Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Sexta-feira, 20 de Agosto de 2010
Um exemplo a seguir!!!


publicado por Maluvfx às 09:37
link do post | comentar | favorito

Um exemplo a seguir!!!


publicado por Maluvfx às 09:37
link do post | comentar | favorito

Terça-feira, 27 de Julho de 2010
Vá de férias sem abandonar os animais
Apelos na internet, nas clínicas veterinárias e até sensibilização nas escolas. A Associação Bracarense Amigos dos Animais - ABRA - desdobra-se em esforços e campanhas para que os animais sejam adoptados, mas as adopções têm sido “muito poucas” e com a chegada do Verão o número de abandonos aumenta.


Nos últimos dois meses, o número de animais deixados no canil/gatil municipal disparou. “Temos muitos dias da semana a serem entregues 10 cães por dia, entre os animais que são recolhidos pelas equipas da Agere e os animais entregues pelos donos”, confidenciou a vice-presidente da ABRA, Anabela Veloso. E, contrariamente aos anos anteriores, “nos últimos três meses o gatil tem estado lotado e não se consegue perceber porquê, porque os gatos são mais difíceis de capturar”.


Além disso, Anabela Veloso sublinhou o facto de cada vez mais pessoas entregarem os animais no canil/gatil. “Quando dizemos às pessoas que os animais podem ser abatidos, porque o tempo útil para arranjar um dono é muito curto, as pessoas acabam por levar de volta”, admitiu aquela responsável, informando que se coloca no site a fotografia do animal na tentativa de arranjar um novo dono.

As pessoas têm de estar conscientes de que quando entregam animais no canil, o seu destino é o abate. Só excepcionalmente eles são adoptados e isso é cada vez mais difícil”, referiu aquela responsável, evidenciando que no canil “80% dos animais são entregues pelos donos e 20% são recolhidos”.
Nesta altura do ano, lembrou Anabela Veloso, “já se vêem nas zonas limites da cidade, onde há montes, os animais pelas estradas fora. Há cada vez mais animais abandonados e cada vez menos adopções”, assegurou.

Donos mais responsáveis

Isto pode dever-se ao facto, acrescentou a vice-presidente, “das pessoas terem mais responsabilidade e estarem mais conscientes, que não podem ter um animal por ter, é preciso ter mais cuidados e por isso, preferem um animal que dê menos trabalho e com que gaste menos dinheiro. Nesse sentido nota-se que está a valer o trabalho”.

O apelo que Anabela Veloso deixou é que as pessoas antes de irem de férias que “tentem todas as possibilidades para não abandonarem os animais ou de os deixarem no canil”. E atirou: “enviem fotos e tentamos através do site encontrar famílias de acolhimento. Depois há outros serviços e hotéis ou até um vizinho ou familiar que não se importa de olhar e dar de comer”.
Entretanto, a ABRA durante o mês de Agosto continua com as campanhas de adopção, sendo no primeiro fim-de-semana do mês para cães e gatos e no terceiro sábado de cada mês para os gatos.

“Número de abates deve-se ao elevado número de abandonos”

A Associação Bracarense Amigos dos Animais (ABRA) repudia o teor das acusações feitas ao Canil Municipal de Braga, expressas numa petição on line, promovida pela Fraktal.
A ABRA reconhece, em comunicado, que “é imperioso promover a alteração de comportamentos e mentalidades, de modo a abandonar a prática de abate como forma de controlar o número de animais errantes”.

E vai mais longe: “é preciso contrariar o aumento do abandono e maus tratos dos animais, implementando medidas dissuasoras de tais práticas; além de promover e sensibilizar a população para a esterilização dos seus animais de estimação, com vista à dimi

nuição do número de animais errantes. E a ABRA defende ainda melhores condições para as infra-estruturas destinadas à recolha dos animais errantes, promovendo o seu acolhimento, consciencioso, por novos donos, em detrimento do seu abate e assegurar que se encontram preenchidas as condições fundamentais de higiene, alimentação, saúde e bem-estar de todos os animais que se encontram recolhidos nas referidas infra-estruturas.

Ainda em comunicado a direcção da ABRA sublinha que “os canis municipais existentes no nosso país são, maioritariamente de abate, não assegurando as mínimas condições de higiene, alimentação, saúde e bem-estar dos animais que se encontram depositados nos mesmos”.

Em contrapartida, acrescenta o mesmo documento, “a Câmara Municipal de Braga abriu as portas do canil municipal, permitindo que um grupo de voluntários se desloque diariamente às suas instalações para, em parceria com o município, acautelar, diariamente, que se encontram preenchidas as condições fundamentais de higiene, alimentação, saúde e bem-estar de todos os animais que aí se encontrem e, bem assim, zelar pela minimização do sofrimento de animais doentes, quando não for possível assegurar tratamento e/ou recobro adequados”.
Esta colaboração, ao longo dos últimos cinco anos, permitiu que inúmeros animais encontrassem novos donos.

Donos cada vez mais preocupados

O hotel canino da Quinta de St.ª Teresinha, em Merelim S. Pedro, é uma das várias opções existentes no concelho para deixar os animais, não só em tempo de férias.
César Sá, o proprietário daquele espaço com 12 anos, destaca o “ambiente familiar”, que ali se cria para os animais. “Apostamos num conceito familiar e, apesar de termos espaço e condições para crescer, optámos por ficar pelas 50 boxes disponíveis”.
A trabalhar no ramo por paixão, César confessa que é “gratificante o que os animais dão, até porque a interacção é fantástica”.

E em relação aos donos, o proprietário do hotel tem notado que “há uma grande preocupa- ção e respeito pelos animais, as pessoas têm consciência e querem deixar o cão bem tratado e telefonam diariamente para saber se os animais estão bem. Isso demonstra afecto e carinho”.

Numa quinta com cerca de dois hectares, César Sá garante que se pretende “dar férias aos animais. Eles aqui não estão presos, andam soltos e podem explorar todos os cheiros das várias árvores de fruto existentes”. E foi mais longe: “os cães brincam e socializam-se com outros animais, caso os donos autorizem. Há muita vegetação para proporcionar sempre sombra, sobretudo na época de calor”.

Mas César não recebe animais apenas nestes meses de Verão. “Temos animais durante todo o ano. Cada vez isso acontece mais por variados motivos, desde trabalho, divórcio, obras em casa, doença”, informou.
César admitiu que ainda não sentiu a crise. “As pessoas podem não ir tanto tempo de férias, em vez de irem um mês, já só vão 15 dias, e além disso já não vão só em Agosto, talvez por ser mais barato nos outros meses, mas continuam deixar os animais aqui”.

Por noite, cada animal paga 10 euros com tudo incluído. “Já tenho praticamente tudo reservado para o mês de Agosto”, assegurou o proprietário, referindo que chegam animais de famílias de várias localidades, desde Porto, Viana do Castelo, Barcelos, Esposende e Braga.


publicado por Maluvfx às 10:29
link do post | comentar | favorito

Vá de férias sem abandonar os animais
Apelos na internet, nas clínicas veterinárias e até sensibilização nas escolas. A Associação Bracarense Amigos dos Animais - ABRA - desdobra-se em esforços e campanhas para que os animais sejam adoptados, mas as adopções têm sido “muito poucas” e com a chegada do Verão o número de abandonos aumenta.


Nos últimos dois meses, o número de animais deixados no canil/gatil municipal disparou. “Temos muitos dias da semana a serem entregues 10 cães por dia, entre os animais que são recolhidos pelas equipas da Agere e os animais entregues pelos donos”, confidenciou a vice-presidente da ABRA, Anabela Veloso. E, contrariamente aos anos anteriores, “nos últimos três meses o gatil tem estado lotado e não se consegue perceber porquê, porque os gatos são mais difíceis de capturar”.


Além disso, Anabela Veloso sublinhou o facto de cada vez mais pessoas entregarem os animais no canil/gatil. “Quando dizemos às pessoas que os animais podem ser abatidos, porque o tempo útil para arranjar um dono é muito curto, as pessoas acabam por levar de volta”, admitiu aquela responsável, informando que se coloca no site a fotografia do animal na tentativa de arranjar um novo dono.

As pessoas têm de estar conscientes de que quando entregam animais no canil, o seu destino é o abate. Só excepcionalmente eles são adoptados e isso é cada vez mais difícil”, referiu aquela responsável, evidenciando que no canil “80% dos animais são entregues pelos donos e 20% são recolhidos”.
Nesta altura do ano, lembrou Anabela Veloso, “já se vêem nas zonas limites da cidade, onde há montes, os animais pelas estradas fora. Há cada vez mais animais abandonados e cada vez menos adopções”, assegurou.

Donos mais responsáveis

Isto pode dever-se ao facto, acrescentou a vice-presidente, “das pessoas terem mais responsabilidade e estarem mais conscientes, que não podem ter um animal por ter, é preciso ter mais cuidados e por isso, preferem um animal que dê menos trabalho e com que gaste menos dinheiro. Nesse sentido nota-se que está a valer o trabalho”.

O apelo que Anabela Veloso deixou é que as pessoas antes de irem de férias que “tentem todas as possibilidades para não abandonarem os animais ou de os deixarem no canil”. E atirou: “enviem fotos e tentamos através do site encontrar famílias de acolhimento. Depois há outros serviços e hotéis ou até um vizinho ou familiar que não se importa de olhar e dar de comer”.
Entretanto, a ABRA durante o mês de Agosto continua com as campanhas de adopção, sendo no primeiro fim-de-semana do mês para cães e gatos e no terceiro sábado de cada mês para os gatos.

“Número de abates deve-se ao elevado número de abandonos”

A Associação Bracarense Amigos dos Animais (ABRA) repudia o teor das acusações feitas ao Canil Municipal de Braga, expressas numa petição on line, promovida pela Fraktal.
A ABRA reconhece, em comunicado, que “é imperioso promover a alteração de comportamentos e mentalidades, de modo a abandonar a prática de abate como forma de controlar o número de animais errantes”.

E vai mais longe: “é preciso contrariar o aumento do abandono e maus tratos dos animais, implementando medidas dissuasoras de tais práticas; além de promover e sensibilizar a população para a esterilização dos seus animais de estimação, com vista à dimi

nuição do número de animais errantes. E a ABRA defende ainda melhores condições para as infra-estruturas destinadas à recolha dos animais errantes, promovendo o seu acolhimento, consciencioso, por novos donos, em detrimento do seu abate e assegurar que se encontram preenchidas as condições fundamentais de higiene, alimentação, saúde e bem-estar de todos os animais que se encontram recolhidos nas referidas infra-estruturas.

Ainda em comunicado a direcção da ABRA sublinha que “os canis municipais existentes no nosso país são, maioritariamente de abate, não assegurando as mínimas condições de higiene, alimentação, saúde e bem-estar dos animais que se encontram depositados nos mesmos”.

Em contrapartida, acrescenta o mesmo documento, “a Câmara Municipal de Braga abriu as portas do canil municipal, permitindo que um grupo de voluntários se desloque diariamente às suas instalações para, em parceria com o município, acautelar, diariamente, que se encontram preenchidas as condições fundamentais de higiene, alimentação, saúde e bem-estar de todos os animais que aí se encontrem e, bem assim, zelar pela minimização do sofrimento de animais doentes, quando não for possível assegurar tratamento e/ou recobro adequados”.
Esta colaboração, ao longo dos últimos cinco anos, permitiu que inúmeros animais encontrassem novos donos.

Donos cada vez mais preocupados

O hotel canino da Quinta de St.ª Teresinha, em Merelim S. Pedro, é uma das várias opções existentes no concelho para deixar os animais, não só em tempo de férias.
César Sá, o proprietário daquele espaço com 12 anos, destaca o “ambiente familiar”, que ali se cria para os animais. “Apostamos num conceito familiar e, apesar de termos espaço e condições para crescer, optámos por ficar pelas 50 boxes disponíveis”.
A trabalhar no ramo por paixão, César confessa que é “gratificante o que os animais dão, até porque a interacção é fantástica”.

E em relação aos donos, o proprietário do hotel tem notado que “há uma grande preocupa- ção e respeito pelos animais, as pessoas têm consciência e querem deixar o cão bem tratado e telefonam diariamente para saber se os animais estão bem. Isso demonstra afecto e carinho”.

Numa quinta com cerca de dois hectares, César Sá garante que se pretende “dar férias aos animais. Eles aqui não estão presos, andam soltos e podem explorar todos os cheiros das várias árvores de fruto existentes”. E foi mais longe: “os cães brincam e socializam-se com outros animais, caso os donos autorizem. Há muita vegetação para proporcionar sempre sombra, sobretudo na época de calor”.

Mas César não recebe animais apenas nestes meses de Verão. “Temos animais durante todo o ano. Cada vez isso acontece mais por variados motivos, desde trabalho, divórcio, obras em casa, doença”, informou.
César admitiu que ainda não sentiu a crise. “As pessoas podem não ir tanto tempo de férias, em vez de irem um mês, já só vão 15 dias, e além disso já não vão só em Agosto, talvez por ser mais barato nos outros meses, mas continuam deixar os animais aqui”.

Por noite, cada animal paga 10 euros com tudo incluído. “Já tenho praticamente tudo reservado para o mês de Agosto”, assegurou o proprietário, referindo que chegam animais de famílias de várias localidades, desde Porto, Viana do Castelo, Barcelos, Esposende e Braga.


publicado por Maluvfx às 10:29
link do post | comentar | favorito

Sexta-feira, 23 de Julho de 2010
Estes cães e gatos podem ser seus
Iniciativa decorre este sábado e domingo, 24 e 25, no piso 0 do MadeiraShopping


No próximo fim-de-semana, dias 24 e 25 de Julho, a Sociedade Protectora dos Animais Domésticos (SPAD) promove uma campanha de adopção e de angariação de fundos, no piso 0 do centro comercial MadeiraShopping. Segundo um dos membros da direcção da instituição, José Carlos Gomes, esta iniciativa é de extrema importância, uma vez que as instalações da SPAD estão "totalmente lotadas".
A Crysti, Gyna, Silvestre e Troya estarão no MadeiraShopping. 
 FOTOS TERESA GONÇALVES















  • Anne, dois meses.






  • O Bruno é já um veterano na SPAD.






  • Micas.






  • Tiago, recém-chegado à SPAD.



  • "Existem cães e gatos, novos e adultos, para todos os gostos, mas todos muito simpáticos e dóceis, a precisar de um bom dono", referiu ao DIÁRIO José Carlos Gomes. Numa situação de adopção de um animal, a SPAD alerta sempre o interessado para a necessidade de este ter de estabelecer um projecto de vida que conte já com a nova companhia, a fim de evitar que, pouco tempo depois, os animais sejam devolvidos ou abandonados.

    Nesta campanha, no MadeiraShopping, estará sempre presente uma médica veterinária da SPAD para a colocação imediata do 'microchip' e para que seja tratada toda a documentação legal e necessária na ocasião.

    José Carlos Gomes recordou ainda que existe uma taxa de adopção simbólica de 40 euros. Assim, os animais já vão para a nova casa desparasitados, vacinados, com 'microchip' e ainda esterilizados.

    A directora clínica da instituição, Raquel Estudante, fez questão de recordar que o canil municipal do Vasco Gil está cheio de cães de raça adultos, prontos a serem adoptados por quem estiver interessado. O facto de este canil estar mais longe, faz com que os mesmos sejam muitas vezes esquecidos.


    publicado por Maluvfx às 11:36
    link do post | comentar | favorito

    Estes cães e gatos podem ser seus
    Iniciativa decorre este sábado e domingo, 24 e 25, no piso 0 do MadeiraShopping


    No próximo fim-de-semana, dias 24 e 25 de Julho, a Sociedade Protectora dos Animais Domésticos (SPAD) promove uma campanha de adopção e de angariação de fundos, no piso 0 do centro comercial MadeiraShopping. Segundo um dos membros da direcção da instituição, José Carlos Gomes, esta iniciativa é de extrema importância, uma vez que as instalações da SPAD estão "totalmente lotadas".
    A Crysti, Gyna, Silvestre e Troya estarão no MadeiraShopping. 
     FOTOS TERESA GONÇALVES















  • Anne, dois meses.






  • O Bruno é já um veterano na SPAD.






  • Micas.






  • Tiago, recém-chegado à SPAD.



  • "Existem cães e gatos, novos e adultos, para todos os gostos, mas todos muito simpáticos e dóceis, a precisar de um bom dono", referiu ao DIÁRIO José Carlos Gomes. Numa situação de adopção de um animal, a SPAD alerta sempre o interessado para a necessidade de este ter de estabelecer um projecto de vida que conte já com a nova companhia, a fim de evitar que, pouco tempo depois, os animais sejam devolvidos ou abandonados.

    Nesta campanha, no MadeiraShopping, estará sempre presente uma médica veterinária da SPAD para a colocação imediata do 'microchip' e para que seja tratada toda a documentação legal e necessária na ocasião.

    José Carlos Gomes recordou ainda que existe uma taxa de adopção simbólica de 40 euros. Assim, os animais já vão para a nova casa desparasitados, vacinados, com 'microchip' e ainda esterilizados.

    A directora clínica da instituição, Raquel Estudante, fez questão de recordar que o canil municipal do Vasco Gil está cheio de cães de raça adultos, prontos a serem adoptados por quem estiver interessado. O facto de este canil estar mais longe, faz com que os mesmos sejam muitas vezes esquecidos.


    publicado por Maluvfx às 11:36
    link do post | comentar | favorito

    Domingo, 11 de Julho de 2010
    Animais para adopção devem ser esterilizados
    Recomendação visa conter aumento de animais abandonados no Porto

    Todos os animais do Canil Municipal do Porto que forem entregues para adopção devem ser gratuitamente esterilizados, se essa for a vontade das famílias que os acolherem. Esse é o teor de uma recomendação do Bloco de Esquerda aprovada, anteontem, na Assembleia Municipal do Porto.

    “Em vez de eutanasiar mensalmente dezenas de cães e gatos (só em Abril e Maio foram 96 cães e 92 gatos) importa antes travar este aumento exponencial de animais abandonados, prevenindo a sua capacidade reprodutiva”, argumentou Alda Macedo.

    A deputada municipal do BE está convencida, por outro lado, que a prática da esterilização “conduz, a prazo, a uma redução dos custos” e permitirá “monitorizar o número de animais errantes na cidade”. “Não há diferença significativa entre o custo associado à injecção letal dada aos animais para abate e o custo de uma campanha de esterilização”, argumentou Alda Macedo.

    Questionada pelo líder da bancada do PSD,Paulo Rios, sobre o custo concreto do processo, Alda Macedo serviu-se de “fontes informais” para revelar que “o custo associado à esterilização de um animal é de 20 euros” enquanto o abate fica por 60 euros.

    “Se numa cidade pequena como Castelo Branco já não há abates e conseguiu-se. Se em Barcelona, que é uma cidade grande, já não há abates e conseguiu-se, o município do Porto também poderá acabar com essa realidade”, considerou a deputada municipal da CDU, Marta Pereira.

    Fonte


    publicado por Maluvfx às 16:12
    link do post | comentar | favorito

    Animais para adopção devem ser esterilizados
    Recomendação visa conter aumento de animais abandonados no Porto

    Todos os animais do Canil Municipal do Porto que forem entregues para adopção devem ser gratuitamente esterilizados, se essa for a vontade das famílias que os acolherem. Esse é o teor de uma recomendação do Bloco de Esquerda aprovada, anteontem, na Assembleia Municipal do Porto.

    “Em vez de eutanasiar mensalmente dezenas de cães e gatos (só em Abril e Maio foram 96 cães e 92 gatos) importa antes travar este aumento exponencial de animais abandonados, prevenindo a sua capacidade reprodutiva”, argumentou Alda Macedo.

    A deputada municipal do BE está convencida, por outro lado, que a prática da esterilização “conduz, a prazo, a uma redução dos custos” e permitirá “monitorizar o número de animais errantes na cidade”. “Não há diferença significativa entre o custo associado à injecção letal dada aos animais para abate e o custo de uma campanha de esterilização”, argumentou Alda Macedo.

    Questionada pelo líder da bancada do PSD,Paulo Rios, sobre o custo concreto do processo, Alda Macedo serviu-se de “fontes informais” para revelar que “o custo associado à esterilização de um animal é de 20 euros” enquanto o abate fica por 60 euros.

    “Se numa cidade pequena como Castelo Branco já não há abates e conseguiu-se. Se em Barcelona, que é uma cidade grande, já não há abates e conseguiu-se, o município do Porto também poderá acabar com essa realidade”, considerou a deputada municipal da CDU, Marta Pereira.

    Fonte


    publicado por Maluvfx às 16:12
    link do post | comentar | favorito

    Sábado, 5 de Junho de 2010
    Ponta Delgada: 20 cães e 15 gatos adoptados num dia
    A adopção destes animais, já vacinados e desparasitados, decorreu no âmbito de uma iniciativa levada a cabo pelo Canil, nas Portas da Cidade de Ponta Delgada, na última terça-feira, durante as comemorações do Dia Mundial da Criança.

    A acção desenvolvida pelo Canil Municipal teve ainda como objectivo alertar os munícipes e, sobretudo as crianças, para a necessidade de se acabar com o abandono de animais domésticos, um comportamento que parece aumentar sobretudo na época de Verão.

    Hoje, e aproveitando as comemorações do Dia Mundial do Ambiente, que decorrem no Campo de São Francisco, entre as 10h00 e as 16h00, o Canil Municipal de Ponta Delgada vai promover uma nova acção de sensibilização junto dos mais novos.


    Assim, numa das três tendas que vão estar montadas no Campo de São Francisco decorrerá mais uma actividade do Canil Municipal de Ponta Delgada com vista à sensibilização da população sobre os direitos e deveres a ter para com os animais de companhia e sobre como se deve proceder caso exista a impossibilidade de manter esses mesmos animais. Esta acção conta com a colaboração da Associação Açoriana de Protecção dos Animais.

    António Gil com Gabinete de Imprensa da Câmara de Ponta Delgada
    Fonte: RTP - Açores


    publicado por Maluvfx às 03:46
    link do post | comentar | favorito

    Ponta Delgada: 20 cães e 15 gatos adoptados num dia
    A adopção destes animais, já vacinados e desparasitados, decorreu no âmbito de uma iniciativa levada a cabo pelo Canil, nas Portas da Cidade de Ponta Delgada, na última terça-feira, durante as comemorações do Dia Mundial da Criança.

    A acção desenvolvida pelo Canil Municipal teve ainda como objectivo alertar os munícipes e, sobretudo as crianças, para a necessidade de se acabar com o abandono de animais domésticos, um comportamento que parece aumentar sobretudo na época de Verão.

    Hoje, e aproveitando as comemorações do Dia Mundial do Ambiente, que decorrem no Campo de São Francisco, entre as 10h00 e as 16h00, o Canil Municipal de Ponta Delgada vai promover uma nova acção de sensibilização junto dos mais novos.


    Assim, numa das três tendas que vão estar montadas no Campo de São Francisco decorrerá mais uma actividade do Canil Municipal de Ponta Delgada com vista à sensibilização da população sobre os direitos e deveres a ter para com os animais de companhia e sobre como se deve proceder caso exista a impossibilidade de manter esses mesmos animais. Esta acção conta com a colaboração da Associação Açoriana de Protecção dos Animais.

    António Gil com Gabinete de Imprensa da Câmara de Ponta Delgada
    Fonte: RTP - Açores


    publicado por Maluvfx às 03:46
    link do post | comentar | favorito


    mais sobre mim
    pesquisar
     
    Maio 2013
    Dom
    Seg
    Ter
    Qua
    Qui
    Sex
    Sab

    1
    2
    3
    4

    5
    6
    7
    8
    9
    11

    12
    13
    14
    16
    18

    19
    20
    21
    22
    23
    24
    25

    26
    27
    28
    29
    30
    31


    posts recentes

    Um exemplo a seguir!!!

    Um exemplo a seguir!!!

    Vá de férias sem abandona...

    Vá de férias sem abandona...

    Estes cães e gatos podem ...

    Estes cães e gatos podem ...

    Animais para adopção deve...

    Animais para adopção deve...

    Ponta Delgada: 20 cães e ...

    Ponta Delgada: 20 cães e ...

    arquivos

    Maio 2013

    Abril 2013

    Março 2013

    Fevereiro 2013

    Janeiro 2013

    Dezembro 2012

    Novembro 2012

    Outubro 2012

    Setembro 2012

    Agosto 2012

    Julho 2012

    Junho 2012

    Maio 2012

    Abril 2012

    Março 2012

    Fevereiro 2012

    Janeiro 2012

    Dezembro 2011

    Novembro 2011

    Outubro 2011

    Setembro 2011

    Agosto 2011

    Julho 2011

    Junho 2011

    Maio 2011

    Abril 2011

    Março 2011

    Fevereiro 2011

    Janeiro 2011

    Dezembro 2010

    Novembro 2010

    Outubro 2010

    Setembro 2010

    Agosto 2010

    Julho 2010

    Junho 2010

    Maio 2010

    Abril 2010

    Março 2010

    Fevereiro 2010

    Janeiro 2010

    Dezembro 2009

    Novembro 2009

    Setembro 2009

    Julho 2009

    Junho 2009

    Maio 2009

    Abril 2009

    Março 2009

    Fevereiro 2009

    Janeiro 2009

    Setembro 2008

    Agosto 2008

    Junho 2008

    Fevereiro 2008

    Dezembro 2007

    Novembro 2007

    Setembro 2007

    Junho 2007

    Maio 2007

    Abril 2007

    Maio 2006

    Dezembro 2005

    Outubro 2003

    Julho 2002

    tags

    todas as tags

    favoritos

    ANTI-TOURADAS

    links
    blogs SAPO
    subscrever feeds