Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Domingo, 28 de Março de 2010
Fundação Brigitte Bardot
Fondation Brigitte Bardot 


"A Fundação Brigitte Bardot luta contra todas as formas de sofrimento dos animais na França e no estrangeiro. Ela participa de projetos de reintrodução na natureza ea criação de santuários e centros de reabilitação para animais selvagens.
Ela também participa do desenvolvimento de leis que protegem os animais e implementa campanhas de sensibilização do público em geral ". 


publicado por Maluvfx às 19:25
link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 17 de Março de 2010
Ativistas russas pintam-se nas cores do Canadá em ato contra a caça às focas
Protesto ocorreu em frente à Embaixada canadense em Moscou. União Europeia suspendeu importação de derivados do animal.

Foto: AP

Três ativistas pintadas nas cores da bandeira do Canadá protestam nesta segunda-feira (15) em frente à Embaixada canadense em Moscou contra a caça às focas no país. Entidades de proteção aos direitos animais consideram a matança de focas 'desumana'. (Foto: AP)





Foto: AP

A caça é motivo crescente de polêmica desde que a União Europeia decidiu suspender as importações de produtos derivados dos animais. Os canadenses negam que a caça às focas seja cruel e argumentam que ela faz parte da cultura do país. (Foto: AP)



Foto: AP

Também houve protesto na cidade espanhola de Barcelona. Os manifestantes fantasiaram-se de foca e simularam uma caçada, em frente ao escritório comercial canadense na cidade. (Foto: AP)




publicado por Maluvfx às 16:38
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 8 de Março de 2010
Suíços votam contra advogados dos animais




Suíços votam contra advogados dos animais


Apoiantes do 'sim' defendiam medida para melhorar aplicação da legislação, que é uma das mais protectoras do mundo
Antoine Goetschel vai continuar a ter uma profissão única na Suíça depois de ser chumbada, em referendo, a criação do cargo de advogado dos animais em todos os 26 cantões da Confederação Helvética. O país, que tem uma das legislações mais protectoras do mundo, votou em massa (70,5%) contra a proposta, apresentada pela Protecção dos Animais, rendendo-se talvez ao argumento de que isso representa um desperdício do dinheiro dos contribuintes.
"Os suíços disseram claramente que as nossas leis de protecção dos animais são tão boas que não precisamos de advogados dos animais", disse o deputado centrista Jakob Buechler. A paixão dos suíços pelos animais é tal que o primeiro referendo no país, em 1893, aprovou a proibição do abate ritual praticado pelos judeus, segundo o jornal L'Hebdo.
A legislação que entrou em vigor em 2008 diz, por exemplo, que os peixes de aquário não podem ser lançados vivos nas sanitas; que os animais "sociais", como periquitos ou hamsters, têm que ter um parceiro na gaiola; que vacas e cavalos têm de fazer exercício regular fora dos estábulos; e que os donos dos cães têm que fazer um curso sobre como cuidar deles.
Apesar de tudo, a lei não é cumprida. Só assim se explica que em Zurique, onde desde 1992 há um advogado dos animais, Goetschel tenha a seu cargo todos os anos cerca de 200 processos. Mas nos outros cantões o número não ultrapassa a meia dúzia. Os defensores do "sim" viam na vitória uma forma de melhorar a aplicação da lei e de diminuir os casos de maus tratos, de forma preventiva.
"Em caso de processos, as pessoas cruéis com os seus animais podem contratar um advogado, enquanto a vítima não tem ninguém que a defenda", afirmou Goetschel, citado pelo Le Parisien. "Eu estou lá para isso e se uma decisão não me satisfaz posso recorrer." Não se sabe contudo o que fez após perder o processo contra um pescador, denunciado uma associação de defesa dos animais por ter demorado dez minutos a pescar um lúcio do Lago de Zurique, aumentando-lhe o sofrimento.
Além de não contar com o apoio do Governo, que apelou ao voto no "não" , os defensores dos animais enfrentavam ainda o lobby dos produtores de gado e leite. Hans Staub disse à BBC que temia mais burocracia. "Sempre tratei os meus animais com dignidade porque isso faz parte do meu trabalho", indicou Staub, cujas vacas têm todas nomes de cidades, estão bem alimentadas e limpas.




Link: Advogados para animais mal tratados em referendo na Suíça
Link: 
Alain Delon é a favor de advogados de defesa dos direitos dos animais





via JN


Suíça vai fazer referendo sobre advogados para animais

Os suíços vão votar neste domingo (7) em um referendo para decidir se o país dever nomear advogados para representar os animais no tribunal. Se aprovado, gatos, galinhas, porcos e outros animais em toda a Suíça terão direito a um representante legal.
Segundo a revista alemã “Der Spiegel”, o assunto irá à votação após uma entidade de defesa dos animais da Suíça, a “Swiss Animal Protection” (STS), conseguir reunir 100 mil assinaturas necessárias para o referendo ser realizado.
A STS espera que a nomeação de advogados especiais para representar os animais nos tribunais ajude a conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar os direitos dos animais.
A proposta, porém, não é um consenso na Suíça. Os agricultores e criadores de animais manifestaram sua oposição à ideia, pois acreditam que ela irá resultar em uma legislação e regras mais restritas.
Fonte: G1


LPDA: «Única forma» de defender os animais é nos tribunais


A presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais afirmou hoje que a «única forma» de defender os animais é nos tribunais, mostrando-se a favor do referendo que a Suíça realiza domingo para os bichos poderem ser representados por advogados.


Os eleitores suíços irão decidir no domingo se os animais domésticos e de quinta devem ser representados por advogados quando são vítimas de abuso e negligência.
Esta iniciativa foi aplaudida pela presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais (LPDA), Maria do Céu Sampaio: «Fiquei muito contente por saber que isso vai acontecer, porque os animais têm realmente necessidade de ser defendidos», disse à agência Lusa.


publicado por Maluvfx às 10:35
link do post | comentar | favorito

Suíços votam contra advogados dos animais




Suíços votam contra advogados dos animais


Apoiantes do 'sim' defendiam medida para melhorar aplicação da legislação, que é uma das mais protectoras do mundo
Antoine Goetschel vai continuar a ter uma profissão única na Suíça depois de ser chumbada, em referendo, a criação do cargo de advogado dos animais em todos os 26 cantões da Confederação Helvética. O país, que tem uma das legislações mais protectoras do mundo, votou em massa (70,5%) contra a proposta, apresentada pela Protecção dos Animais, rendendo-se talvez ao argumento de que isso representa um desperdício do dinheiro dos contribuintes.
"Os suíços disseram claramente que as nossas leis de protecção dos animais são tão boas que não precisamos de advogados dos animais", disse o deputado centrista Jakob Buechler. A paixão dos suíços pelos animais é tal que o primeiro referendo no país, em 1893, aprovou a proibição do abate ritual praticado pelos judeus, segundo o jornal L'Hebdo.
A legislação que entrou em vigor em 2008 diz, por exemplo, que os peixes de aquário não podem ser lançados vivos nas sanitas; que os animais "sociais", como periquitos ou hamsters, têm que ter um parceiro na gaiola; que vacas e cavalos têm de fazer exercício regular fora dos estábulos; e que os donos dos cães têm que fazer um curso sobre como cuidar deles.
Apesar de tudo, a lei não é cumprida. Só assim se explica que em Zurique, onde desde 1992 há um advogado dos animais, Goetschel tenha a seu cargo todos os anos cerca de 200 processos. Mas nos outros cantões o número não ultrapassa a meia dúzia. Os defensores do "sim" viam na vitória uma forma de melhorar a aplicação da lei e de diminuir os casos de maus tratos, de forma preventiva.
"Em caso de processos, as pessoas cruéis com os seus animais podem contratar um advogado, enquanto a vítima não tem ninguém que a defenda", afirmou Goetschel, citado pelo Le Parisien. "Eu estou lá para isso e se uma decisão não me satisfaz posso recorrer." Não se sabe contudo o que fez após perder o processo contra um pescador, denunciado uma associação de defesa dos animais por ter demorado dez minutos a pescar um lúcio do Lago de Zurique, aumentando-lhe o sofrimento.
Além de não contar com o apoio do Governo, que apelou ao voto no "não" , os defensores dos animais enfrentavam ainda o lobby dos produtores de gado e leite. Hans Staub disse à BBC que temia mais burocracia. "Sempre tratei os meus animais com dignidade porque isso faz parte do meu trabalho", indicou Staub, cujas vacas têm todas nomes de cidades, estão bem alimentadas e limpas.




Link: Advogados para animais mal tratados em referendo na Suíça
Link: 
Alain Delon é a favor de advogados de defesa dos direitos dos animais





via JN


Suíça vai fazer referendo sobre advogados para animais

Os suíços vão votar neste domingo (7) em um referendo para decidir se o país dever nomear advogados para representar os animais no tribunal. Se aprovado, gatos, galinhas, porcos e outros animais em toda a Suíça terão direito a um representante legal.
Segundo a revista alemã “Der Spiegel”, o assunto irá à votação após uma entidade de defesa dos animais da Suíça, a “Swiss Animal Protection” (STS), conseguir reunir 100 mil assinaturas necessárias para o referendo ser realizado.
A STS espera que a nomeação de advogados especiais para representar os animais nos tribunais ajude a conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar os direitos dos animais.
A proposta, porém, não é um consenso na Suíça. Os agricultores e criadores de animais manifestaram sua oposição à ideia, pois acreditam que ela irá resultar em uma legislação e regras mais restritas.
Fonte: G1


LPDA: «Única forma» de defender os animais é nos tribunais


A presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais afirmou hoje que a «única forma» de defender os animais é nos tribunais, mostrando-se a favor do referendo que a Suíça realiza domingo para os bichos poderem ser representados por advogados.


Os eleitores suíços irão decidir no domingo se os animais domésticos e de quinta devem ser representados por advogados quando são vítimas de abuso e negligência.
Esta iniciativa foi aplaudida pela presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais (LPDA), Maria do Céu Sampaio: «Fiquei muito contente por saber que isso vai acontecer, porque os animais têm realmente necessidade de ser defendidos», disse à agência Lusa.


publicado por Maluvfx às 10:35
link do post | comentar | favorito

Suíços votam contra advogados dos animais




Suíços votam contra advogados dos animais


Apoiantes do 'sim' defendiam medida para melhorar aplicação da legislação, que é uma das mais protectoras do mundo
Antoine Goetschel vai continuar a ter uma profissão única na Suíça depois de ser chumbada, em referendo, a criação do cargo de advogado dos animais em todos os 26 cantões da Confederação Helvética. O país, que tem uma das legislações mais protectoras do mundo, votou em massa (70,5%) contra a proposta, apresentada pela Protecção dos Animais, rendendo-se talvez ao argumento de que isso representa um desperdício do dinheiro dos contribuintes.
"Os suíços disseram claramente que as nossas leis de protecção dos animais são tão boas que não precisamos de advogados dos animais", disse o deputado centrista Jakob Buechler. A paixão dos suíços pelos animais é tal que o primeiro referendo no país, em 1893, aprovou a proibição do abate ritual praticado pelos judeus, segundo o jornal L'Hebdo.
A legislação que entrou em vigor em 2008 diz, por exemplo, que os peixes de aquário não podem ser lançados vivos nas sanitas; que os animais "sociais", como periquitos ou hamsters, têm que ter um parceiro na gaiola; que vacas e cavalos têm de fazer exercício regular fora dos estábulos; e que os donos dos cães têm que fazer um curso sobre como cuidar deles.
Apesar de tudo, a lei não é cumprida. Só assim se explica que em Zurique, onde desde 1992 há um advogado dos animais, Goetschel tenha a seu cargo todos os anos cerca de 200 processos. Mas nos outros cantões o número não ultrapassa a meia dúzia. Os defensores do "sim" viam na vitória uma forma de melhorar a aplicação da lei e de diminuir os casos de maus tratos, de forma preventiva.
"Em caso de processos, as pessoas cruéis com os seus animais podem contratar um advogado, enquanto a vítima não tem ninguém que a defenda", afirmou Goetschel, citado pelo Le Parisien. "Eu estou lá para isso e se uma decisão não me satisfaz posso recorrer." Não se sabe contudo o que fez após perder o processo contra um pescador, denunciado uma associação de defesa dos animais por ter demorado dez minutos a pescar um lúcio do Lago de Zurique, aumentando-lhe o sofrimento.
Além de não contar com o apoio do Governo, que apelou ao voto no "não" , os defensores dos animais enfrentavam ainda o lobby dos produtores de gado e leite. Hans Staub disse à BBC que temia mais burocracia. "Sempre tratei os meus animais com dignidade porque isso faz parte do meu trabalho", indicou Staub, cujas vacas têm todas nomes de cidades, estão bem alimentadas e limpas.




Link: Advogados para animais mal tratados em referendo na Suíça
Link: 
Alain Delon é a favor de advogados de defesa dos direitos dos animais





via JN


Suíça vai fazer referendo sobre advogados para animais

Os suíços vão votar neste domingo (7) em um referendo para decidir se o país dever nomear advogados para representar os animais no tribunal. Se aprovado, gatos, galinhas, porcos e outros animais em toda a Suíça terão direito a um representante legal.
Segundo a revista alemã “Der Spiegel”, o assunto irá à votação após uma entidade de defesa dos animais da Suíça, a “Swiss Animal Protection” (STS), conseguir reunir 100 mil assinaturas necessárias para o referendo ser realizado.
A STS espera que a nomeação de advogados especiais para representar os animais nos tribunais ajude a conscientizar as pessoas sobre a importância de respeitar os direitos dos animais.
A proposta, porém, não é um consenso na Suíça. Os agricultores e criadores de animais manifestaram sua oposição à ideia, pois acreditam que ela irá resultar em uma legislação e regras mais restritas.
Fonte: G1


LPDA: «Única forma» de defender os animais é nos tribunais


A presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais afirmou hoje que a «única forma» de defender os animais é nos tribunais, mostrando-se a favor do referendo que a Suíça realiza domingo para os bichos poderem ser representados por advogados.


Os eleitores suíços irão decidir no domingo se os animais domésticos e de quinta devem ser representados por advogados quando são vítimas de abuso e negligência.
Esta iniciativa foi aplaudida pela presidente da Liga Portuguesa dos Direitos dos Animais (LPDA), Maria do Céu Sampaio: «Fiquei muito contente por saber que isso vai acontecer, porque os animais têm realmente necessidade de ser defendidos», disse à agência Lusa.


publicado por Maluvfx às 10:35
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 1 de Março de 2010
APOIO para a Ativista Bianca Turano

 Compartilhando Vitórias

Olá amigos da SVB,

É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!
Compartilhando VitóriasOlá amigos da SVB,
É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado
 improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!

Temos forças para transformar esta realidade. O boicote é uma forma EFICIENTE de agirmos AGORA por um mundo melhor e mais justo para os animais não-humanos.

Junte-se à nós! Seja mais uma voz a clamar pelos direitos daqueles que não podem se expressar!

Unidos somos mais fortes.

Libertação Animal, humana e não-humana!


Liberdade, liberdade,
Abre as asas sobre nós…
E que a voz da igualdade,
Seja sempre a nossa voz!!!


publicado por Maluvfx às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

APOIO para a Ativista Bianca Turano

Compartilhando Vitórias

Olá amigos da SVB,

É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!
Compartilhando VitóriasOlá amigos da SVB,
É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado
 improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!

Temos forças para transformar esta realidade. O boicote é uma forma EFICIENTE de agirmos AGORA por um mundo melhor e mais justo para os animais não-humanos.

Junte-se à nós! Seja mais uma voz a clamar pelos direitos daqueles que não podem se expressar!

Unidos somos mais fortes.

Libertação Animal, humana e não-humana!


Liberdade, liberdade,

Abre as asas sobre nós…

E que a voz da igualdade,

Seja sempre a nossa voz!!!


publicado por Maluvfx às 07:59
link do post | comentar | favorito

APOIO para a Ativista Bianca Turano

Compartilhando Vitórias

Olá amigos da SVB,

É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!
Compartilhando VitóriasOlá amigos da SVB,
É com grande alegria que queremos compartilhar com todos vocês a primeira vitória da SVB e do Ativismo no nosso país: o processo movido contra a SVB nacional foi considerado
 improcedente.
Ainda temos duas batalhas pela frente, mas é importante que comemoremos cada uma das vitórias!

Temos forças para transformar esta realidade. O boicote é uma forma EFICIENTE de agirmos AGORA por um mundo melhor e mais justo para os animais não-humanos.

Junte-se à nós! Seja mais uma voz a clamar pelos direitos daqueles que não podem se expressar!

Unidos somos mais fortes.

Libertação Animal, humana e não-humana!


Liberdade, liberdade,

Abre as asas sobre nós…

E que a voz da igualdade,

Seja sempre a nossa voz!!!


publicado por Maluvfx às 07:59
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2010
Ativistas tiram a roupa em Espanha contra uso de peles de animais
Militantes cobriram-se de sangue de mentira em Madrid.
Eles mostraram fotos de animais em risco em ato na Porta do Sol.





Foto: Reuters

Ativistas pró-direitos dos animais cobrem-se de sangue de mentira durante protesto na Porta do Sol, em Madri, neste domingo (21). (Foto: Reuters)



Reuters/Reuters

Os ativistas tiraram a roupa e mostraram fotos de animais ameaçados para alertar contra o uso de peles na moda. (Foto: Reuters) 




publicado por Maluvfx às 13:20
link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010
Nações Unidas condenam ações do governo japonês contra ativistas do Greenpeace

Junichi Sato e Toru Suzuki estão com julgamento marcado para a próxima segunda-feira, dia 15.
A Organização das Nações Unidas pelos Direitos Humanos revelou que o governo japonês infringiu uma série de leis internacionais de Direitos Humanos ao manter detidos dois ativistas do Greenpeace que desvendaram uma rede de corrupção no programa baleeiro japonês.
Junichi Sato e Toru Suzuki, conhecidos como “Tokyo Two”, serão julgados no dia 15 de fevereiro. “Nossos ativistas agiram em prol de um interesse público ao expor o escândalo que envolve o programa de caça de baleias japonês. Agora está claro que essa não é apenas uma opinião do Greenpeace, mas também de um órgão das Nações Unidas.”, disse Kumi Naidoo, diretor executivo do Greenpeace Internacional.
O Grupo de Trabalho constatou que Sato e Suzuki “agiram considerando que suas ações eram de interesse público, já que diziam respeito a crimes com valores dos contribuintes japoneses”. Reconhece-se que ambos colaboraram voluntariamente com a polícia e com o Ministério Público e que essa cooperação não foi reconhecida. Apesar disso, o Governo se nega a aceitar qualquer tipo de informação relevante, como o trabalho de ambos como ativistas ambientais, a investigação que realizaram, as provas recolhidas ou a ajuda que deram às autoridades para investigarem formalmente as alegações.
Concluiu-se também que o direito dos ativistas de não serem arbitrariamente privados de suas liberdades, os seus direitos à liberdade de opinião e de expressão e ao exercício legítimo atividades, bem como o seu direito de participar em atividades pacíficas
sem intimidação ou assédio não foram respeitados pelo Sistema de Justiça japonês. Tais fatos violam os artigos 18,19 e 20 da Declaração Universal dos Direitos Humanos e artigos 18 e 19 do Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos. Foi também considerado que Sato e Suzuki tiveram o direito de contestar a sua detenção negado.
“A decisão de se dedicar a esse processo político foi feita pelo governo japonês anterior. A nova administração pode remediar a vergonha do presente parecer, garantindo que o processo agora será justo, de acordo com padrões legais internacionais”, disse Naidoo, que está viajando para o Japão na próxima semana para observar o julgamento.
Desde a sua primeira prisão, em junho de 2008, mais de 250.000 pessoas assinaram uma petição cobrando justiça para Junichi e Toru. Grupos de direitos humanos como a Anistia Internacional questionaram a legitimidade do processo. Foi iniciada hoje uma semana de protestos nas embaixadas do Japão ao redor do mundo, à espera do julgamento de segunda-feira.
Fonte: ANDA



publicado por Maluvfx às 15:44
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Ativismo eficiente: vegan...

Vanguarda Abolicionista r...

Justiça Capixaba Diz SIM ...

Rodeio maltrata os animai...

Rodeio maltrata os animai...

O veganismo pela via da e...

Ativistas capixabas prote...

Mobilização mundial contr...

Mobilização mundial contr...

Já nada é como antes...

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds