Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Sábado, 5 de Junho de 2010
Na onda verde...

Longe de ser mais uma publicação “ecochata”, O livro verde (Ed. Sextante) traz dicas de como ajudar o planeta sem recorrer as mesmas situações clichê. Pesquisadores na área ambiental, os autores Elizabeth Rogers e Thomas M. Kostigen tiveram apoio de um time de estrelas de Hollywood nessa causa. Robert Redford, Cameron Diaz e Jennifer Aniston dão seus depoimentos. No vocabulário, reduzir, reutilizar e reciclar são os três verbos fundamentais para uma mudança saudável de hábitos.
Fonte


publicado por Maluvfx às 12:33
link do post | comentar | favorito

Neste 5 de junho celebre a biodiversidade

- Dia Mundial do Meio Ambiente

- Dia da Ecologia

Durante a abertura da Conferência de Estocolmo, em 1972, o dia 5 de junho foi escolhido pela ONU para ser a data em que a preocupação com o meio ambiente seja a principal atividade.
Com o tema “Many Species. One Planet. One Future” (Muitas espécies. Um planeta. Um futuro, em português), o evento deste ano irá celebrar a incrível diversidade da vida no planeta Terra como parte do ano internacional da biodiversidade, 2010.
Milhares de atividades serão organizadas pelo mundo inteiro, desde limpeza comunitária de praias, shows, festivais de filme, eventos sociais, etc. Informe-se sobre as atividades em sua região no site oficial do evento e participe!
Fonte 






Filmes sobre Meio Ambiente

* A última Hora - Produção: Leonardo di Caprio - 2007





* O Dia Depois de Amanhã - Direção: Roland Emmerich - 2004 





* Terra - Walt Disney -


*Terra tranquila - Direção: Geoff Murphy - 1985

* Wall-E - Walt Disney - Direção: Andrew Stanton - 2008



publicado por Maluvfx às 12:28
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 4 de Junho de 2010
'Guerra' das Baleias


publicado por Maluvfx às 12:12
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 21 de Maio de 2010
BP forçada a admitir que o vazamento é maior!
Sucesso na recolha de óleo com um tubo de sucção com 1 milha de comprimento, mostra que o vazamento pode ser muito pior do que se pensava.
Casualty
Membros da Guarda Costeira com um pelicano marrom morto encontrado em uma Breton Island, La, praia, onde as barreiras foram colocadas para afastar a maré de petróleo. As autoridades disseram que o pássaro tinha óleo em suas asas. (Carolyn Cole, Los Angeles Times / 20 de maio de 2010)



A empresa admitiu efetivamente na quinta-feira que foi inserido um tubo no óleoduto quebrado e está ligado para recolher em volta de 5.000 barris de petróleo e 15 milhões ft³( mais de 4000.000 litros) de gás por dia, até mesmo com um vídeo ao vivo mostrando que grandes quantidades de petróleo continuam a aparecer nas águas do Golfo.

"Ainda há vazamento de petróleo. Nós não estamos dizendo o contrário", disse o porta-voz da BP, Mark Proegler, na quinta-feira.

Depois que a companhia lançou um vídeo do vazamento na semana passada, cientistas independentes estimaram a quantidade de petróleo 'vomitando' no Golfo poderia ser 14 vezes maior do que os 5.00-barris-por-dia, número oficialmente usado para descrever derramamento de há um mês.
...

Os legisladores de Capitol Hill que investigam o desastre também publicaram um vídeo do vazamento da BP, apelidado Spillcam por um assessor do Congresso.
...
Os funcionários federais reconheceram que não se sabe muito sobre os efeitos ambientais do dispersante a longo prazo, mas reconhecem que o petróleo era muito mais tóxico e representa uma grande ameaça à vida marinha, fauna, pântanos e manguezais.


A EPA (Environmental Protection Agency) também publicou em seu site os resultados dos testes da BP, concluindo que os dois tipos de dispersante COREXIT usados até agora foram eficazes e não representa risco significativo para a vida marinha. A EPA não explicou a aparente contradição entre a sua ordem e os resultados do teste.
...

A BP disse que estava cumprindo a ordem e testam produtos alternativos durante algum tempo.

Bruce Gebhardt é presidente da U.S.. Polychemical Corp, que fabrica Dispersit, um produto à base de água que se revelou mais eficaz e menos tóxico, em ensaios da EPA, do que a COREXIT . Disse ainda que a sua empresa foi contactada pela BP há duas semanas atrás, e forneceram amostras.

Na quinta-feira, Gebhardt, esgotado, disse que o seu escritório em Nova York havia sido 'inundado' com chamadas, incluindo as da BP. "Eles queriam saber o quanto podemos fazer e quão rápido nós poderíamos chegar lá", disse ele, acrescentando que a BP não tinha decidido para qual dispersante mudar.


Tradução de мαŀų™®
Fonte



Mancha de óleo ameaça mais de 600 espécies animais nos EUA



ANDA



publicado por Maluvfx às 13:17
link do post | comentar | favorito

Domingo, 18 de Abril de 2010
Já nada é como antes...
Hoje acordei melancólica. Fui ao meu baú de memorias e lembrei-me deste vídeo.
Já nada é como antes, nem as pessoas, nem o clima, nem o Planeta. 
Evoluímos? Como? 
As memórias perdem-se no tempo e nem os líderes se lembram de promessas, de palavras que outrora foram tão fortes, tão sinceras e tão inocentes.
Manda quem quer e faz quem pode. Mas os que podem continuam sem fazer NADA!
Vale a pena relembrar esta história. 
Nós merecemos melhor. O Planeta merece melhor!



Severn Cullis-Suzuki ( Vancôver, no Canadá) é uma activista, escritora oradora de temas ambientais. É possivel que não saibam quem é, porque não aparece na televisão nem nas revistas, mas ficou conhecida aos 12 anos de idade, quando silenciou a ONU num discurso no Rio de Janeiro durante a ECO92.




As suas palavras na altura, parecem tão actuais agora como o eram em 1992.
 Já passaram 18 anos e afinal o que mudou?

Eu falei por seis minutos e recebi uma aclamação de pé. Alguns dos delegados gritaram mesmo. Eu pensei que eu tinha alcançado algum deles com o meu discurso. Agora, dezoito anos mais tarde, depois de ter participado em mais conferências, eu não estou certa que o tenha conseguido. Minha confiança nos povos, no poder e no poder de uma voz foi agitada profundamente.
Quando eu era pequena, o mundo era simples. Mas como um novo adulto, eu estou aprendendo que como nós temos que fazer a escolha -instrução, a carreira, estilo de vida- a vida começa cada vez mais complicada. Nós estamos começando a sentir a pressão de produzir e ser bem sucedidos. Nós estamos aprendendo uma maneira nova de olhar o futuro a curto prazo, centrando sobre termos de quatro anos do governo e relatórios de negócio trimestrais. Nós somos ensinados que o crescimento económico é progresso, mas nós não somos ensinados a como levar a cabo uma maneira feliz, saudável ou sustentável de vida. E nós estamos aprendendo que aquilo que nós pensámos para nosso futuro quando tínhamos 12 anos era idealista e ingénuo.


A mudança ambiental real depende de nós. Nós não podemos esperar nossos líderes. Nós temos que focalizar quais as nossas próprias responsabilidades e em como nós podemos fazer a mudança acontecer.


Filha do Biólogo canadense David Suzuki, Severn Cullis Suzuki, fundou aos 9 anos a Organização das Crianças em Defesa do Meio Ambiente (ECO). Ficou famosa e conhecida no mundo todo em 1992, quando com 12 anos, proferiu o discurso acima, durante a ECO 92 - Conferência das Nações Unidas para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, que ocorreu no Rio de Janeiro (Brasil, 1992) e emocionou todos, conseguindo tirar lágrimas de vários delegados e dirigentes políticos, sendo ovacionada por todos os presentes. Desde então, não parou mais! Mundialmente reconhecida como "A menina que calou o mundo por 5 minutos", Severn Suzuki é hoje ativista ambiental, palestrante internacional, apresentadora de TV, autora e membro ativo do painel sobre Meio Ambiente das Nações Unidas. Em suas palestras leva pelo mundo inteiro a importância de redefinir nossos valores, pensar no social, nos mais carentes, agir pensando nas consequências futuras e de ouvir as crianças. É dela também o projeto Skyfish, um site que incentiva a juventude a falar sobre seu futuro e adotar um estilo de vida sustentável.

Este discurso, aconteceu em 1992, mas nunca foi tão atual!



Severn Suzuki
Em 1992, Severn Suzuki, representante da ECO, organização de crianças em defesa do meio ambiente, calou o mundo com apenas algumas palavras.


Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente, Rio de Janeiro, 1992
“Hoje eu tenho medo de tomar sol por causa dos buracos na camada de Ozônio, tenho medo de respirar porque não sei quais substâncias químicas o estão contaminando…” 
“Apesar do meu medo, eu não tenho medo de mudar o mundo da maneira que eu acredito que deve ser mudado”. clamou Severn para os líderes que assistiram calados, e que ganhou, no ano seguinte, o prêmio anual das Nações Unidas para o Meio Ambiente, pelo seu discurso.
Depois de tanto tempo,  seu discurso ainda é extraordinário e relevante. Porém, é triste perceber que as palavras de Severn Suzuki ainda são muito atuais e, agora, é uma realidade urgente. Ela mesma sabe disso. Sua caminhada em defesa do planeta não parou depois do seu discurso, na cidade do Rio de Janeiro. Severn Cullis Suzuki  tem sido sempre ativa no trabalho da justiça ambiental e social.
O texto do vídeo fala por si, mas pode ser resumido como um grito das crianças para os adultos. Se antes eles ensinaram às crianças a como se comportar, a cuidar do meio ambiente, hoje deixam o mundo sem florestas, destroem a Camada de Ozônio e deixam animais entraram para os cruéis rankings da extinção. Sublinha o medo de um futuro que poderá não existir, e que devemos lutar para impedir que isto aconteça. O preço do nosso futuro, da mudança tecnológica, está nos recursos que nós consumimos, a fim de gerar riqueza. Temos de pensar primeiro sobre as mudanças, às vezes irreversíveis, antes de avançar ainda mais. E se estamos fazendo o nosso ecossistema pagar um preço demasiado alto, a última frase de Severn, emblemática e poderosa, dirigidas aos adultos no encerramento de sua fala é a melhor reflexão:
“Eu desafio vocês. 
Por favor, façam suas ações refletirem as suas palavras. Obrigada”.

Severn hoje, é membro ativo do painel sobre Meio Ambiente das Nações Unidas, É dela também o projeto Skyfish, um site que incentiva a juventude a falar sobre seu futuro e adotar um estilo de vida sustentável.


publicado por Maluvfx às 01:24
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 5 de Março de 2010
Enfoque para a qualidade da base da vida na Terra
Este ano o tema estabelecido pelas Nações Unidas para o Dia Mundial da Água é “Qualidade da Água”. A data terá como enfoque as condições da água, demonstrando que, no que se refere à gestão dos recursos hídricos, a qualidade é tão importante quanto a quantidade.

Em 22 de Março será realizado, em Nairóbi, no Quênia, um evento para marcar o Dia Mundial da Água 2010, que tem como lema "Água limpa para um mundo saudável". O evento reunirá responsáveis políticos, cientistas e personalidades eminentes para discutir como enfrentar os desafios da degradante qualidade da água em todo o mundo.


As atividades realizadas nesta data terão como objetivo transmitir mensagens sobre a importância da qualidade da água para a sustentabilidade de ecossistemas saudáveis e, consequentemente, para o bem-estar humano.


Saiba mais acessando o site oficial.


Campanha incentiva a conservação da natureza







Devido à capacida
de de estocagem de gás carbônico e liberação de oxigênio, as árvores são muito importantes para o combate ao aquecimento global e também fundamentais para a conservação da biodiversidade e proteção das margens dos rios. Diante desse importante papel, o plantio de árvores tornou-se uma boa opção para as pessoas que querem cooperar, de alguma forma, com o equilíbrio do meio ambiente. No entanto, essa não é a única forma de contribuição. Participar de programas que incentivem o fim do desmatamento e consequentemente protejam as florestas nativas é também um importante apoio.

A Sociedade de Pesquisa em vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) tem trabalhado em uma importante programa para diminuir o desmatamento. A "Campanha Desmatamento Evitado" tem como objetivo trabalhar pela conservação da natureza, ajudando a proteger os últimos remanescentes de áreas naturais no Brasil, como a Floresta com Araucária. Segundo o coordenador do programa, Denílson Cardoso, estima-se que atualmente existam, no Brasil, somente 0,5% de áreas com Araucárias, diferentemente de oito anos atrás, quando o Brasil tinha 9 % de áreas com a espécie.
Saiba mais sobre essa iniciativa que visa combater as mudanças climáticas e proteger o nosso patrimônio natural!


publicado por Maluvfx às 13:14
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010
Bons motivos para ser vegetariano

  • Para sua saúde
  • Gorduras animais favorecem o câncer, as doenças cardiovasculares, a obesidade, a diabete etc.
  • Carne industrializada contém, freqüentemente, resíduos perigosos de pesticidas, antibióticos e hormônios.
  • Na carne, as substâncias nocivas estão, em média, 14 vezes mais concentradas do que nos alimentos vegetais. 



Para os animais
  • O sofrimento nos matadouros é tão inimaginável quanto a angústia dos peixes que sofrem uma morte cruel por asfixia.
  • A grande procura pela carne mais barata possível, causa sistemas cada vez mais cruéis de criação dos animais.




  • Para o meio ambiente
  • Os dejetos da criação em massa são os principais responsáveis pela poluição de lagos e lençóis freáticos por nitrato.
  • Metade da poluição das águas causada pelo homem vem da criação de animais. O consumo de água para a produção de carne é muito maior do que o consumo para a produção de cereais.
  • O amoníaco dos dejetos animais contribui muito para a formação da chuva ácida.
  • O prolongamento da corrente alimentar por meio do animal (carne) necessita muito mais terrado que a produção direta de alimentos vegetais.



  • Para o terceiro mundo
  • Enquanto nos países mais pobres, milhares de crianças morrem diariamente de fome, esses mesmos países exportam cereais e soja para alimentar animais de abate nos países industrializados.
  • Cada vez mais pessoas decidem adotar a alimentação vegetariana e assumem desta forma a responsabilidade pelas suas ações.




_____
Fonte: SVV, Schweizerische Vereinigung für Vegetarismus, Sennwald, Suíça.


Fonte: Coisas do Bem


publicado por Maluvfx às 20:33
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010
Glaciares dos Himalaias: Greenpeace exige demissão de responsável da ONU
John Sauven, director do Greenpeace no Reino Unido, exigiu a demissão de Rajendra Pachauri da presidência do Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC) da ONU, por causa das previsões erradas sobre o fim próximo dos glaciares dos Himalaias.

O dirigente ambientalista afirmou ao diário britânico "The Times" que o IPCC precisa de um novo presidente que recupere a credibilidade da instituição, cujos relatórios dão suporte científico às actuais negociações climáticas.

O Greenpeace tem sido um dos mais fortes aliados de Rajendra Pachauri no movimento ambientalista mundial.

O IPCC reconheceu há duas semanas que tinha errado ao assumir no seu último relatório que os glaciares dos Himalaias poderiam desaparecer em 2035, com base em afirmações especulativas e um estudo de um cientista indiano da Universidade de Jawaharlal Neru (Nova Deli).

Os glaciares dos Himalaias são a maior concentração de gelo da Terra depois da Antártida e do Árctico, e fornecem mais de metade da água potável a 40% da população mundial, através de sete grandes rios asiáticos.

O vice-presidente do IPCC, Jean-Pascal van Ypersele, já pediu desculpas públicas pelo sucedido e Rajendra Pachauri reconheceu que as previsões sobre os glaciares eram "um caso de erro humano", mas considerou um pedido de desculpas pessoal como uma atitude "populista", segundo o jornal britânico "The Daily Telegraph".

O cientista indiano e Nobel da Paz de 2007 com Al Gore, acrescentou que este erro "não altera a conclusão de que os glaciares estão a derreter" devido ao impacto do aquecimento global. E sublinhou que não tencionava demitir-se.

Fonte: Planeta Vegetariano
 Aeiou


publicado por Maluvfx às 15:00
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010
Nações Unidas condenam ações do governo japonês contra ativistas do Greenpeace

Junichi Sato e Toru Suzuki estão com julgamento marcado para a próxima segunda-feira, dia 15.
A Organização das Nações Unidas pelos Direitos Humanos revelou que o governo japonês infringiu uma série de leis internacionais de Direitos Humanos ao manter detidos dois ativistas do Greenpeace que desvendaram uma rede de corrupção no programa baleeiro japonês.
Junichi Sato e Toru Suzuki, conhecidos como “Tokyo Two”, serão julgados no dia 15 de fevereiro. “Nossos ativistas agiram em prol de um interesse público ao expor o escândalo que envolve o programa de caça de baleias japonês. Agora está claro que essa não é apenas uma opinião do Greenpeace, mas também de um órgão das Nações Unidas.”, disse Kumi Naidoo, diretor executivo do Greenpeace Internacional.
O Grupo de Trabalho constatou que Sato e Suzuki “agiram considerando que suas ações eram de interesse público, já que diziam respeito a crimes com valores dos contribuintes japoneses”. Reconhece-se que ambos colaboraram voluntariamente com a polícia e com o Ministério Público e que essa cooperação não foi reconhecida. Apesar disso, o Governo se nega a aceitar qualquer tipo de informação relevante, como o trabalho de ambos como ativistas ambientais, a investigação que realizaram, as provas recolhidas ou a ajuda que deram às autoridades para investigarem formalmente as alegações.
Concluiu-se também que o direito dos ativistas de não serem arbitrariamente privados de suas liberdades, os seus direitos à liberdade de opinião e de expressão e ao exercício legítimo atividades, bem como o seu direito de participar em atividades pacíficas
sem intimidação ou assédio não foram respeitados pelo Sistema de Justiça japonês. Tais fatos violam os artigos 18,19 e 20 da Declaração Universal dos Direitos Humanos e artigos 18 e 19 do Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos. Foi também considerado que Sato e Suzuki tiveram o direito de contestar a sua detenção negado.
“A decisão de se dedicar a esse processo político foi feita pelo governo japonês anterior. A nova administração pode remediar a vergonha do presente parecer, garantindo que o processo agora será justo, de acordo com padrões legais internacionais”, disse Naidoo, que está viajando para o Japão na próxima semana para observar o julgamento.
Desde a sua primeira prisão, em junho de 2008, mais de 250.000 pessoas assinaram uma petição cobrando justiça para Junichi e Toru. Grupos de direitos humanos como a Anistia Internacional questionaram a legitimidade do processo. Foi iniciada hoje uma semana de protestos nas embaixadas do Japão ao redor do mundo, à espera do julgamento de segunda-feira.
Fonte: ANDA



publicado por Maluvfx às 15:44
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Ecochatos e agrochatos

Ecologia? Não, obrigado, ...

Palestra de Jean-Michel C...

Texto-diálogo com o artig...

Dia Mundial do Meio Ambie...

...

Dia Mundial do Meio Ambie...

Dia Mundial do Meio Ambie...

Os defensores da biodiver...

O verde segundo Lobato

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds