Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Sábado, 31 de Julho de 2010
Breves... interessantes
Proteção contra cólera
Estudos epidemiológicos mostram que a comida exerce um papel importante na transmissão do Vibrio cholerae
limão
Um grupo de pesquisadores de Guinéa-Bissau e Suécia examinou, em 1996, em Bissau, o efeito bactericida de diversos molhos que a população africana costuma adicionar ao arroz requentado. O resultado causou espanto. Se o arroz requentado é consumido com molho de limão, o risco de infecção é reduzido de forma significativa.
Molho de tomate mostra um efeito parecido, porém menos pronunciado. Outros molhos, p.ex. de amendoim, não afetam a infecciosidade do arroz requentado. O suco de limão aumenta temporariamente a acidez no estômago, matando uma parte dos vibriões da cólera, suscetíveis à acidez. Os germes remanescentes não são suficientes para provocar a doença. Como o limão é um ingrediente comum em molhos, seu uso deveria ser mais encorajado para evitar a transmissão caseira pela comida, durante um surto de cólera. (Tropical Medicine and International Health, vol. 5, nº6, p 418 - 422, junho 2000)


Comparando alimentos orgânicos com alimentos convencionais
verduras
  • Conteúdo de vitamina C no alimento orgânico:+ 27%.
  • Conteúdo de ferro no alimento orgânico:  + 21%.
  • Conteúdo de cálcio no alimento orgânico:  + 26%.
    ( Journal of Alternative and Complementary Medicine, vol.7, nº 2, 2001)


Água saudável  
A água em galões, quando guardada por algum tempo, perde toda a sua energia vital e é preciso "colocá-la em forma" por um dos seguintes processos, antes de consumi-la:
Água saudável 
  • expor a água ao sol, durante meia hora, antes de tomá-la;
  • acrescentar algumas gotas de limão;
  • colocar na água um pequeno galho de salsinha, de menta, de tomilho, de sálvia ou de outra erva aromática fresquinha;
  • colocar um pouco de argila em pó.
Dinamizando a água por esses processos, você melhora a saúde de sua família, que terá prazer em beber água em vez de café e refrigerantes. Podemos aplicar essas técnicas em viagens, sabendo, também, que as frutas ricas em água são ainda a melhor fonte de água viva.
(Dr. Christian Tal Schaller)


Pule o desjejum e engorde
Um estudo realizado durante quatro anos mostrou que pessoas que regularmente deixam de tomar o café da manhã têm 4,5 vezes mais probabilidade de engordarem. Entretanto, aqueles que fazem quatro ou mais pequenas refeições durante o dia normalmente são mais magras.(Am, Epidemiol, 2003)


Boa alimentação reduz permanência no hospital 
Um estudo feito por duas nutricionistas americanas conhecidas mostrou que, melhorando a alimentação, poderíamos diminuir drasticamente a permanência hospitalar, desocupando leitos e reduzindo as listas de espera. O estado nutricional precário de muitos pacientes aumenta bastante os custos da internação desses pacientes e aumenta a probabilidade de retornarem em breve ao hospital, após a alta.
(M. e A. Wynn, Relatório de junho 2000)
frutasFalta de concentração Durante 30 anos de experiência como professora, pude constatar que a alimentação errada pode ser motivo de falta de concentração. A criança que recebe bastante hortaliças e frutas frescas e menos proteína, açúcar e produtos de farinha branca, fica mais calma e consegue se concentrar melhor.
     
amendoim emboloradoEconomia perigosa
É preciso alertar sempre para o perigo que representam os alimentos embolorados. Mesmo a comida parcialmente embolorada deve ser eliminada. Venenos produzidos pelos fungos do bolor, as aflatoxinas, podem prejudicar o sistema nervoso. As aflatoxinas se espalham rapidamente no alimento e produzem sérios danos para a saúde, mesmo em quantidade mínima. Estudos epidemiológicos provaram que a aflatoxina, além de ser cancerígena, prejudica o sistema nervoso e reduz a defesa imunológica. As principais fontes de aflatoxinas são o pão e o amendoim embolorados. Também aparecem no presunto defumado, no coco ralado, em nozes e amêndoas.
Teflon mata passarinhos  
É importante que todos conheçam os riscos que apresentam as panelas de teflon. Principalmente em um lar onde há passarinhos, o teflon é extremamente perigoso. Ao ser aquecido, o teflon é revertido a sua forma gasosa, o tetrafluoretileno, um produto químico tóxico para aves e mamíferos, inclusive para os seres humanos. 
Entretanto, a concentração dos gases não é suficiente para imediatamente prejudicar outros animais, além das aves. As conseqüências para os pássaros são graves, incluindo geralmente a morte por hemorragia e edema pulmonar. Portanto, se você tem um passarinho em casa, livre-se das panelas de teflon. É muito mais saudável, também para a sua família, cozinhar em panelas de ferro, de ágata, de vidro ou de pedra sabão.



Os macacos preferem orgânicos 
No jardim zoológico de Copenhagen, os macacos estão fascinados com as bananas e outras frutas orgânicas - rejeitando os alimentos não orgânicos deixados nas gaiolas. Para receber o "rótulo verde", como zoológico que respeita o meio ambiente, começaram a alimentar os animais com pelo menos 10% de produtos orgânicos. 

"As antas e os chimpanzés escolhem bananas orgânicas entre as outras"
, contou o tratador Niels Melchiorsen para a revista "Ecological Agriculture". "Os chipanzés sabem distinguir entre frutas orgânicas e regulares. Se oferecemos bananas orgânicas e tradicionais, eles sistematicamente escolhem as orgânicas e comem com a casca. As bananas tradicionais, porém, eles descascam antes de comê-las". (Veja www.organicconsumers.org/organic/bananas022403.cfm )


Frutas e verdurasA cor dos alimentos 
Os efeitos antioxidantes de frutas e hortaliças está relacionado, principalmente, à componente que produz a cor. Assim como beta-caroteno, que dá a cor laranja às cenouras, e o licopeno que dá ao tomate e à melancia os lindos tons de vermelho, o mesmo ocorre com as folhas verde-escuras. 

Quanto mais escura a cor, mais abundantes os micronutrientes valiosos. Portanto, ao fazer suas compras, despreze as variedades pálidas e procure variedades mais coloridas. (Ralph W. Moss, www.cancerdecisions.com ) 

  Fontes de licopeno 
Licopeno, o pigmento vermelho dos tomates, reduz o risco de enfarte e pode ajudar a prevenir o câncer da próstata e da mama. A melancia contém 40% mais de licopeno que os tomates, mas os benefícios da melancia para a saúde ainda foram pouco pesquisados. Outras fontes de licopeno incluem goiaba, damasco, grapefruit rosa, mamão formosa, papaia e caqui.
Alho
Eliminando o odor do alho 
Para eliminar o odor de alho ou cebola de seu hálito, gargareje com vinagre e sal ou mastigue um pouco de salsa. Para eliminar das mãos esfregue os dedos num objecto de inox(faca) em água corrente.

Aspartame, um veneno! 
Diversas bebidas "light" são adoçadas com aspartame, que a partir de33°C se torna metanol (álcool metílico), que é muito tóxico e se degrada em formaldeído (formol), que é mais tóxico ainda! No organismo humano, à temperatura de 37°C, o aspartame produz estragos graves, diabete e principalmente câncer do cérebro. Foi inventado pela Monsanto, no âmbito de pesquisas para a guerra química. Numerosos cientistas e médicos estão exigindo a sua interdição, mas esse neurotóxico ainda é amplamente consumido em mais de 90 países - principalmente pelos jovens que procuram emagrecer!
Quando vamos abolir a loucura das indústrias alimentícias, que não têm nenhum respeito à saúde dos povos?
(Santé Nouvelles, outubro 2004)

Alimentos industrializados causam deformidades ósseas 
Em suas pesquisas entre os povos nativos, o famoso dentista Weston Price mostrou que os alimentos refinados modernos deformam o maxilar inferior e produzem deformidades no esqueleto inteiro. Ele notou que os ombros largos dos homens estavam se tornando mais estreitos e que a pelve da mulher - com o espaço necessário para carregar o bebê e dar à luz - também estava se estreitando. Além disso, apareciam deformidades nos pés quando os pais mudavam de sua alimentação tradicional para alimentos refinados / industrializados. Os bebês - nascidos quando os pais ainda se alimentavam com os alimentos naturais locais - estavam com saúde perfeita.
(What Doctors Don't Tell You, janeiro 2005)

Efeito do açúcar 
Emanuel Cheraskin mostrou, em suas pesquisas, que a ingestão de apenas uma colher de chá de açúcar imediatamente reduz em 50% a destruição dos germes pelos glóbulos brancos. A sua capacidade normal de destruir os germes volta somente após cinco horas. Milhões de pessoas consomem, em média, duas ou três colheres de chá de acúcares de todos os tipos, a cada hora e cada dia - mantendo a sua defesa imunológica constantemente em baixa. (Wright JV. Nutrition & Healing 2004, vol. 11, nº2, p 5)

maioneseEvitando aditivos
Os alimentos industrializados causam muitos problemas à saúde, principalmente devido aos aditivos (acidulantes, adoçantes, antioxidantes, antiumectantes, aromatizantes, conservantes, corantes, espessantes, estabilizantes) extremamente nocivos. 
Para não prejudicar a nossa saúde, Robert Hatherill, o autor do famoso livro The Brain Gate, sugere a seguinte norma prática: "Leia o conteúdo na embalagem e, se um produto contiver mais do que cinco aditivos, não coma." (Earth Save News, outono 2003, p 8).

Fraturas 
Um estudo publicado no ano 2000 em Archives of Pediatrics & Adolescent Medicine mostrou que as adolescentes que praticam esportes sofriam três vezes mais fraturas quando bebiam muitos refrigerantes, do que as meninas da mesma idade, que bebiam principalmente água e leite.

latas de cervejaCuidado com as latas de refrigerantes e cerveja 
Cada vez que você compra um refrigerante de lata, lave cuidadosamente a parte superior com água e sabão, antes de colocar a lata na geladeira. Isso impede que uma pessoa, ao beber diretamente da lata, se contamine com substâncias tóxicas. 

As latas são freqüentemente estocadas em locais infestados por ratos. A urina dos ratos pode conter a bactéria Leptospira, que provoca a doença leptospirose. As latas são vendidas sem qualquer limpeza e algumas pessoas morreram da doença ao beber diretamente da lata, tirada da geladeira.

cremes dentaisVocê ingere petróleo? 
Se você come alimentos que contêm corantes artificiais, a resposta é SIM. Os corantes artificiais - encontrados nos alimentos industrializados, nos medicamentos e em alguns cremes dentais - são sintetizados de petróleo. Muitas pessoas são sensíveis a esses produtos químicos, que podem provocar grande número de problemas de comportamento, aprendizado e saúde.

"Sabores e cores artificiais são associados com problemas respiratórios alérgicos, urticária, lesões na língua e em mucosas (como na boca), problemas digestivos, dores de cabeça, bem como distúrbios comportamentais, incluindo a hiperatividade na infância".


Alimentação e osteoporose
  • Países com o maior número de consumidores de lacticínios: Finlândia, Suécia, EUA e Inglaterra.
    Países com o maior índice de osteoporose: Finlândia, Suécia, EUA e Inglaterra.
  • A fratura do fêmur é nove vezes mais freqüente entre os negros que vivem nos EUA
    do que entre os negros que vivem na África do Sul.
  • Na China rural, a população consome apenas metade do cálcio consumido pela população nos EUA. 
  • Entretanto, na população dos EUA, ocorrem 5 vezes mais fraturas do que na China rural.

Os alimentos cujo consumo provocam a maior perda de cálcio, através da urina, são a proteína animal e o café.
(John Robbins, The Food Revolution)


Descoberta importante para a esclerose múltipla 
leiteCientistas canadenses comprovaram que há uma forte relação entre a esclerose múltipla e o consumo de leite. Nos países onde não existe, ou quase não existe o consumo de leite, a população não é atingida por essa doença, enquanto nos países onde existe o consumo de leite, a população é muito atingida. Na Noruega, a esclerose múltipla não é encontrada nas regiões costeiras, que vivem da pesca, mas sim nas regiões onde as fazendas produzem leite.
Uma interessante pesquisa americana acompanhou 47.331 homens e 88.563 mulheres de 1980 a 1998. 210 homens e 184 mulheres foram afetados pelo Mal de Parkinson. Constatou-se uma correlação entre o consumo de lacticínios e a incidência da doença - mas apenas nos homens. Outros fatores entram, portanto, em jogo e outras pesquisas são necessárias para determiná-los. Entretanto, essa pesquisa mostra que um fator alimentício facilita a incidência em certos grupos da população.
Na realidade, nos países industrializados, as proteínas do leite de vaca são, muitas vezes, as primeiras proteínas estranhas que chegam ao intestino do recém-nascido. A reação imunitária pode causar uma doença auto-imune que, mais tarde, será um dos fatores-chave no aparecimento de diabete ou de esclerose múltipla. Encontram-se anticorpos contra a caseína bovina com muito mais freqüência no sangue dos doentes afetados pela esclerose múltipla do que nos indivíduos sãos.
É pouco provável que essa informação importante seja divulgada pela grande imprensa, em virtude da pressão da indústria do leite, cuja publicidade apresenta esse alimento como perfeito para a saúde, ao manter o público na ilusão por razões comerciais. O lucro passa na frente da saúde e da verdade!
(Santé Nouvelles, fevereiro de 2003)


O culpado é o açúcar? 
O Dr. James Anderson, professor de medicina e nutrição na Faculdade de Medicina da Universidade de Kentucky e uma autoridade muito respeitada no campo da diabete, avaliou o efeito da alimentação sobre os níveis de açúcar no sangue. Assim como outros antes dele, o Dr. Anderson conseguiu transformar rapazes esbeltos e saudáveis em portadores de diabete moderada, em menos de duas semanas, através de uma alimentação contendo 65% de gordura. Um grupo semelhante, recebendo uma alimentação com apenas 10% de gordura e meio quilo de açúcar por dia, não produziu um único diabético após 11 semanas, quando a experiência terminou.

(Health Power, Review and Herald Publising, 2000)

Óleo de peixe não reduz o risco de enfarte 
Uma pesquisa realizada na Universidade de Harvard mostrou que os homens que mais comem peixe acabam tendo mais problemas do coração do que aqueles que raramente comem peixe. Os esquimós comem mais peixe do que qualquer um e têm índices muito elevados de derrame e enfarte.

Pasteurização
 

Lamentavelmente, a pasteurização também mata bactérias benéficas como os lactobacilos acidófilos e destroem até 60% das vitaminas solúveis em gordura (como as vitaminas A e E) e até 80% das vitaminas solúveis em água (como as vitaminas B e C). A enzima fosfatase, que ajuda o organismo a absorver o cálcio, também é destruída. De acordo com alguns estudiosos, sem essa enzima, menos do que 50% do cálcio disponível no leite é absorvido pelo organismo.
(Daily Mail, 07.12.01)


O leite de vaca não é o alimento perfeito 
O leite de vaca é perfeito para o bezerro (isto é, se você tem quatro estômagos e precisa dobrar o peso em 47 dias). Para o ser humano, porém, o leite foi relacionado às doenças coronarianas, alguns tipos de câncer, diabete e até osteoporose - aquelas mesmas doenças que, segundo os produtores de leite, podem ser prevenidas pelos laticínios! (A osteoporose é causada mais pelo excesso do consumo de proteína do que pela falta de cálcio). Recebemos a quantidade CERTA de cálcio do mundo vegetal.


As companhias de seguro não asseguram colheitas transgênicas As maiores seguradoras do mundo estão se recusando a assegurar os agricultores, que pretendem plantar safras transgênicas, contra processos. As seguradoras estão até recusando assegurar agricultores, que estão plantando safras não transgênicas, contra perdas pela contaminação por pólen transgênicos. As companhias seguradoras explicam que estão preocupadas que "os transgênicos acabem se tornando semelhantes à talidomida e ao asbesto". Somente após algum tempo, a extensão total dos problemas com talidomida e asbestos apareceram.
(Robert Uhlig. Daily Telegrafh 08.10.03)


Aquilo que fazendeiros no Canadá e nos EUA sabem, e os cientistas não sabem, sobre as safras de transgênicos 
Percy Schmeiser
  • Os porcos nos EUA não estão se reproduzindo devidamente, quando alimentados com soja e milho transgênicos.
  • Os fazendeiros em Wisconsin, Minnesota e Vermont descobriram que as vacas estão produzindo menos leite, quando alimentadas com grãos e feno transgênicos. Por isso, eles estão procurando alimentos não-transgênicos.
  • Eles estão perguntando: "De que forma isso vai afetar as mães que se alimentam com trangênicos e amamentam seus bebês?"
  • Os fazendeiros armazenam grãos transgênicos e não-transgênicos em grandes caixas separadas. As caixas de não-transgênicos estão cheias de ratos, enquanto que as caixas de transgênicos estão intactas. (Os fazendeiros na Holanda descobriram o mesmo e um jovem estudante holandês fez uma experiência para provar, que ratos definitivamente preferem não-transgênicos 
    (Science in Society 2002, 13/14 www.i-sis.org.uk )
    .
  • Os gansos não comem canola transgênica e evitam plantações transgênicas, preferindo plantações não transgênicas.

Fonte


publicado por Maluvfx às 20:44
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Breves... interessantes

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds