adulto. As pessoas que não pode pagar são retiradas das "zonas ventiladas", que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar, não são de boa qualidade mas pode-se respirar. A idade média de vida é de 35 anos. 
Em alguns países existem manchas de vegetação com o seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exército. A água é agora um tesouro muito cobiçado, mais do que o ouro ou os diamantes. Aqui já não há árvores porque quase nunca chove, e quando chega a registar-se uma precipitação, é de chuva ácida; as estações do ano têm sido severamente transformadas pelos testes atómicos e da indústria contaminante do século XX. Advertia-se que havia que cuidar o meio ambiente, mas ninguém fez caso. Quando a minha filha me pede que lhe fale de quando era jovem, descrevo o bonito que eram os bosques, a chuva, as flores, o agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse, e o quão saudável que as pessoas eram. 
Ela pergunta-me: "Pai, por que acabou a água?" Então, sinto um nó na garganta; não posso deixar de sentir-me culpado, porque pertenço à geração que destruiu o meio ambiente ou simplesmente não tivemos em conta tantos avisos. Agora os nossos filhos pagam um preço alto e, sinceramente, creio que a vida na Terra já não será possível dentro de muito pouco tempo, porque a destruição do ambiente chegou a um ponto irreversível. 
Como gostaria de voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto quando ainda podíamos fazer alguma coisa para salvar o nosso Planeta Terra!



Extraído da revista biográfica "Crónicas de los Tiempos"

tags: , ,

publicado por Maluvfx às 06:10
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 25 de Abril de 2011
Alimentos ricos em fibra e água: ajudam no controle do peso
Alimentos ricos em fibras são frutas, vegetais, pão integral, nozes, legumes, cereais integrais e farelos.

Os alimentos ricos em fibras são muito importantes para a saúde. As fibras não são encontradas em alimentos de origem animal, como carnes, ovos e laticínios, apenas nas plantas. Elas são as partes dos grãos, vegetais e frutas que ajudam no processo digestivo e auxiliam o trabalhar do intestino.


Uma dieta rica em fibras e com pouca quantidade de gorduras melhora o funcionamento do intestino, previne doenças do coração, câncer e diabetes. As fibras também ajudam no controle de peso, prevenindo e tratando a obesidade. Estes alimentos ficam mais tempo no estômago e dão a sensação de saciedade. Assim, acabamos ingerindo menos calorias ao longo do dia.
Os alimentos comuns podem ser trocados pelos alimentos ricos em fibras e pelas versões integrais. Para quem não gosta muito dos integrais, existem em alimentos em forma de farelo, como a linhaça, por exemplo. Os farelos podem ser colocados em bolos, pães, massas e até mesmo no arroz.
Os feijões, ervilhas, grão de bico, lentilhas e outras leguminosas podem ser colocadas em sopas, cremes, ensopados e saladas, pois são excelentes fontes de fibras. Prefira consumir arroz integral, cevada integral, farelos, trigo para quibe em sopas, saladas e pratos principais. Além de mais saudáveis, também ajudam a diferenciar o cardápio do dia-a-dia.


As frutas e hortaliças como a maçã e a batata, também são ricas em fibras, que ficam concentradas em suas cascas. Faça saladas, recheios para sanduíches, tortas, sucos e coma frutas frescas.
Dicas sobre o consumo de fibras

Nunca aumente rapidamente o consumo de fibras na dieta, pois você pode sentir flatulências, estufamento, cólicas ou diarréia. Para evitar os desconfortos, o aumento deve ser gradativo, assim seu intestino pode se adaptar.

Aumente o consumo de líquidos, o ideal é de 6 a 8 copos diariamente, para não dificultar a absorção de minerais. As barrinhas de cereais são saborosas e podem ser encontradas em diversos sabores. Elas possuem alta quantidade de fibras como granola e outros cereais.

Conheça alguns alimentos ricos em fibras:

Cereais integrais: aveia, quinoa, arroz e pão integral, linhaça
Frutas: laranja, maçã, manga e ameixa, sempre com casca e bagaço
Vegetais: couve, repolho, agrião e berinjela
Grãos: feijão, lentilha, soja, ervilha e grão-de-bico



Alimentos ricos em água: O seu consumo, assim como a ingestão de líquidos, facilita o emagrecimento, pois ajuda a ampliar a saciedade. Se o corpo estiver suprido de água e bem hidratado, certamente o apetite diminuirá. Frutas, legumes e verduras são naturalmente ricos em água, o que facilita o trabalho dos rins, que eliminam a retenção de líquidos com eficiência. Estão na lista: pêra, maçã, melão, melancia, abacate, banana, manga, água-de-coco, pepino, aipo, agrião, cenoura e beterraba.




Alimentos Especiais

 Integrais

      Os alimentos integrais são conhecidos por conterem fibras – compostos das paredes dos alimentos vegetais, não digeridas pelas enzimas digestivas do organismo. Por isso, passam intactas pelo trato digestivo, aumentado o volume do bolo fecal, a sensação de preenchimento e saciedade e o volume das fezes. Muitas vezes, também absorvendo água e aumentando os movimentos intestinais. Portanto, além de uma dieta rica em fibras, a água que você consome é muito importante para ajudar a fibra em seu trabalho.

 Existem dois tipos de fibras

     As solúveis (leguminosas, nozes, algas marinhas, frutas, aveia): formam um gel com a água. Em contato com a água se dissolvem e ficam mais tempo no estômago.
      As insolúveis (cereais, grãos integrais, vegetais e folhas): que não são solúveis em água e ajudam na motilidade do trato digestório e aumentam o volume dos resíduos a serem eliminados.

    Hoje se têm dado muita importância para as fibras devido ao possível papel preventivo nas enfermidades crônicas, como a obstipação intestinal, o diabetes, as doenças cardiovasculares, o câncer de cólon e a diverticulose. 

    As fibras insolúveis têm o papel de melhorar o funcionamento intestinal, alimentando as bactérias que habitam o cólon do intestino, segurando água como uma esponja, aumentando a velocidade que o conteúdo intestinal passa, prevenindo, assim, a constipação, hemorróidas, e diverticulite. 

      A fibra solúvel que forma um gel com a água, pode absorver parte do colesterol, impedindo que este seja reabsorvido pelo organismo, ajudando, portanto, a prevenir hipercolesterolemia e doenças coronarianas.
    
     As fibras solúveis são encontradas principalmente nas frutas, nos cereais e vegetais folhosos, como na maçã, na aveia e na couve.

      Dietas ricas em fibras também estão associadas a um melhor controle de peso, porque geralmente os alimentos ricos em fibras são pobres em gorduras, além de mais saudáveis e levarem à saciedade por mais tempo. O consumo regular de fibras ajuda na eliminação de parte da gordura ingerida, ou seja, consumir fibras é um ótimo negócio!

     Alimentos ricos em fibras podem fazer parte de todas as refeições, pois não há qualquer efeito cumulativo e costumam ser mais saudáveis. Porém, o excesso pode causar irritação, diarréia, e impossibilitar absorção de nutrientes dos alimentos.
 

ALIMENTOPORÇÃOFIBRA (g)
Abacaxi2 fatias médias1,45
All bran®1 xícara15,0
Ameixa preta3 unidades grande4,2
Arroz integral½ xícara0,6
Batata assada1 média2,7
Brócolis ao vapor½ xícara1,5
Cenoura crua ralada1 média2,6
Espinafre (folhas cruas)½ xícara1,1
Farelo de trigo (não processado)1 colher de sopa5,1
Feijão cozido½ xícara3,8
Laranja inteira1 média2,1
Maçã com casca1 média2,0
Milho verde1 espiga3,0
Nesfit®1 xícara2,2
Pão integral1 fatia0,9
Repolho cru½ xícara0,6
Uva passa¼ xícara1,05
Fonte: Philippi, ST. Tabela de composição de alimentos: suporte para decisão nutricional. Brasília. 2001.

fonte: Equilibrium Consultoria

     Uma forma prática de consumir estes alimentos, pode ser incluir, diariamente (sem exageros): barras de cereal, cereais integrais, pães e bolachinhas integrais, aveia, cereais matinais, saladas de folhas cruas e leguminosas (como grão-de-bico e lentilha).

    A recomendação de fibras é de cerca de 25 a 35 g de fibra dietética total do dia, para um adulto saudável. Uma ingestão superior a 35g é excessiva e 50 - 60 g de fibras/dia é considerada “abusiva”, prejudicando a absorção de muitos minerais e vitaminas.

    Esse valor é diferente dependendo do estado de saúde da pessoa, e também é diferente para crianças.
Para crianças utiliza-se a regra de: IDADE + 5. Ou seja, para uma criança de 10 anos, recomenda-se ingerir cerca de 15g/dia.

   Além disso, estes alimentos geralmente estão associados a alimentos mais saudáveis, pobres em gorduras e que proporcionam maior sensação de saciedade.

     Alguns alimentos ricos em fibras podem ser bastante calóricos pela associação de outros ingredientes como gordura e açúcar, mas não por causa das fibras. O arroz branco e integral tem praticamente as mesmas calorias, mas já um pão ou biscoitos integrais podem ter as mesmas ou até mais calorias que o pão branco, ou porque é maior (mais pesado), ou por causa dos ingredientes extras. Portanto, fique de olho nos ingredientes!!! Rico em fibras não quer dizer LIGHT, mas pode até significar SAUDÁVEL.

     As fibras ajudam na absorção mais lenta de açúcar, o que pode ser muito útil para o diabético e para o indivíduo saudável também, pois terá energia em doses pequenas no decorrer do dia, se ingerir uma alimentação mais rica em fibras.

Dicas práticas para se combater a prisão de ventre:

    • Comer alimentos ricos em fibras
   • Manter atividade física regular – tornam as contrações das alças intestinais mais vigorosas e faz o metabolismo acelerar, além de relaxar; o que facilita o trânsito intestinal.
   • Tome 2 litros de água pura por dia, no mínimo, além de sucos, água de coco, chás e etc.
   • Mantenha refeições regulares sempre por volta do mesmo horário, para habituar o organismo a funcionar.
   • Mastigue devagar os alimentos – essa é uma boa maneira de formar rapidamente o bolo alimentar, que dá origem às fezes.
   • Abusar de laxantes pode levar à desidratação, desnutrição, descalcificação, dores musculares e até paralisia muscular. O intestino fica ainda mais preguiçoso, respondendo cada vez menos, exigindo doses crescentes ou mesmo a associação de vários tipos de laxantes para o intestino funcionar. Converse sempre com seu médico e seu nutricionista.


publicado por Maluvfx às 09:24
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sábado, 10 de Abril de 2010
Corrida pela Água – Dow Live Earth Run for Water





No dia 18 de abril de 2010 em 50 cidades ao redor do mundo milhares de pessoas vão se reunir com Joaquim Cruz, Carl Lewis, Diego Hipólito, Lars grael e outras celebridades para correr um percurso de 6Km que simula a mesma distância média que mulheres ecrianças percorrem diariamente para obter água em países em desenvolvimento.
Assista o video:






O evento se chama  Dow Live Earth Run for Water e é organizado pela ONG Dow e pela ONG Live Earth, fundada por Al Gore e  Kevin Wall.
No  Brasil o evento será realizado em São Paulo e no Rio de Janeiro. No evento será possível visitar espaços especiais chamados Water Villages e participar de atividades educacionais para aprender como utilizar a água de maneira consciente.
No Rio de Janeiro o evento será finalizado com um show de Jorge Ben Jor.
A inscrição para evento tem o custo de R$65,00 e dá direito a um Kit contendo camiseta, chip para cronometragem e medalha de participação. 10% de todo valor arrecadado será doado ao Instituto E e a WWF Brasil.
Para se inscrever acesse o site do evento.
Fonte





publicado por Maluvfx às 12:24
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quarta-feira, 7 de Abril de 2010
Água Vital
A quantidade ideal de ingestão depende de algumas variáveis, por exemplo, se o tempo está seco, se está quente ou frio, se a umidade do ar está baixa, se a pessoa faz alguma atividade física ou não. E tudo isso varia de pessoa para pessoa. Por exemplo, quem sua muito, durante o verão, vai precisar de mais água do que outra pessoa que sua menos, na mesma época. Como saber, então, o quanto ingerir de liquido por dia? Fácil: beba água sempre que sentir sede.1233217920n9G30e





Água: quantos copos você precisa beber por dia

Sempre se ouviu dizer que oito copos - cerca de dois litros - diários são o mínimo para manter o corpo hidratado. mas novas pesquisas sugerem que esse número é muito alto.



Desde os anos 1990, profissionais da saúde em todo o mundo propagam a idéia de que o consumo de oito copos de água por dia ajuda o organismo a se manter hidratado, a eliminar toxinas e a perder peso. A "ode ao líquido" ainda completa que beber água é bom para curar dor de cabeça e manter a pele tonificada, prevenindo o aparecimento de rugas. Tudo isso porque estudiosos constataram que um adulto saudável, de porte médio, tem uma perda diária de dois litros de líquidos. Para deduzir que repor essa medida era o ideal para a ingestão foi um pulo. Agora, uma nova pesquisa realizada por especialistas da Universidade da Pensilvânia, nos EUA, desmitifica os supostos poderes da água e defende que há poucas evidências de que o alto consumo do líquido traga benefícios reais à saúde.
Os médicos Dan Negoianu e Stanley Goldfarb revisaram várias pesquisas publicadas sobre o assunto. Eles observaram que pessoas que vivem em climas quentes e secos têm mais necessidade de beber água, assim como os atletas. Pacientes com alguns tipos de doença também se beneficiam da ingestão do líquido, mas, segundo um porta-voz dos cientistas, "não há dados que comprovem tais benefícios em pessoas com a saúde em equilíbrio"
Apesar de a água ajudar o corpo a se manter hidratado, nada prova que sua ingestão forçada - quando a pessoa não sente sede - previne o organismo contra a desidratação. Os cientistas ainda analisaram a teoria de que, ao beber água, a pessoa se sentiria satisfeita, comeria menos e perderia peso. Também nenhuma conclusão consistente foi encontrada. No entanto, o golpe mais duro (pelo menos para as mulheres) tenha sido a constatação de que nenhum benefício clínico comprovado mostrou que a água seria um elixir para manter a pele tonificada.
MITOS E VERDADES
Beber água durante as refeições faz mal? 
Ingerir um pouco de líquido durante as refeições não faz tão mal quanto se prega, desde que não seja um hábito freqüente ou, se for, que não ultrapasse a quantidade de 200 ml. Porém, quem costuma ingerir muitas fibras deve evitar, pois a fibra vai passar mais rapidamente pelo intestino, diminuindo sua função.
Em quais casos a ingestão de líquido e sólido, juntos, é prejudicial? 
Quem possui problemas como refluxo, esofagite, gastrite, hérnia de hiato e outros problemas na mucosa gástrica não deve ingerir líquidos durante as refeições. "O ideal mesmo é que se consumam líquidos uns 30 minutos após o término da refeição", afirma a nutricionista Milana Dan.
Posso beber água ao praticar exercícios físicos? 
No caso da prática de atividade física, o mais correto é consumir água antes, durante e depois do exercício. "Beber água apenas após o término do exercício não é recomendado, uma vez que durante a prática há muita perda de líquido e seu organismo ficará debilitado até que o exercício termine", recomenda Milana.
Muitas pessoas alegam nunca sentir sede. o que elas devem fazer? 
Os médicos ouvidos nessa matéria foram unânimes em afirmar que todo mundo sente sede, sim, e isso acontece quando o organismo precisa repor a água perdida. Algumas pessoas têm a idéia de não sentir sede porque, muitas vezes, não estão acostumadas a tomar água pura. Mas, toda vez que tomam qualquer outro líquido como refrigerante, suco, chá ou café, estão repondo o líquido de que o corpo precisa, e a "vontade" de ingerir essas bebidas é a manifestação da sede.
Ingestão forçada
Muita gente procura consumir os dois litros de água "recomendados" diariamente, mas nem todos conseguem. Para quem não completava a tarefa, a culpa era a parceira do final do dia, uma vez que o rim não funcionaria direito, a pele ficaria ressecada e os quilos indesejados permaneceriam. Saber que tudo isso não passa de uma tremenda especulação traz um alívio danado.

É QUASE IMPOSSÍVEL ACREDITAR QUE BEBER MUITA ÁGUA POSSA TRAZER CONSEQÜÊNCIAS DESAGRADÁVEIS AO ORGANISMO. MAS O EXCESSO PODE DESEQUILIBRAR A QUANTIDADE DE SÓDIO NO SANGUE
E DESREGULAR OS RINS





sucos2



Substitutos da água



Se até aqui o leitor que não conseguia ingerir os oito copos de água impostos já estava contente, arriscamos afirmar que sua felicidade dobrará com a afirmação seguinte. O médico da Unifesp garante: não há nada de errado em tomar água apenas quando se sente sede. "Você já viu algum outro animal tomar água sem sentir sede? A natureza é sábia. Quando o organismo precisa de hidratação, sentimos sede, simples assim", explica.




A sede é um sinal de que o corpo necessita de água, mas não necessariamente que a pessoa esteja desidratada. Caso ela não venha a ingerir a quantidade necessária do líquido, aí, sim, poderá se desidratar. E a pessoa com desidratação terá, obviamente, muita sede.
Ao ingerir líquido quando sentimos sede, repomos o que o organismo precisa. E não importa se na forma de água mesmo ou de sucos e leite. Só não vale contar a cervejinha nessa reposição, pois o álcool, pelo contrário, rouba a água do organismo.
É importante alertar que também repomos líquidos que o corpo necessita por meio da alimentação. Em maior ou menor grau, todos os alimentos sólidos contêm água. "As frutas, em geral, são as maiores fontes, mas, quando cozinhamos arroz, feijão ou legumes, por exemplo, utilizamos água no processo de cocção, o que também contabiliza quando pensamos no consumo diário", explica a nutricionista Milana Dan, mestre em Ciência dos Alimentos pela Universidade de São Paulo (USP).




Cuidado com o excesso



É quase impossível acreditar que beber muita água possa trazer conseqüências desagradáveis ao organismo. Mas o abuso é capaz de causar até a morte. O principal problema do excesso é a chamada hiponatremia, que é o desequilíbrio na concentração de eletrólitos no sangue, principalmente o sódio. Nesse caso, acontece uma diluição dos sais existentes no sistema circulatório. A diluição exagerada desses eletrólitos pode fazer com que sua função seja reduzida. As conseqüências são dores de cabeça, mal-estar e até mesmo parada cardíaca, em razão da disfunção elétrica que compromete a contração do músculo cardíaco. Isso pode ser fatal mesmo em indivíduos saudáveis.



"Não se pode precisar ao certo uma quantidade limite para que não aja hiponatremia, pois isso varia de pessoa para pessoa. No entanto, é muito conhecido o caso de uma garota que morreu, nos EUA, após participar de uma competição em que era preciso beber a maior quantidade possível de água. A menina ingeriu seis litros e horas depois morreu", exemplifica Milana. Por mais que pareça chocante, a história também andou acontecendo com alguns atletas, durante maratonas, quando ingeriam uma alta quantidade de água com o intuito de não desidratar.




Rins a todo vapor



Ingerir líquido além do limite dos rins também pode ser um problema. Esse órgão tem a capacidade de regular o quanto ele pode - ou não - excretar água na urina. A função do rim é regular a quantidade de água corporal que o indivíduo possui, assim como do sódio, potássio e outras substâncias. É ele quem faz o ajuste fino daquilo que temos no sangue: expele os excessos e armazena os nutrientes importantes.



Por exemplo, quando dormimos, passamos um período médio de oito horas sem nos hidratar, isso significa que é hora de o rim poupar água. Por isso, quando acordamos, nossa urina está bem escura. "Isso é sinal de um rim normal, pois durante a noite houve a tendência para a desidratação e o rim absorveu a maior quantidade de água que pôde, para poupá-la. Ou seja, ele jogou as impurezas no menor nível de água possível", explica Márcio Dantas, professor doutor da divisão de Nefrologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP).
Segundo Dantas, não há uma sinalização muito clara de quando a pessoa está hiper-hidratada, mas o rim consegue diluir a urina e jogar a água fora até um limite máximo de 10 a 14 litros por dia. "Ingerir acima dessa marca pode causar problemas. No entanto, esse valor pode variar de pessoa para pessoa", afirma.
Isso significa que, se você quiser continuar tomando dois litros de água diários, para o seu rim, não há problema algum. No entanto, é preciso ficar atento, pois o hábito pode não ser uma simples mania, ou crença nas pesquisas passadas. Pessoas que sentem muita sede podem ser portadoras de diabetes. "O próprio rim doente perde a capacidade de concentrar a urina, então, a pessoa urina cerca de quatro litros por dia - e sente sede para isso -, e, embora ela ache que está tudo bem, porque a urina está clarinha, isso pode ser reflexo de uma doença renal", avalia Dantas.
Quem ingere quantidades exorbitantes de água não sobrecarrega o rim, mas faz com que ele não consiga atender à demanda. Isso faz com que a pessoa acumule água no corpo e dilua uma série de substâncias que estão no sangue, e a principal delas é o sódio. "Com o sódio abaixo do limite, o sistema nervoso central é afetado e a pessoa pode ter problemas de confusão mental, náuseas, crises convulsivas e pode caminhar para edemas cerebrais, coma e morte", afirma o professor
SÓLIDOS CHEIOS DE ÁGUA
A Universidade de São Paulo (USP) possui um Projeto Integrado de Composição de Alimentos, que é coordenado pelo departamento de Alimentos e Nutrição Experimental da Faculdade de Ciências Farmacêuticas. Lá, é possível verificar toda a composição dos alimentos listados. VivaSaúde foi checar quanto há de água em alguns alimentos que comemos diariamente.


Quem pode mais

Não existe um biótipo que necessite mais de água que outro. Na verdade, o que ocorre é que algumas pessoas - devidamente orientadas pelos médicos - precisam realmente ingerir mais líquidos que outras.
Segundo o professor José Abrão Cardeal da Costa, também da divisão de Nefrologia, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, pessoas com cálculos renais devem manter um volume urinário de dois a três litros por dia para prevenir a formação dos cálculos.
Portadores de nefropatias perdedoras de sal também precisam urinar mais, às vezes marcas superiores a quatro litros diários. "Quem tem diabetes insipidus central ou nefrogênico (genético ou adquirido) precisa manter volume urinário de até cinco litros", explica Costa.
aguaPortanto, se você não faz parte dessa turma, esqueça tudo o que já ouviu falar sobre o consumo de água. A pele não vai ficar mais bonita e você não vai emagrecer apenas ao tomar os dois litros diários dessa bebida.


tags: ,

publicado por Maluvfx às 13:55
link do post | comentar | favorito
 O que é? |


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Carta escrita no ano de 2...

Carta escrita no ano de 2...

Alimentos ricos em fibra ...

Corrida pela Água – Dow L...

Água Vital

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds