Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Domingo, 6 de Junho de 2010
Recuperação ambiental no Golfo do México irá durar anos, diz Pnuma

Petroleira BP anuncia primeiros êxitos no controle do vazamento de óleo no Golfo do México. Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) acredita que eliminação de efeitos do vazamento irá durar anos.


A petroleira British Petroleum (BP) anunciou neste domingo (06/06) primeiros êxitos na contenção do fluxo de óleo que assola o Golfo do México desde 20 de abril. A BP conseguiu instalar com sucesso um funil de contenção sobre o vazamento. Segundo autoridades norte-americanas de proteção costeira, cerca de um milhão de litros de óleo puderam ser sugados e armazenados em navios durante as primeiras 24 horas.
O presidente da BP, Tony Hayward, anunciou neste domingo estar seguro de que, através do funil, a maior parte do óleo vazado poderá ser extraída do mar. No momento, as consequências da maior catástrofe de vazamento de petróleo dos EUA ficam cada vez mais claras.
No total, desde que a plataforma Deepwater Horizon afundou, em 20 de abril último, vazaram de 83 milhões a 182 milhões de litros de petróleo no Golfo do México.
Consequências imprevisíveis
Neste ano, a catástrofe no Golfo ofuscou as comemorações do Dia Internacional do Meio Ambiente, celebrado no último sábado por iniciativa do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma).
Tim Kasten, especialista em proteção à biodiversidade do Pnuma, acha incrível que esse vazamento ainda não tenha sido totalmente reparado. O especialista considera imprevisíveis as consequências ecológicas. Ele trabalhava para o Departamento norte-americano de Meio Ambiente quando, há mais de 20 anos, o petroleiro Exxon Valdez se chocou contra um recife, provocando uma catástrofe ambiental semelhante.
"Por isso, sei quando tempo demora até os efeitos e os custos reais se tornarem conhecidos. Não se trata somente dos custos e esforços resultantes da eliminação da mancha de petróleo, mas da recuperação de todo o ecossistema, que leva anos e anos", explicou.
Entre 83 milhões e 182 milhões de litros de óleo já vazaram no oceanoEntre 83 milhões e 182 milhões de litros de óleo já vazaram no oceano
Custos e benefícios
Kasten acaba de lançar um estudo comparativo entre os custos e os benefícios da recuperação de ecossistemas destruídos. O resultado: o investimento na natureza vale, praticamente, sempre a pena. Na África do Sul, mais de três e meio milhões de euros foram gastos no reflorestamento dos montes Drakensberg, à parte de custos operacionais de aproximadamente um milhão de euros anuais.
No entanto, os ganhos com mais água potável, com a redução de sedimentos nos rios e, não por último, com os créditos de gás carbono compensaram os custos em apenas um ano. Essa é nitidamente uma história de sucesso ecológica e econômico. No entanto, Kaster não arrisca ainda dizer se esse também será o caso no Golfo do México
Segundo o especialista, "é impossível avaliar quanto a catástrofe de vazamento de óleo na costa da Louisiana irá custar. Agora só se percebem os primeiros efeitos sobre a fauna; mas as consequências disso para a pesca e para o turismo costeiro na alta estação, que acabou de começar, irá custar bilhões."
Conta cada vez maior
Caso a mancha de petróleo se alastre, atingindo também outros países, os custos para reparação dos danos serão ainda maiores. "O que também temos que levar em consideração é a aplicação de produtos químicos que até agora nunca haviam sido empregados em quantidade tão grande. Esses produtos também têm efeitos negativos sobre o meio ambiente, mesmo que se afirme que eles sejam menos nocivos que o óleo", explicou.
Kasten acredita que a recuperação ambiental terá início a partir do momento em que o vazamento for estancado. O especialista defende a participação das partes interessadas e o aprendizado com recentes constatações científicas que explicitam a relação de custo e benefício. "A experiência mostra que, no final, o benefício sempre justifica os gastos com a recuperação ambiental."
Quanto mais tempo a mancha de óleo ameaçar a costa, maior será a conta. Só o gasto com a missão de proteção da costa, normalmente responsável pelas regiões de mangue, são avaliados por especialistas norte-americanos em 18 bilhões de euros anuais.
Autor: Marc Engelhardt (WDR)/Carlos Albuquerque
Revisão: Simone Lopes


publicado por Maluvfx às 16:36
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sábado, 5 de Junho de 2010
BP admite que falhou tentativa para estancar fuga de petróleo
A British Petroleum (BP) admitiu o falhanço da mais recente tentativa para estancar a fuga de petróleo no Golfo do México. O derrame foi provocado por um acidente, a 20 de Abril, na plataforma costeira “Deepwater Horizon”. A operação consistia em bombear lama e cimento nos últimos três dias. A petrolífera admite agora que o procedimento fracassou e define uma nova estratégia para tentar conter a mancha de crude.

Segundo a petrolífera, citada no site da BBC, foram bombeados 30 mil barris de lama e cimento, em três tentativas, a um ritmo de 80 barris por minuto Bevil Knapp, EPA

Ler na íntegra


publicado por Maluvfx às 11:58
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Animais sofrem com o maior desastre ambiental dos EUA

Aves estão cobertas de óleo. Presidente Barack Obama voltou à região atingida pelo vazamento e cobrou agilidade nas indenizações.




O presidente dos Estados Unidos visitou pela terceira vez a área atingida pelo vazamento de petróleo no Golfo do México. Barack Obama cobrou mais rapidez da empresa British Petroleum para indenizar as famílias afetadas pelo desastre ambiental.
A operação aconteceu a 1.600 metros de profundidade. Uma cúpula de metal amarelo com o formato de um grande sino ligado a um tubo foi feita para vedar o poço e funcionar como uma espécie de aspirador gigante, levando o petróleo para os porões de um navio. A peça foi encaixada na ponta do cano com a ajuda de robôs. Mas o vazamento não foi totalmente contido. De cada cem litros de petróleo que continuam se espalhando no mar, apenas cinco estão sendo sugados pelo equipamento e armazenados na superfície.
Os técnicos da Britsh Petroleum disseram que o óleo ainda vaza por válvulas que serão fechadas aos poucos. Se desta vez tudo der certo, eles esperam chegar a recuperar 90 de cada 100 litros que escapam do poço danificado.
Na superfície, a mancha já é tão grande que seria capaz de cobrir todo o estado do Rio de Janeiro e ainda uma pequena parte de São Paulo e de Minas Gerais.
Nesta sexta-feira (4), o presidente Barack Obama voltou ao estado de Louisiana para visitar comerciantes e moradores que estão tendo prejuízos com o desastre ambiental. Ele disse que ainda é cedo para ser otimista com relação ao fim do vazamento.
O óleo já chegou a várias reservas ambientais da costa do estado da Lousiana. Hoje, agentes do governo responsáveis pelo resgate de animais estiveram em um santuário de pelicanos atingido pela maré negra do petróleo.
Quase não dá para ver os animais debaixo de tanto óleo. Alguns respiram com dificuldade. Dezenas de pássaros foram resgatados. Mas, segundo os técnicos, pelo menos um terço deles não vai sobreviver.

Fonte


publicado por Maluvfx às 11:49
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 21 de Maio de 2010
BP forçada a admitir que o vazamento é maior!
Sucesso na recolha de óleo com um tubo de sucção com 1 milha de comprimento, mostra que o vazamento pode ser muito pior do que se pensava.
Casualty
Membros da Guarda Costeira com um pelicano marrom morto encontrado em uma Breton Island, La, praia, onde as barreiras foram colocadas para afastar a maré de petróleo. As autoridades disseram que o pássaro tinha óleo em suas asas. (Carolyn Cole, Los Angeles Times / 20 de maio de 2010)



A empresa admitiu efetivamente na quinta-feira que foi inserido um tubo no óleoduto quebrado e está ligado para recolher em volta de 5.000 barris de petróleo e 15 milhões ft³( mais de 4000.000 litros) de gás por dia, até mesmo com um vídeo ao vivo mostrando que grandes quantidades de petróleo continuam a aparecer nas águas do Golfo.

"Ainda há vazamento de petróleo. Nós não estamos dizendo o contrário", disse o porta-voz da BP, Mark Proegler, na quinta-feira.

Depois que a companhia lançou um vídeo do vazamento na semana passada, cientistas independentes estimaram a quantidade de petróleo 'vomitando' no Golfo poderia ser 14 vezes maior do que os 5.00-barris-por-dia, número oficialmente usado para descrever derramamento de há um mês.
...

Os legisladores de Capitol Hill que investigam o desastre também publicaram um vídeo do vazamento da BP, apelidado Spillcam por um assessor do Congresso.
...
Os funcionários federais reconheceram que não se sabe muito sobre os efeitos ambientais do dispersante a longo prazo, mas reconhecem que o petróleo era muito mais tóxico e representa uma grande ameaça à vida marinha, fauna, pântanos e manguezais.


A EPA (Environmental Protection Agency) também publicou em seu site os resultados dos testes da BP, concluindo que os dois tipos de dispersante COREXIT usados até agora foram eficazes e não representa risco significativo para a vida marinha. A EPA não explicou a aparente contradição entre a sua ordem e os resultados do teste.
...

A BP disse que estava cumprindo a ordem e testam produtos alternativos durante algum tempo.

Bruce Gebhardt é presidente da U.S.. Polychemical Corp, que fabrica Dispersit, um produto à base de água que se revelou mais eficaz e menos tóxico, em ensaios da EPA, do que a COREXIT . Disse ainda que a sua empresa foi contactada pela BP há duas semanas atrás, e forneceram amostras.

Na quinta-feira, Gebhardt, esgotado, disse que o seu escritório em Nova York havia sido 'inundado' com chamadas, incluindo as da BP. "Eles queriam saber o quanto podemos fazer e quão rápido nós poderíamos chegar lá", disse ele, acrescentando que a BP não tinha decidido para qual dispersante mudar.


Tradução de мαŀų™®
Fonte



Mancha de óleo ameaça mais de 600 espécies animais nos EUA



ANDA



publicado por Maluvfx às 13:17
link do post | comentar | favorito
 O que é? |


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Recuperação ambiental no ...

BP admite que falhou tent...

Animais sofrem com o maio...

BP forçada a admitir que ...

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds