Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Terça-feira, 20 de Julho de 2010
Paul McCartney e filhas editam 'encarte vegetariano' de jornal
Londres, 18 jul (EFE).- Paul McCartney e as filhas Mary e Stella ajudam a editar o suplemento especial dedicado à dieta vegetariana publicado hoje pelo jornal dominical britânico "The Observer".
"Fiz muitas coisas na minha vida, mas é a primeira vez que pediram para mim e minha família editar um suplemento de revista", diz o músico na apresentação.

Paul conta que, quando ele e sua primeira mulher, Linda, criaram os filhos com uma dieta vegetariana, a razão principal era o profundo amor que sentiam pelos animais.
"Mas assim que vimos que as cozinhas de muitas culturas tinham pratos que evitavam a carne, começamos a explorar várias opções e, em breve, nos deparamos com um enorme repertório de comida saudável e, o que é mais importante, muito saborosa", conta.
O ex-beatle promove atualmente uma campanha para que se evite comer carne nas segundas-feiras, como forma de poupar o meio ambiente.

Ele lembra que, segundo um relatório das Nações Unidas, a indústria criadora de gado mundial é responsável por mais emissões de gases estufa que todo o setor de transportes.

Stella McCartney explica que o número especial que editaram não tenta transformar os leitores em vegetarianos, mas fazê-los ver que uma dieta do tipo pode ajudar a levar uma vida mais saudável e ecológica, alem de mais barata.

Fonte


publicado por Maluvfx às 23:14
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 13 de Julho de 2010
Paul McCartney faz McDonald's tirar suas fotos da parede
O músico e ativista vegetariano Paul McCartney ganhou uma disputa contra a gigante americana de fast-food McDonald's e conseguiu fazer com que uma das lojas da franquia em Liverpool retirasse todas as fotos dos Beatles que estavam nas paredes da lanchonete.
De acordo com a reportagem do jornal inglês Daily Star, o ex-Beatle considerou uma vitória a retirada das suas fotos com os companheiros de banda das paredes da lanchonete.

O grupo ativista PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) foi o autor da denúncia sobre as fotos de Macca e companhia no restaurante do McDonald's e se pronunciou para dizer que Paul jamais autorizaria a veiculação de sua imagem com uma empresa que vende produtos de origem animal.

Fonte


publicado por Maluvfx às 19:16
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 5 de Julho de 2010
Segunda sem Carne – Apoie essa ideia !

Em Porto Alegre, já há algum tempo, temos a “Segunda sem Carne”.  A Campanha, que existia nos Estados Unidos e Austrália, foi lançada na Grã-Bretanha em 15 de junho de 2009 pelo ex-Beatle Paul McCartney numa tentativa de ajudar a combater as mudanças climáticas.
“Meat Free Monday”  no mundo
Foto: APMuitos de nós nos sentimos impotentes diante dos desafios ambientais, e pode ser difícil avaliar todos os conselhos que recebemos sobre como fazer uma contribuição significativa para um mundo mais limpo, mais sustentável e mais saudável…Designar um dia da semana no qual se deixa de consumir carne é uma mudança significativa que todos podem adotar e que vai ao cerne de várias questões importantes, políticas, ambientais e éticas, todas ao mesmo tempo“,  disse McCartney no site oficial da campanha.

A campanha encoraja os cidadãos a se comprometer com uma ação simples: evitar o consumo de carne às segundas.
E como deixar de comer carne pode fazer diferença? Bem, em primeiro lugar, um estudo da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO),  revela que as emissões de gases-estufa associadas à cadeia de produção da carne representam um quinto das emissões totais mundiais. Nada menos que 18% das emissões provém do desmatamento para a criação de pastagens, do transporte da carne e do processamento industrial do alimento, entre outros fatores. A redução do consumo de carne bovina, suína e de aves é proposta como maneira de diminuir as emissões de gases.
Saúde
Além disso, o excesso do consumo de carne pode aumentar a incidência de câncer, enquanto dietas ricas em frutas e verduras reduzem o risco de problemas cardiovasculares e diabetes. “Isso não apenas ajuda a combater a poluição, como também a promover a saúde melhor, o tratamento ético dos animais, o combate à fome mundial e a promoção do ativismo comunitário e político.”
Meatless-monday-logoSegundo a campanha “Segunda sem carne”, se a população total dos Estados Unidos não comesse carne às segundas, a redução das emissões seria equivalente a que ocorreria se todas as pessoas do país trocassem seus veículos comuns por um carro ultra-eficiente energeticamente, como o híbrido Toyota Prius. A quantidade de água economizada seria suficiente para que cada pessoa enchesse sua banheira aproximadamente 20 vezes por ano, e se evitaria o consumo de 12 bilhões de galões de gasolina. Já imaginou como estes números poderiam aumentar se todo o mundo participasse desta iniciativa?
O vídeo
“Os desafios que o mundo enfrenta são variados e complexos. Os recursos mundiais estão se esgotando, os ecossistemas se deterioram, o sistema financeiro cambaleia e muitas pessoas vivem em condições de pobreza. Diante destes desafios, o que cada um pode fazer pelo planeta?”, destaca o vídeo de apresentação da campanha. (http://www.youtube.com/watch?v=bpnKeYmR1NM).
A resposta vem em seguida: “A produção de carne é extremamente ineficiente, o que ameaça os recursos naturais e a saúde pública, e aumenta a emissão de gases do efeito estufa que estão acelerando o aquecimento global. Não pedimos que você se torne vegetariano nem se transforme em defensor dos direitos dos animais, mas apenas assuma o compromisso de não comer carne uma vez por semana. Nenhum outra ação é tão simples e poderosa para ajudar o planeta”.
Para participar da campanha, evite comer carne às segundas, e escolha receitas vegetarianas para substituí-la.
E no Brasil?  Como está a campanha?
São Paulo, Curitiba, Brasília, Porto Alegre e outras cidades já aderiram a campanha. E você já está participando?
Faça a sua parte, fale para seus amigos, divulgue !
Fonte: Vista-se


publicado por Maluvfx às 16:14
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 18 de Junho de 2010
Feliz '68º' Aniversário Sir Paul McCartney!

Parabéns ao vegano Paul McCartney! 68 Anos de música e dedicação aos animais
Feliz Aniversário!! Grande Paul!! 68 anos de muita força e vitalidade.
Happy Birthday Macca!
Obrigada!


publicado por Maluvfx às 14:32
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 6 de Abril de 2010
Paul McCartney libera somente comida vegetariana para funcionários durante turnê
Os cantores Paul McCartney e Leona Lewis: carne banida para o staff de suas turnês
Qualquer refeição que inclua carne está proibida de ser consumida pelos funcionários de Paul McCartney durante sua nova turnê. É o que revelou o jornal inglês "The Sunday Express".
"Up and Coming" passará pelos Estados Unidos, Europa e América do Sul -- inclusive o Brasil -- e uma das exigências do cantor é que somente refeições vegetarianas fossem servidas aos funcionários.
"Serviremos 480 tipos de refeições à base de vegetais", disse o assessor de imprensa de McCartney.
Além dele, a cantora Leona Lewis também baniu as carnes da equipe que a acompanhará pela nova turnê que começará em maio.
Imaginem só que delícia que deverão ser essas refeições! Sorte do staff!

Vida Vegetariana


publicado por Maluvfx às 23:11
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sexta-feira, 26 de Março de 2010
Simon Cowell vegetariano(?) por Leona Lewis
Simon Cowell - tinha um pé nos dois campos.
Dando adeus à carne ... Simon Cowell vem em apoio do vegetarianismo.


Simon Cowell vai tornar-se vegetariano por Leona Lewis.
 O magnata da música tem sido persuadido pela cantora de Bleeding Love - que ele orientou no Show de talentos no Reino Unido, The X Factor em 2006 - para apoiar a campanha SegundasSemCarne de Sir Paul McCartney's, em que as pessoas deixam de comer produtos de origem animal uma vez por semana.

 Leona - que se encontrou com o ex-Beatle no final do ano passado para discutir o envolvimento de Simon - disse: "Qualquer coisa que eu peço ao Simon para se envolver em relação à minha preocupação com caridade e ambientais,ele sempre faz. Ele é assim."

 Simon junta-se a outras estrelas Vegetarianas, o vocalista dos Coldplay Chris Martin, Kevin Spacey e Woody Harrelson no apoio à causa de Sir Paul.

 Leona é vegetariana há muito tempo e até mesmo proibiu a carne de ser servida em sua próxima turnê, porque ela é tão contra a matança de animais.
 Ela disse: "A indústria da carne está poluindo o meio ambiente. Eu proibi a carne de todas as sessões de fotos para a tournê, simplesmente porque eu não apoio a indústria da carne."
Fonte


publicado por Maluvfx às 14:24
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 23 de Março de 2010
Estudo: comer menos carne não reduzirá aquecimento global
Estudo de especialista americano indica que comer menos carne não reduzirá aquecimento global

WASHINGTON — Comer menos carne não reduzirá o aquecimento global, e aqueles que sustentam esta teoria desviam a atenção da sociedade sobre as verdadeiras causas das mudanças climáticas, afirmou nesta segunda-feira um especialista americano.
"É claro que podemos reduzir nossa produção de gases nocivos, mas não consumindo menos carne ou leite", afirma Frank Mitloehner, especialista em qualidade do ar da Universidade da Califórnia-Davis, durante uma conferência da American Chemical Society, na Califórnia.
No estudo, Mitloehner insiste em desmetir certos informes, incluindo um publicado em 2006 pelas Nações Unidas, que supervaloriza o papel dos animais no aquecimento global.
Recentemente, uma campanha europeia com forte apoio do ex-Beatle Paul McCartney, ativista vegetariano, defendia o slogan "Menos carne = menos aquecimento".
"McCartney e os demais têm boas intenções, mas não possuem bons conhecimentos nas complexas relações entre as atividades humanas, a digestão animal, a produção de alimentos e a química atmosférica", declarou Mitloehner.
Os países em desenvolvimento "teriam que adotar modos de lidar com o gado mais eficazes, ao estilo ocidental, para produzir mais alimentos com uma menor produção de gases de efeito estufa", acrescentou o cientista.
"Produzir menos carne e leite levará apenas mais fome aos países pobres", concluiu.
Fonte


publicado por Maluvfx às 18:32
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Quinta-feira, 18 de Março de 2010
“Meat Free Monday” (Segunda Sem Carne)

A atriz Gwyneth Paltrow (que não é vegetariana) tem um site na internet, o GOOP, com dicas para uma vida mais saudável. É um site famoso lá fora, cheio de dicas e tal. Pois bem, há pouco tempo ela ouviu falar sobre Meat Free Monday” (Segunda Sem Carne),o movimento que o Paul lançou com a família para que as pessoas se tornem vegetarianas só um dia na semana.
A atriz ficou tão intrigada pelo movimento que pediu que Paul escrevesse uma carta aos leitores do site, que foi enviada por e-mail também. E o Paul galera, caprichou. Além de explicitar os motivos pelos quais ele lançou o Segunda Sem Carne, ele citou duas vezes o Brasil. Por isso, vale a pena tirar uns minutos do seu dia para ver o que o nosso Beatle tem a dizer na carta abaixo.
Aqui vai o texto de Paul:
“Olá, Goopsters! Olá, Gwyneth!
Ok, aqui vai a história da Segunda Sem Carne. Em 2006, as Nações Unidas emitiram um relatória que apontou a indústria de alimentos de origem animal como uma das grandes responsáveis pela emissão dos gases do efeito estufa, maior até do que o setor de transportes.
Achei isso interessante particularmente porque as pessoas das Naçoes Unidas não são vegetarianas e por isso, não poderiam ser acusados de imparciais eles apontaram os seguintes fatos:
  • A indústria de alimentos de origem animal produz gases extremamente perigosos para o futuro do meio-ambiente.
  • Os dois principais desses gases, metano e nitróxido, são considerados mais letais do que o  CO2 (metano é 21 vezes mais poderoso que o CO2 e o Nitróxido é 310 vezes!) então estes dados sugerem que isto está causando uma situação perigosíssima para nós e, mais importante, para as futuras gerações.
  • O metano fica na atmosfera de9 a 15 anos, o Nitróxido fica por 114 anos, na meedia, e é 296 mais potende que o CO2 – os gases lançados hoje continuarão ativos na degradação do clima por décadas.
  • A indústria de alimentos de origem animal destrói terras: um relatório recente do Greenpeace realizado no maior estado produtor de carne do Brasil descobriu que a produçnao era responsável por muito mais devastação do que a soja.
  • Um terço dos cereais produzidos, e quase 90% da soja, vai para o alimento de animais, não para a comida dos humanos. Comer menos carne vai liberar muitas terras usadas para agropecuária, o que pode ser revertido no crescimento de árvores, que por sua vez, irão absorver dióxido de carbono da atmosfera.
  • A indústria de alimentos de origem animal destrói a água: é responsável por 8% do uso de água da humanidade. A estimativa é de 634 galões de água potável para produzir 150 gramas de bife. É o mesmo que quatro horas de chuveiro ligado. Para comparação,  a mesma quantidade de tofu precisa de somente 143 galões para ser produzida.
  • A indústria de alimentos de origem animal é uma das maiores causas da poluição da água, principalmente pelos restos animais, antibióticos, hormônios, químicos, fertilizantes e pesticidas usados nos pastos.
  • A indústria da carne deve dobrar sua produção até 2050 então mesmo que diminuam suas emissões em até 50% como prometeram, ainda estaremos na mesma.
Com isso em mente, minha família e eu lançamos a Segunda Sem Carne no Reino-Unido, uma idéia que ganhou o apoio de pessoas como Tom Parker-Bowles, que depois de uma vida inteira denegrindo os vegetarianos, escreveu recentemente em dua coluna no jornal Daily Mail apoiando a causa. Outro apoiador é Al Gore que declarou que iniciativas como a Segunda Sem carne “representam um componente responsável e bem-vindo de uma estratégia abrangente para reduzir o aquecimento global e simultaneamente aumentar a saúde da população.”
Até mesmo algumas escolas já estão fazendo isso no Reino-Unido com algum sucesso. A cidade de Ghent na Bélgica tem a Segunda Sem Carne e,surpreendemente,  São Paulo também, embora o Brasil seja um grande exportador de carne. Na Suécia, o governo agora está rotulando as comida para dar aos consumidores a oportunidade de entender os perigos do consumo indiscriminado de comida e há muitos outros exemplo aparecendo online.
O ponto: muita pessoas estão procurand maneiras de “fazer sua pequena parte” pelo meio-ambiente. Nós reciclamos – algo que jamais teríamos sonhado no passado. Muitas pessoas dirigem em carros híbridos e a maioria das pessoas está percebendo que não podemos deixar essa questão importante para os políticos do mundo. Recentemente, na Conferência do Clima em Copenhagem, esse item nem estava na agenda e então eu acredito novamente que foi deixado para nós, o povo, fazer sua parte.
É incrivelmente fácil tirar um dia da semana, Segunda ou qualquer outro dia, para não comer carne. Quando você pensa nisso, há tantas alternativas, como por exemplo, a comida italiana, tantos pratos que são vegetarianos como os tailandeses e chineses. Só significa que vocie tem que pensar um pouco sobre o que você comerá naquele dia mas, na verdade, longe de ser um problema, é um desafio divertido.
Tendo sido vegetariano por mais de 30 anos, eu acho muito simples e fácil, gostoso e apreciável.
Então é isso! Na próxima segunda não coma carne e faça sua pequena parte para salvar esse nosso lindo planeta. Para mais informaçnoes, idéias e dezenas de receitas sem carne visite o site oficial da Segunda Sem Carne.
Obrigado, Goopsters! Obrigado, Gwyneth!
Rock para todos!
Paul”
Apoiadores da Segunda Sem Carne.
Da esquerda para direita: David de Rothschild, Lauren Laverne, Sophie Ellis Bextor, Richard Jones, Moby, Kelly Osborne, Stella McCartney, Yoko Ono, Sir Paul McCartney, Mary McCartney, James McCartney, Sam Taylor Wood, Kate Bosworth, Anouck Lepere, Monty Don, Tom Conran


publicado por Maluvfx às 16:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Domingo, 7 de Março de 2010
Segunda sem Carne



A campanha Segunda sem Carne objetiva incentivar as pessoas a deixar de consumir carne, ao menos, uma vez por semana, tendo assim benefícios para sua saúde e a saúde do planeta. Ao diminuir o consumo de carne reduzimos, ao mesmo tempo, o desperdício de água, o desmatamento, a desertificação, a extinção de espécies, a destruição de habitats e até de biomas inteiros. De quebra, ainda ajudamos a diminuir o rebanho bovino e sua emissão de metano – poderoso agente de efeito estufa.

67% dos animais criados para virar comida são criados em granjas “industriais”. Granjas industriais são fontes de crueldade e desperdício em escalas inimagináveis para a maioria de nós. Nelas são criados animais que ganham peso rapidamente por meio de uma alimentação não-saudável com alto teor protéico. Os animais vivem amontoados, estressados e, muitas vezes, em condições higiênicas insalubres.
A Campanha é também um convite a repensar nossa alimentação cotidiana, muitas vezes pobre em nutrientes pelo simples desconhecimento da variedade de hortaliças e verduras disponíveis. O consumo de comidas prontas, fast food ou similares, facilitou a vida altamente urbanizada dos grandes centros, diminuindo o tempo gasto com a alimentação. Mas o preço é alto e se reflete em nossa saúde e também nas experiências de sabor que perdemos.







Motivando mudanças pela música





Você tem talento musical? Então pode escrever uma canção falando das razões de ser vegetariano ou vegano? Se tiver talento…
O Sir Paul McCartney está pedindo canções para promover a ideia da “Segunda-feira sem carne” por todo o mundo. Veja:




Pode ser que a música possa motivar as pessoas a mudar o hábito de consumir carne? Segundo essa campanha, o objetivo é motivar as pessoas que nem pensam em ser vegetarianos a desistirem da carne durante um dia na semana.
Pois bem, se sete pessoas não consomem carne, vai ser como se, no lugar dessas pessoas que aderiram à campanha, existisse uma pessoa totalmente vegetariana, não é? Mas o ideal seria que uma pessoa banisse completamente o consumo da carne, então… devemos apoiar essa campanha de ter mais pessoas  desistindo da carne só por um dia da semana?
Na minha opinião, a resposta é “sim” porque, se uma pessoa desiste um dia, vai começar a mudar um hábito e vai saber que é possível sobreviver sem carne. E também, se a pessoa decidir fazer uma mudança porque está ampliando a visão e a consciência, pode ser que ela esteja dando os primeiros passos a caminho do vegetariansimo total.
Para algumas pessoas, a ideia de desistir da carne completamente parece impossível e inatingível, e elas precisam saber que pouco é melhor que nada. Para outras pessoas, a decisão de não consumir carne acontece em um passo só: é quando são motivadas a parar completamente o consumo de carne. Um dia, comem carne, leem ou veem alguma materia e, depois, tomam a decisão de parar de consumir carne naquele mesmo dia.
Com a maioria das pessoas com quem eu tenho falado, o caminho para o vegetarianismo acontece pouco a pouco, começando a eliminar a carne de um animal, depois de outro, normalmente porque elas obtêm informações e aprendem mais sobre o assunto e, assim, decidem também desistir de outro animal no prato.
Gostaria que esse processo fosse imediato, que eu pudesse dizer que fiquei vegana em um dia só, mas a verdade é que parei de consumir porcos no sétimo passo porque havia lido sobre vermes; depois decidi parar de comer “carne vermelha” de vacas por causa de razões de saúde; depois frangos porque vi um programa na televisão sobre a maneira como eles os matam e também sobre a contaminação. Quanto mais eu compreendia, menos eu consumia produtos animais, até que decidi ser completamente vegana.
Com essa campanha “Segunda-feira sem carne”, as pessoas podem participar de um novo movimento que se propaga pelo globo. A estratégia é usar a criatividade para motivar as pessoas a se unirem para uma meta boa e universal.
Historicamente, a música tem sido uma ferramenta forte para conscientizar as pessoas. Tem canções que falam de possibilidades, mudanças, metas universais, um mundo melhor, revolução; e agora, teremos também músicas que falam sobre como podemos salvar os animais, nós mesmos e o planeta, por meio de uma dieta sem carne!
Sei que com essa música, todos os nossos corações vão querer dançar!! Conheçam algumas canções:





Fonte: ANDA


publicado por Maluvfx às 15:56
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Segunda sem Carne



A campanha Segunda sem Carne objetiva incentivar as pessoas a deixar de consumir carne, ao menos, uma vez por semana, tendo assim benefícios para sua saúde e a saúde do planeta. Ao diminuir o consumo de carne reduzimos, ao mesmo tempo, o desperdício de água, o desmatamento, a desertificação, a extinção de espécies, a destruição de habitats e até de biomas inteiros. De quebra, ainda ajudamos a diminuir o rebanho bovino e sua emissão de metano – poderoso agente de efeito estufa.

67% dos animais criados para virar comida são criados em granjas “industriais”. Granjas industriais são fontes de crueldade e desperdício em escalas inimagináveis para a maioria de nós. Nelas são criados animais que ganham peso rapidamente por meio de uma alimentação não-saudável com alto teor protéico. Os animais vivem amontoados, estressados e, muitas vezes, em condições higiênicas insalubres.
A Campanha é também um convite a repensar nossa alimentação cotidiana, muitas vezes pobre em nutrientes pelo simples desconhecimento da variedade de hortaliças e verduras disponíveis. O consumo de comidas prontas, fast food ou similares, facilitou a vida altamente urbanizada dos grandes centros, diminuindo o tempo gasto com a alimentação. Mas o preço é alto e se reflete em nossa saúde e também nas experiências de sabor que perdemos.







Motivando mudanças pela música





Você tem talento musical? Então pode escrever uma canção falando das razões de ser vegetariano ou vegano? Se tiver talento…
O Sir Paul McCartney está pedindo canções para promover a ideia da “Segunda-feira sem carne” por todo o mundo. Veja:




Pode ser que a música possa motivar as pessoas a mudar o hábito de consumir carne? Segundo essa campanha, o objetivo é motivar as pessoas que nem pensam em ser vegetarianos a desistirem da carne durante um dia na semana.
Pois bem, se sete pessoas não consomem carne, vai ser como se, no lugar dessas pessoas que aderiram à campanha, existisse uma pessoa totalmente vegetariana, não é? Mas o ideal seria que uma pessoa banisse completamente o consumo da carne, então… devemos apoiar essa campanha de ter mais pessoas  desistindo da carne só por um dia da semana?
Na minha opinião, a resposta é “sim” porque, se uma pessoa desiste um dia, vai começar a mudar um hábito e vai saber que é possível sobreviver sem carne. E também, se a pessoa decidir fazer uma mudança porque está ampliando a visão e a consciência, pode ser que ela esteja dando os primeiros passos a caminho do vegetariansimo total.
Para algumas pessoas, a ideia de desistir da carne completamente parece impossível e inatingível, e elas precisam saber que pouco é melhor que nada. Para outras pessoas, a decisão de não consumir carne acontece em um passo só: é quando são motivadas a parar completamente o consumo de carne. Um dia, comem carne, leem ou veem alguma materia e, depois, tomam a decisão de parar de consumir carne naquele mesmo dia.
Com a maioria das pessoas com quem eu tenho falado, o caminho para o vegetarianismo acontece pouco a pouco, começando a eliminar a carne de um animal, depois de outro, normalmente porque elas obtêm informações e aprendem mais sobre o assunto e, assim, decidem também desistir de outro animal no prato.
Gostaria que esse processo fosse imediato, que eu pudesse dizer que fiquei vegana em um dia só, mas a verdade é que parei de consumir porcos no sétimo passo porque havia lido sobre vermes; depois decidi parar de comer “carne vermelha” de vacas por causa de razões de saúde; depois frangos porque vi um programa na televisão sobre a maneira como eles os matam e também sobre a contaminação. Quanto mais eu compreendia, menos eu consumia produtos animais, até que decidi ser completamente vegana.
Com essa campanha “Segunda-feira sem carne”, as pessoas podem participar de um novo movimento que se propaga pelo globo. A estratégia é usar a criatividade para motivar as pessoas a se unirem para uma meta boa e universal.
Historicamente, a música tem sido uma ferramenta forte para conscientizar as pessoas. Tem canções que falam de possibilidades, mudanças, metas universais, um mundo melhor, revolução; e agora, teremos também músicas que falam sobre como podemos salvar os animais, nós mesmos e o planeta, por meio de uma dieta sem carne!
Sei que com essa música, todos os nossos corações vão querer dançar!! Conheçam algumas canções:





Fonte: ANDA


publicado por Maluvfx às 15:56
link do post | comentar | favorito
 O que é? |


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Paul McCartney e filhas e...

Paul McCartney faz McDona...

Segunda sem Carne – Apoie...

Feliz '68º' Aniversário S...

Paul McCartney libera som...

Simon Cowell vegetariano(...

Estudo: comer menos carne...

“Meat Free Monday” (Segun...

Segunda sem Carne

Segunda sem Carne

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds