Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Domingo, 13 de Novembro de 2011
Despensa VEGetariANA
Para quem é VEGetariAN@ há pouco tempo, ou pensa tornar-se em breve, podem surgir dúvidas, quanto aos alimentos essenciais a ter em casa. Confira esta básica lista de compras, essenciais para excelentes preparações gastronómicas.
Apesar de já poder encontrar actualmente nos grandes hipermercados, muitos produtos utilizados na alimentação vegetariana, existem lojas especializadas com uma variadíssima gama de produtos típicos. São as lojas de produtos naturais, que existem nas grandes cidades com alguma frequência.

Sugiro-lhe uma lista básica de compras para preparar as suas refeições vegetarianas!


GRÃOS

Farinhas (integrais, de trigo, milho, e outras)
Arroz integral
Massas alimentícias variadas
Pães (integral, mistura de cereais, centeio, de sementes, de passas, etc.)
Bolachas integrais e de vários cereais
Flocos de aveia
Flocos de outros cereais integrais
Gérmen de trigo
Grãos de cereais (trigo, milho, aveia, centeio, cevada e outros)
Pipocas


VEGETAIS E FRUTAS
Alho e cebola
Vegetais da época
Vegetais de folha verde
Frutas da época
Tomate enlatado (pelado, molho, extracto)
Frutas secas
Vegetais congelados


FEIJÃO E PRODUTOS FEITOS COM FEIJÃO
Leguminosas secas (feijões: branco, preto, encarnado, manteiga, frade, aduki, mungo, etc., feijão de soja, grão de bico, lentilhas, ervilhas, favas)
Leguminosas enlatadas
Pratos prontos de leguminosas (sopas, hummus, por exemplo).


PRODUTOS DERIVADOS DA SOJA E OUTROS PROTEICOS

Proteína de soja granulada e texturizada
Tofu ao natural
Salsichas de tofu ou de soja
Tempeh
Hambúrgueres de soja
Leite de soja enriquecido em cálcio (com ou sem sabores)
Iogurte de soja, enriquecidos em cálcio
Sobremesas de soja
Empadas vegetarianas
Seitan (glúten, a proteína do trigo)


OLEAGINOSAS, SEMENTES E as suas MANTEIGAS
Oleaginosas (nozes, amêndoas, castanha-do-pará, castanha de caju, pinhões, avelãs, amendoins, pistácios)
Sementes (de gergelim ou sésamo, de abóbora, de girassol, de linhaça)
Manteiga de gergelim (tahini)
Manteiga de amendoim, de amêndoa, de avelã, etc.


GORDURAS E ÓLEOS
Azeite extra virgem
Óleos não refinados de linhaça, soja e canola
Óleos de amendoim
Óleo de linhaça




TEMPEROS E SABORES
Shoyu (molho de soja fermentado, à base de grãos de soja com cevada ou trigo)
Tamari (molho de soja, sem trigo)
Miso
Gomásio (sal de sésamo)
Sal pedra e sal marinho
Açafrão, noz-moscada, pimenta, cominhos, caril, mostarda em pó,
Manjericão, oregãos, salsa, coentros
Canela, erva-doce, baunilha
Gengibre


BEBIDAS
Bebidas feitas de cereais
Sumos de fruta e vegetais
Chás de ervas e de folhas


OUTROS PRODUTOS
Algas secas
Levedura de cerveja
Melaço
Xarope de milho
Açúcar amarelo, mascavado ou demerara
Farinha de alfarroba


publicado por Maluvfx às 05:55
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Domingo, 1 de Maio de 2011
Mini-Guia De Compras Éticas, Ecológicas E Sem Crueldade Animal / Ecological, Ethical And Cruelty-Free Shopping Mini-Guide:



# Produtos de limpeza para a casa:

- Todos os produtos neste link da Quercus, estão à venda em supermecados a preços acessíveis: http://e-loja.quercus.pt/scid/eStore/defaultproductCategoryViewOne.asp?productCategoryId=340

- Ainda há as seguintes opções:
> Marca Sonetthttp://greenfibres.server101.com/sonett/sonett_key.php, à venda em lojas de produtos naturais e online aqui http://www.cemporcentovegan.pt/store.php?cat=16&par=0
Marca Bio-Dhttp://www.biodegradable.biz/, à venda em lojas de produtos naturais e online aqui http://www.ecoescolhas.com/67-limpeza-ecologica,


Receitas para detergentes caseiros

# Cosmética e higiene pessoal:

- Sugiro a Corine de Farme, que não testa em animais, e que lançou recentemente a gama Woman, que tem produtos entre 95% e 99% de origem vegetal: http://www.corinedefarme.com/#/home

- A marca de sabonetes Confiança, é vegetal, não testa em animais, é extremamente barata e existe à venda em qualquer supermercado: http://www.confiancasoaps.com/

- A marca Biopha Nature, também parece ser muito razoável.

- A marca Naetura, preconiza preços altos, mas é de facto uma das melhores em termos de qualidade (à venda no Jumbo): http://www.kalma-organics.com/

- Nos supermecados LIDL, temos a marca Sahuda Nature, de baixo custo: http://ritavegan.blogspot.com/2011/02/produtos-de-higiene-vegan-de-baixo.html

- Fora dos supermercados, há a opção das lojas O Boticário, que não testam em animais e de há um tempo para cá, têm tido algumas preocupações ambientais, desenvolvendo produtos mais ecológicos.

- Outra opção é a Yves Rocher, que só não tem o selo de aprovação da Vegan Society porque utiliza mel e cera de abelha em alguns dos seus produtos, de resto, é tudo natural e vegetal, e é uma empresa com imensas preocupações ambientais, procurando desenvolver produtos o mais amigos do ambiente possível: (com Maquilhagem) http://www.yrportugal.eu/yvesrocher.html
O chato em relação à Yves Rocher é que só funcionam por encomendas, e o valor destas tem, obrigatoriamente, de ser superior a €35, mas vale mesmo a pena.
- A marca Faith In Nature, é aprovada pela Vegan Society e considerada uma das melhores em todo o mundo: http://www.faithinnature.co.uk/

Há ainda as seguintes opções online:
> Eco-Escolhas (Com Maquilhagem):  http://www.ecoescolhas.com/31-maquilhagem

e aqui (mencionam alguns ingredientes de origem animal por não se tratar de uma site vegan): http://www.astrologosastrologia.com.pt/magia_beleza.htm

- No que toca a lâminas, ainda não tenho conhecimento de nenhuma que não seja testada em animais, mas a marca Gillette, anda a ceder à pressão dos consumidores e tem estado a substituir parte dos animais por tubos de ensaio para testar as lâminas, portanto achamos que, dentro das cruéis, a Gillette será a menos cruel: http://www.gillette.com/pt/PT/home.aspx

# Informações úteis:

- As marcas mais tóxicas para a nossa saúde, para o ambiente e mais cruéis para com os animais são:
L'Oreal (Maybeline, Body Shop, Elvive, Garnier
, etc -> http://www.kalma-organics.com/WebRoot/StoreES/Shops/ea2345/48A3/0004/0AD3/ABA6/66FD/D94C/8776/1EEC/L_0027_Oreal_0020_accused_0020_of_0020_using_0020_banned_0020_chemicals.pdf e http://www.facebook.com/photo.php?pid=643547&l=5c0e7bbcf3&id=100000656421084)
Unilever (Gelados Olá, Becel, Dove, H&S - antigo Head & Shoulders - Pantene, Lipton,
etc -> http://www.mindfully.org/Industry/Unilever-Mercury-India.htm ehttp://www.facebook.com/photo.php?pid=504416&l=e3d7f4753c&id=100000656421084)
Coca-Cola (líquido nefasto para o nosso organismo e para o solo terrestre; e cúmplice de imensas mortes na Índia, Colombia e alguns países árabes ->http://www.indiaresource.org/campaigns/coke/2006/cokepoisoning.html ehttp://www.facebook.com/photo.php?pid=430446&l=adc3b33e66&id=100000656421084)
Nike e Adidas (trabalho laboral infantil e sacrifício de animais, nomeadamente cangurus -> http://www1.american.edu/ted/nike.htm e http://www.scribd.com/doc/28284712/Adidas-and-kangaroo-killing)
> Lojas chinesas (isto porque como costumo dizer, a China é mesmo o inferno para os animais aqui na terra, e comprar Made In China é estar a dar mais força à sua economia, que já é um grande monstro por si só, e que consome uma fatia de tamanho abismal de recursos naturais, que podia muito bem servir de abastecimento a países onde crianças morrem por falta de 2 litros de água ao dia, ou um pratinho de arroz ou batata. -> vídeo chocante: http://www.youtube.com/watch?v=dyLZnZf5-80)
- Testes em animais:
> Site de imagens de experimentação animal: http://www.animalexperimentspictures.com/
> Site com a descrição dos testes em animais mais comuns:http://www.aila.org.br/denuncias_testes.htm




- Vídeos: 
> “Earthlings”, vídeo sobre a crueldade da indústria animal (versão censurada, sem imagens chocantes): http://blip.tv/file/4611026  


> "Meet Your Meat", vídeo sobre a crueldade da indústria animal (extremamente violento): http://www.youtube.com/watch?v=Ple_syJmAoA

> “28 Coisas Que Deve Saber Acerca Do Leite De Vaca”, vídeo sobre a verdade acerca dos lacticínios: http://www.youtube.com/watch?v=D2J6phADJvY

> “Uma Vida Interligada”, vídeo a importância de se ser vegan ou vegetariano:http://www.youtube.com/watch?v=eSWh9RLWpcg

> “Carne E O Meio Ambiente”, vídeo sobre o impacto do consumo de carne no ambiente: http://www.youtube.com/watch?v=7zeU8ti-p7o


- Textos:

Nota: Este texto pode e deve ser partilhado, e irá sendo actualizado conforme me cheguem mais informações.

Texto de Rita André (http://www.ritavegan.blogspot.com), com a cordial colaboração de CorAcção Actividades Sociais (http://www.coraccao.blogspot.com/).


publicado por Maluvfx às 07:19
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |

Terça-feira, 31 de Agosto de 2010
Gelatina
A gelatina é uma substância translúcida, incolor ou amarelada, praticamente insípida e inodora, que se pode obter fervendo certos produtos animais, como ossos, pele e outras partes com tecido conectivo. É muito utilizada em alimentos, medicina e certas indústrias.

Algumas utilizações industriais da gelatina incluem:

A cobertura das cápsulas de produtos farmacêuticos;
A emulsão fotográfica (apesar de se terem tentado outros produtos sintéticos, ainda não foi encontrado um substituto com a estabilidade e baixo preço da gelatina),
No fabrico de cabeças de fósforos e de lixa;
Alguns cosméticos contêm uma variedade de gelatina que não gelifica.
A gelatina tem como principal ingrediente o mocotó/mão-de-vaca de animais como vaca boi e etc.



publicado por Maluvfx às 13:59
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 9 de Agosto de 2010
Aditivos alimentares
Os aditivos alimentares são largamente utilizados pela indústria alimentícia. Aqui vale a máxima “é a dose que faz o veneno”. Na prática isso significa controlar o consumo de alimentos industrializados, diversificando ao máximo a dieta. Assim, o consumidor elimina o risco de estar acumulando altos níveis de uma determinada substância química no organismo. A dosagem de cada um dos aditivos considerada segura é determinada pela FAC e pela OMS – respectivamente Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura e Organização Mundial de Saúde. Veja o significado e a indicação dos estranhos nomes nos rótulos dos produtos industrializados:

C: São corantes naturais (Cl) ou artificiais (C2).
F: Indica aromatizantes ou flavorizantes, que têm o papel de realçar, respectivamente, o odor e o sabor dos alimentos. Há naturais e artificiais.
EP: Sinónimo de espessante, cuja função é dar consistência ao alimento. Geralmente, é de origem vegetal.
U: É o umectante. que impede o ressecamento do alimento.
AU: São os anti-umectantes, que evitam a absorção de umidade.
ET: Indica a presença de estabilizantes para impedir que os diferentes ingredientes se separem. Os mais comuns são óleos naturais.
H: Sigla dos acidulantes, responsáveis por acentuar o sabor ácido do alimento industrializado. Alguns estão naturalmente presentes nas frutas.
D: Ou edulcorantes. Usados nos produtos dietéticos em substituição ao açúcar.
P: Significa a presença de conservantes.
A: São os anti-oxidantes, que evitam a rancificação de produtos gordurosos.

Lista de Aditivos Alimentares


publicado por Maluvfx às 21:37
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Glutamato monossódico
O Glutamato Monossódico (MSG) é o sal sódico do ácido glutâmico, um aminoácido presente em todas as proteínas animais e vegetais.

Muito utilizado na indústria alimentícia, o MSG cria um sabor suave, rico e encorpado e pode ser adicionado em carnes, peixes, frangos, vegetais e frutos do mar, sendo que em muitos países é usado como tempero de mesa. Ainda, em certos alimentos, o MSG pode ajudar a reduzir o conteúdo de sódio sem comprometer o gosto. O MSG contem apenas um terço da quantidade de sódio em comparação ao sal de cozinha.

De modo semelhante ao vinagre, molho de soja e iogurte, o MSG é produzido através de processos fermentativos de matérias primas de origem natural como são o melaço da cana de açúcar, açúcar de beterraba ou do amido obtido da tapioca ou de cereais.

O glutamato naturalmente encontrado em alimentos e o glutamato derivado do MSG são idênticos e são absorvidos e metabolizados da mesma maneira pelo corpo humano. Por exemplo, não existe diferença entre o glutamato livre encontrado naturalmente nos cogumelos, queijos e tomates e o glutamato livre proveniente do MSG, de proteínas hidrolisadas ou do molho de soja (shoyu) produzidos industrialmente. Além disso, glutamato é encontrado em abundância no leite materno humano, em níveis dez vezes superiores aos encontrados no leite de vaca. Como resultado, a criança em fase de amamentação consome grande quantidade de glutamato, por quilo corpóreo, do que em qualquer outra fase de toda sua vida.

Pesquisas recentes demonstram que o MSG estimula receptores específicos da língua produzindo um gosto essencial que se conhece com o nome de umami que, em japonês significa saboroso ou delicioso. O gosto umami corresponde ao quinto gosto básico, o qual é diferente dos outros quatro sabores conhecidos, doce, salgado, azedo e amargo.

Devido ao fato do MSG ser usado amplamente como ingrediente alimentício, grande número de pesquisas têm sido realizadas sobre sua inocuidade e eficácia. Essas pesquisas, realizadas e avaliadas por cientistas e agências de regulamentação de todo o mundo, juntamente com a sua longa tradição de uso, claramente evidenciam que o MSG é de uso seguro. Entretanto, na década de 60, foi postulado que o MSG presente em alimentos servidos em restaurantes chineses, seria o responsável pela indução de uma serie de sintomas desagradáveis, os quais foram denominados “Síndrome do Restaurante Chinês”. Esses sintomas incluem dor de cabeça (cefaléia), ondas de calor, vermelhidão facial, formigamento e rigidez na parte posterior do pescoço, opressão torácica, moléstias gástricas como náuseas e vômitos, taquicardia e alterações de humor. Na época este tema foi divulgado pela revista New England Journal of Medicine. Porém, pesquisas científicas realizadas posteriormente não confirmaram a relação entre o consumo de alimentos contendo MSG e a “Síndrome do Restaurante Chinês”. Assim, atualmente, associar a “Síndrome do Restaurante Chinês” ao consumo de alimentos contendo MSG é considerado incorreto e ultrapassado.

Da mesma forma, esporadicamente tem surgido especulações sobre a relação entre a ingestão de MSG e doenças degenerativas cerebrais tais como Alzheimer, Isquemia e Parkinson. Também tem sido sugerido que o MSG é responsável por uma série de condições de saúde como hiperatividade em crianças, obesidade, reações alérgicas, asma, câncer e enxaqueca. Entretanto não existem evidências científicas que comprovem que tais doenças tenham sido causadas pelo MSG.

O Codex Alimentarius, organização internacional que tem por objetivo proteger a saúde dos consumidores e assegurar a aplicação de práticas eqüitativas no comércio de alimentos, e o JECFA (Comitê Conjunto FAO/OMS de Peritos em Aditivos Alimentares e Contaminantes), os quais são utilizados em muitos países como referência para o estabelecimento da legislação nacional sobre alimentos, reconhecem que o MSG, como aditivo alimentar, é de uso seguro em alimentos. Ou seja, os consumidores de todo o mundo podem consumir diariamente alimentos contendo MSG como aditivo alimentar, com total segurança e sem riscos à sua saúde.

Nos Estados Unidos, o FDA (Food and Drug Administration), órgão responsável pela regulamentação de alimentos naquele país, classifica o MSG como um ingrediente de alimentos seguro, de forma semelhante ao sal, o açúcar, o fermento e o vinagre. Ou seja, considera o MSG como uma substância de uso seguro em alimentos.

No Brasil, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), órgão do Ministério da Saúde responsável pela regulamentação, fiscalização e controle de aditivos e alimentos no país, através da Resolução ANVS / MS n° 386, de 05 de Agosto de 1999, publicada na Seção I do Diário Oficial da União do dia 9 de Agosto de 1999, classifica o realçador de sabor glutamato monossódico como um produto BPF (quantum satis), ou seja, com limite máximo de uso baseado na quantidade suficiente para se obter o efeito desejado no alimento, o que é estabelecido unicamente para aditivos alimentares considerados de uso seguro.


publicado por Maluvfx às 21:33
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Goma xantana
A Goma Xantana (C35H49O29) é um polissacarídeo obtido naturalmente pela fermentação da bactéria Xanthomonas campestris, que sintetiza a goma para evitar sua desidratação. É um aditivo bastante utilizado na indústria farmacêutica e alimentícia como estabilizante, espessante e emulsificante.

Atualmente, 100% da goma xantana consumida no Brasil é importada, e tem origem na glicose do milho. Alguns estudos desenvolvidos no país apontam para a produção de goma xantana a partir do soro de leite e do caldo da cana-de-açúcar.


publicado por Maluvfx às 21:29
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Cochonilha
Cochonilha refere-se tanto ao corante cor carmim utilizado em tintas, cosméticos e como aditivo alimentar, quanto ao pequeno inseto (Dactylopius coccus) de onde este é extraído.

O corante de cor vermelho-escura é utilizado em larga escala pela indústria cosmética e alimentícia, emprestando sua cor a biscoitos, geléias, sobremesas, sendo também utilizado em medicamentos e roupas, normalmente especificado como "Corante natural carmim de Cochonilha", C.I. 75470 ou E120 nas composições dos produtos.

Organizações de defesa dos direitos dos animais e pessoas adeptas do veganismo criticam a prática de obtenção do corante a partir do inseto cochonilha. Tais grupos alegam que é antiético, cruel e fútil o fato de matar milhões de animais para tal finalidade—é necessário matar cerca de setenta mil insetos para se conseguir cerca de meio quilo de corante. Veganos frequentemente realizam campanhas para divulgar o processo de fabricação do corante carmim, além de promover o boicote aos produtos que o contêm


publicado por Maluvfx às 21:27
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Sábado, 7 de Agosto de 2010
Sting e sua esposa Trudie Styler abraçam 'la dolce vita' e vendem os seus produtos orgânicos no coração da Toscania
O cantor Sting, juntamente com a esposa Trudie, são proprietários de uma belíssima propriedade na Toscania, exatamente em Figline Valdarno, na província de Florença. A novidade é que o casal decidiu colocar à venda os produtos biológicos cultivados e fabricados na propriedade.





Os produtos antes eram apenas para exportação, com foco principalmente na Inglaterra (Harrods). Graças aos inúmeros elogios, o casal acabou decidindo abrir um pequeno ponto de venda dentro da propriedade que se chama Il Palagio.

Tenuta il Palagio: loja de produtos orgânicos na propriedade de Stin e Trudie.


Em setembro do ano passado, Sting lançou os seu primeiros vinhos tintos - um Chianti e outro Toscana elaborado com uvas Sangiovese cultivadas na propriedade.


Os terrenos onde são cultivadas as frutas e verduras biológicas, se estendem por 300 hectares e neles, trabalham cerca de 15 pessoas, na propriedade que fica a sudeste de Florença.

Fonte: Daily Mail


publicado por Maluvfx às 12:00
link do post | comentar | favorito
 O que é? |

Troque os produtos químicos por vinagre
venagre.jpg
O vinagre pode ser um excelente produto de limpeza, além de não agredir o meio ambiente

Da próxima vez que for limpar a casa, pense em substituir alguns produtos de limpeza tradicionais por vinagre. Essa substância é um extraordinário agente de limpeza e desinfetante. E o que é melhor: é barato e totalmente natural.

No banheiro

Remova a sujeira dos boxes e paredes borrifando-os com vinagre. Deixe secar, borrife novamente para umedecer e limpe com uma esponja. Caso seja necessário, reaplique e deixe por algumas horas. Então umedeça e limpe novamente.
Cortinas do box ou revestimentos podem ser cobertas por camadas de sabonete ou mofo. Mantenha uma garrafa de vinagre próxima ao chuveiro e borrife nas cortinas uma ou duas vezes por semana. Não precisa enxaguar.
Água dura e depósitos minerais ao redor da pia e torneiras de banheiras podem ser removidas cobrindo a área manchada com toalhas de papel molhadas no vinagre. Cubra e deixe sobre a área por uma hora, então limpe com uma esponja úmida.
Despeje vinagre no vaso sanitário e deixe por 30 minutos. Então borrife bicarbonato de sódio em uma escova para limpeza de vasos, esfregue as áreas manchadas e dê descarga.

Na lavanderia

Para dissolver chiclete grudado na roupa ou qualquer tecido, molhe a área com vinagre e deixe por um tempo (para resultados mais rápidos, aqueça o vinagre antes). Com cuidado, puxe o chiclete para removê-lo.
Manchas de chocolate podem ser removidas com uma parte de vinagre para duas de água. Passe a mistura com uma esponja e limpe a mancha com panos de limpeza até que seja totalmente removida.
Para remover manchas de vinho tinto limpe a área manchada o mais rápido possível e salpique uma pequena quantidade de sal. Deixe agir por 15 minutos. Você notará o sal se tornar rosa, já que ele absorve o vinho do tecido. Depois limpe a área toda com uma mistura de 1/3 de xícara de vinagre e 2/3 de xícara de água.

Na casa

Para limpeza geral em tapetes e carpetes, use a mesma proporção de água e vinagre. Umedeça a esponja na solução e passe levemente sobre o tapete. Deixe o tapete secar antes de utilizá-lo novamente.
Para lustrar madeira, adicione uma xícara de vinagre puro para um balde de água e esfregue levemente em pisos de madeira dura (não encharque). Não precisa enxaguar. Isto manterá o piso brilhante e removerá qualquer gordura ou sujeira.
Solução de vinagre e água morna limpa as vidraças e não deixa riscos nem marcas. Os vidros leitosos devem ser limpos com papa de vinagre e sal grosso.

Outras dicas

Uma esponja embebida em solução de vinagre diluído afasta insetos de espelhos e vidraças.
As flores permanecem frescas por mais tempo se a água do vaso contiver duas colheres de sopa de vinagre e outras duas de açúcar.
Fonte

Produtos de Limpeza Ecológicos


publicado por Maluvfx às 08:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |

Segunda-feira, 2 de Agosto de 2010
Produtos Kosher, o que são?
A busca por produtos Kosher ultrapassa os interesses de um grupo étnico particular. Os consumidores Kosher incluem judeus, muçulmanos e Adventistas do sétimo dia, assim como vegetarianos, pessoas com intolerância a lactose e todos aqueles que pensam que Kosher é o melhor. Estes milhões de consumidores procuram o símbolo Kosher para se assegurar que suas necessidades serão satisfeitas.

Os vegetarianos, por varias razoes, excluem carnes, aves e peixes de sua dieta. O símbolo Kosher em conjunto com o termo Parve (palavra hebraica que significa nem carne e nem leite), garante que os produtos não contem carnes, aves, nem derivados lácteos, por tanto, aptos para o consumo vegetariano.

A palavra Parve é um indicador de que o produto não contem ingredientes lácteos. Quando é usado a palavra Parve num produto kosher, indica que o produto do não contem nenhum ingrediente derivado de leite. O ovo não é considerado derivado de leite.
A designação Parve é importante para pessoas com reações alérgicas as proteínas do leite. Os pediatras e médicos alertam seus pacientes sobre os benefícios dos alimentos Parve, para evitar reações perigosas mediante a ingestão de mínimas quantidades de proteínas do leite. Do mesmo modo, as pessoas com intolerância a lactose também se beneficiam com os produtos Parve.
Alem disso os produtos Kosher para Pessach (páscoa judaica) são indicados para pessoas sensíveis ao glúten presente em muitos cereais. A designação do Kosher para Pessach é uma garantia de que nenhum grão de cereal ou seus derivados não descritos na composição estão presentes no produto.

Lista de Produtos Kosher

Produtos Certificados e Classificação

ATENÇÃO!!!
Kosher Parve não é vegano pq contém ovos.

Peixes, ovos, frutos e vegetais são Parve


publicado por Maluvfx às 10:29
link do post | comentar | favorito
 O que é? |


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Despensa VEGetariANA

Mini-Guia De Compras Étic...

Gelatina

Aditivos alimentares

Glutamato monossódico

Goma xantana

Cochonilha

Sting e sua esposa Trudie...

Troque os produtos químic...

Produtos Kosher, o que sã...

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds