Ética é o conjunto de valores, ou padrões, a partir dos quais uma pessoa entende o que seja certo ou errado e toma decisões. A ética é importante por que respeita os outros e a dignidade humana.

Quinta-feira, 2 de Junho de 2011
Não Matarás
Não Matarás é um documentário brasileiro produzido pelo Instituto Nina Rosa sobre experimentação em animais e suas consequências para os próprios animais, para o homem, para a educação e para o mercado.


publicado por Maluvfx às 06:16
link do post | comentar | favorito

Não Matarás
Não Matarás é um documentário brasileiro produzido pelo Instituto Nina Rosa sobre experimentação em animais e suas consequências para os próprios animais, para o homem, para a educação e para o mercado.


publicado por Maluvfx às 06:16
link do post | comentar | favorito

A carne é fraca!
A Carne É Fraca é um documentário produzido pelo Instituto Nina Rosa sobre os impactos que o ato de comer carne representa para a saúde humana, para os animais e para o meio-ambiente.

Conta com a participação dos seguintes entrevistados, entre outros:
Éder Jofre, ex-pugilista brasileiro;
Dagomir Marquezi, jornalista brasileiro;
Washington Novaes, jornalista brasileiro.




Vídeo "A Carne é Fraca" mostra realidade de abatedouros


“A Carne é Fraca”, melhor documentário já realizado no Brasil sobre o consumo da carne e suas conseqüências, é essencial para aqueles que buscam informações e uma arma para nós, defensores dos animais."

O Instituto Nina Rosa - Projetos por Amor à Vida - lançou no dia 12 de novembro, durante o 36º Congresso Vegetariano Mundial - que aconteceu entre os dias 8 e 14 deste mês, no Costão do Santinho, em Florianópolis (SC) - o documentário “A Carne é Fraca".
Feito em quatro idiomas - português, francês, inglês e espanhol - o vídeo, que será distribuído para 400 organizações em todo o mundo, conta toda a "trajetória de um bife", desde o nascimento de bezerros e frangos até o abatedouro. “Muitas pessoas contribuem com a indústria da crueldade, que implica em danos sérios à saúde humana e ao meio ambiente, sem ter conhecimento disso. Nossa intenção é informar para que o cidadão possa fazer escolhas conscientes", explica Nina Jacob, presidente do Instituto.
Ao longo de 54 minutos, sob a direção de Denise Gonçalves, o documentário mostra aspectos da indústria da carne de aves e gado que normalmente não são divulgados. Além disso, também conta com depoimentos de técnicos ambientais, médicos, pediatras, de jornalistas como Washington Novaes, Dagomir Marquezi e Flávia Lippi; da socióloga Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira e da veterinária Rita de Cássia Garcia.
Um dos destaques do trabalho é o impacto ambiental. Segundo este documentário, a região amazônica tem sido seriamente prejudicada pela pecuária, que ocupa uma extensão de terra, cada vez maior acarretando desmatamento e poluição de recursos hídricos.
Foram oito meses de pesquisa e filmagens em abatedouros considerados "modelos" nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Quem assistir ao vídeo verá que os animais são criados em pequenos espaços para que não gastem energia e, assim, apressar a engorda do boi, antecipando o abate. E também vai conhecer o processo de produção do “baby beef", em que os bezerros são separados das mães logo ao nascer.
Na análise de Nina Jacob, este trabalho será um divisor de águas para o consumidor brasileiro. "As pessoas ainda acreditam que o gado, por exemplo, é criado livre nos pastos, sem causar danos ambientais. Este trabalho é um direito do consumidor", finaliza.


publicado por Maluvfx às 06:12
link do post | comentar | favorito

A carne é fraca!
A Carne É Fraca é um documentário produzido pelo Instituto Nina Rosa sobre os impactos que o ato de comer carne representa para a saúde humana, para os animais e para o meio-ambiente.

Conta com a participação dos seguintes entrevistados, entre outros:
Éder Jofre, ex-pugilista brasileiro;
Dagomir Marquezi, jornalista brasileiro;
Washington Novaes, jornalista brasileiro.




Vídeo "A Carne é Fraca" mostra realidade de abatedouros


“A Carne é Fraca”, melhor documentário já realizado no Brasil sobre o consumo da carne e suas conseqüências, é essencial para aqueles que buscam informações e uma arma para nós, defensores dos animais."

O Instituto Nina Rosa - Projetos por Amor à Vida - lançou no dia 12 de novembro, durante o 36º Congresso Vegetariano Mundial - que aconteceu entre os dias 8 e 14 deste mês, no Costão do Santinho, em Florianópolis (SC) - o documentário “A Carne é Fraca".
Feito em quatro idiomas - português, francês, inglês e espanhol - o vídeo, que será distribuído para 400 organizações em todo o mundo, conta toda a "trajetória de um bife", desde o nascimento de bezerros e frangos até o abatedouro. “Muitas pessoas contribuem com a indústria da crueldade, que implica em danos sérios à saúde humana e ao meio ambiente, sem ter conhecimento disso. Nossa intenção é informar para que o cidadão possa fazer escolhas conscientes", explica Nina Jacob, presidente do Instituto.
Ao longo de 54 minutos, sob a direção de Denise Gonçalves, o documentário mostra aspectos da indústria da carne de aves e gado que normalmente não são divulgados. Além disso, também conta com depoimentos de técnicos ambientais, médicos, pediatras, de jornalistas como Washington Novaes, Dagomir Marquezi e Flávia Lippi; da socióloga Marly Winckler, presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira e da veterinária Rita de Cássia Garcia.
Um dos destaques do trabalho é o impacto ambiental. Segundo este documentário, a região amazônica tem sido seriamente prejudicada pela pecuária, que ocupa uma extensão de terra, cada vez maior acarretando desmatamento e poluição de recursos hídricos.
Foram oito meses de pesquisa e filmagens em abatedouros considerados "modelos" nas regiões Sul e Sudeste do Brasil. Quem assistir ao vídeo verá que os animais são criados em pequenos espaços para que não gastem energia e, assim, apressar a engorda do boi, antecipando o abate. E também vai conhecer o processo de produção do “baby beef", em que os bezerros são separados das mães logo ao nascer.
Na análise de Nina Jacob, este trabalho será um divisor de águas para o consumidor brasileiro. "As pessoas ainda acreditam que o gado, por exemplo, é criado livre nos pastos, sem causar danos ambientais. Este trabalho é um direito do consumidor", finaliza.


publicado por Maluvfx às 06:12
link do post | comentar | favorito

Animação Vegana do Instituto Nina Rosa
Animação Vegana do Instituto Nina Rosa 





Vegana, um filme do Instituto Nina Rosa



Sinopse: Luka é uma adolescente de 16 anos que aprendeu com sua tia Vera o valor e o respeito por cada ser vivo. Ela movimenta a família e a escola com suas restrições à exploração animal. Ela conseguirá fazer com que até seu pai, um homem resistente a novas idéias e às mudanças de hábitos, repense alguns valores e práticas. Abaixo, o filme completo.
Vegana, episódio Inspiração
Vegana, episódio Manifestação
Vegana, episódio Escola
Vegana, episódio Ninhada
Vegana, episódio Habitantes das Águas
Vegana, episódio Almoço Vegano
Vegana, episódio Circo
Vegana, episódio Compras
Vegana, episódio Abate Humanitário
Vegana, episódio Denúncia
Vegana, episódio Tradições
Vegana, episódio Despertar
Ficha Técnica:
Gênero: Animação
Duração: 55 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Classificação indicativa: 12 anos
Argumento e Roteiro: Instituto Nina Rosa
Produção Executiva e Realização: Instituto Nina Rosa
Direção: Airon Barreto
Estúdio: Cosmic Cartoons
Produção: Deise Ueda
Música: Fernando Feresin e Caio Petrônio
Dublagem: Mauro Castro (Reinaldo – pai da Luka), Selma Egrei (Ana – Mãe da Luka), Priscila Tessuto (Luka), Gabriela Veiga (Bia) e Fernando Fanitelli (Veterinário)
Fonte: Vista-se


publicado por Maluvfx às 04:36
link do post | comentar | favorito

Animação Vegana do Instituto Nina Rosa
Animação Vegana do Instituto Nina Rosa 





Vegana, um filme do Instituto Nina Rosa



Sinopse: Luka é uma adolescente de 16 anos que aprendeu com sua tia Vera o valor e o respeito por cada ser vivo. Ela movimenta a família e a escola com suas restrições à exploração animal. Ela conseguirá fazer com que até seu pai, um homem resistente a novas idéias e às mudanças de hábitos, repense alguns valores e práticas. Abaixo, o filme completo.
Vegana, episódio Inspiração
Vegana, episódio Manifestação
Vegana, episódio Escola
Vegana, episódio Ninhada
Vegana, episódio Habitantes das Águas
Vegana, episódio Almoço Vegano
Vegana, episódio Circo
Vegana, episódio Compras
Vegana, episódio Abate Humanitário
Vegana, episódio Denúncia
Vegana, episódio Tradições
Vegana, episódio Despertar
Ficha Técnica:
Gênero: Animação
Duração: 55 minutos
Ano de Lançamento: 2010
Classificação indicativa: 12 anos
Argumento e Roteiro: Instituto Nina Rosa
Produção Executiva e Realização: Instituto Nina Rosa
Direção: Airon Barreto
Estúdio: Cosmic Cartoons
Produção: Deise Ueda
Música: Fernando Feresin e Caio Petrônio
Dublagem: Mauro Castro (Reinaldo – pai da Luka), Selma Egrei (Ana – Mãe da Luka), Priscila Tessuto (Luka), Gabriela Veiga (Bia) e Fernando Fanitelli (Veterinário)
Fonte: Vista-se


publicado por Maluvfx às 04:36
link do post | comentar | favorito

Segunda-feira, 24 de Maio de 2010
NINA JACOB FALA SOBRE RESPEITO PELOS ANIMAIS


A palestra da ativista pela defesa dos direitos animais causou um choque de realidade no público presente ao 3° Seminário de Alimentação Ética, Saudável, Sustentável.

Depois de abrir sua apresentação com imagens de animais maltratados, subnutridos e dilacerados por disputas em rinhas, a fundadora do Instituto Nina Rosa comentou o trabalho de diversas iniciativas e ONGs que lutam pelos direitos das espécies. Entre eles, citou o Natureza em Forma, Sorocaba sem Rodeios e até documentários que retratam a matança de golfinhos, o The Cove.


Nina Jacob ainda desmitificou a imagem do pitbull, estereotipado como um cão agressivo. “O pitbull é vítima de preconceito pela sociedade. As pessoas fazem verdadeiras atrocidades com esse animal, que também sofre com o sensacionalismo da mídia”, afirmou. Segundo Nina, o pitbull pode viver perfeitamente em sociedade. “Até o ser humano, se criado em condições subhumanas, vai se tornar agressivo. É o que acontece com o pitbull”.

Outro caso comentando foi o de ursos no Vietnã usados como cobaias para a retirada de líquido biliar, utilizado na produção de afrodisíaco. Os animais foram resgatados e recuperados.

“Não importa qual seja a nossa profissão, a gente deve sempre fazer algo pelos animais”, defendeu Nina.

Fonte: Francal Feiras


publicado por Maluvfx às 14:04
link do post | comentar | favorito

Domingo, 28 de Fevereiro de 2010
Rede TV entrevista Nina Rosa e Eric Slywitch neste domingo, 28

.
Assista à entrevista sobre vegetarianismo com a  ativista Nina Rosa Jacob e o médico nutrólogo Eric Slywitch, no programa “Deus médico dos médicos”

O (ótimo) bate papo vai ao ar na hora do almoço (12h) deste domingo, 28, na RedeTV.
Muito esclarecedor para aqueles que ainda não experimentaram a culinária sem crueldade, e para aqueles que já se alimentam de forma ética. 

ANDA


publicado por Maluvfx às 14:28
link do post | comentar | favorito

Sábado, 2 de Janeiro de 2010
Já não somos mais tão inocentes
por Nina Rosa
Tivemos a oportunidade de assistir a documentários que nos mostraram os horrores infligidos aos animais de todas as espécies, na sua exploração pelo homem. Já não somos mais tão inocentes. Se realmente não concordamos com isso, o que ainda esperamos para assumir uma postura ética perante a vida?

Muitos de nós repetimos um conhecido pensamento de Leonardo da Vinci pronunciado há séculos:
Chegará o dia em que os homens conhecerão a alma dos animais e, nesse dia, um crime contra um animal será considerado um crime contra a humanidade”.

Esse dia somos nós que fazemos. Ele chegou, e é agora.
É tempo de darmos um BASTA na exploração animal. Pelo menos na exploração que nós próprios sustentamos quando concordamos em comer pedaços de seus cadáveres, quando concordamos em apoiar rodeios, circos, zoológicos, rinhas, parques aquáticos, quando compramos animais, domésticos ou silvestres, quando compramos artigos de couro ou pele ”natural”, quando desrespeitamos os direitos de nosso animal de estimação. As formas de explorar parecem infinitas, tantas são.
O básico já sabemos: os maus-tratos existem, os animais estão sendo massacrados, utilizados como objetos de consumo. Consideramos isso injusto, antiético, imoral? Então vamos fazer a diferença de uma vez. Ser vegetariano ou vegan é um requisito básico, mas é necessário ir além. É necessário trabalhar para reverter essa situação inaceitável.
O sentimento de justa indignação pode servir de impulso para provocar mudanças em cada um de nós e ao nosso redor. Impulso para não mais aceitarmos aquilo de que nosso coração discorda.
Além de não explorar e nem apoiar a exploração, podemos utilizar nossos dons naturais para trabalho justo e sem crueldade.

Os produtos éticos são cada vez mais procurados.
Calçados confeccionados em couro sintético; cosméticos sem testes ou ingredientes animais; restaurantes e lanchonetes vegan; circos sem animais, advogar pela causa animal; colaborar com ong´s que defendem os animais;ser ativista ativo, sozinho ou em grupo, ou o que mais a nossa criatividade alcançar.
É necessário marcar posição, comprometer-se internamente, ser referência.

Quando escolhemos atitudes éticas inspiramos aqueles que ainda não tiveram decisão para se posicionar.

Sem tomar posição, vamos ficar assistindo e admirando outros fazerem, sem levar a sério a dor dos animais e o quanto eles clamam por nossa ajuda. Você sabe o que pode fazer por eles.

Por que não começar já?

Instituto Nina Rosa - projetos por amor à vida * Desde 2000


publicado por Maluvfx às 19:47
link do post | comentar | favorito


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

12
13
14
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


posts recentes

Não Matarás

Não Matarás

A carne é fraca!

A carne é fraca!

Animação Vegana do Instit...

Animação Vegana do Instit...

NINA JACOB FALA SOBRE RES...

Rede TV entrevista Nina R...

Já não somos mais tão ino...

arquivos

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Setembro 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Setembro 2008

Agosto 2008

Junho 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Setembro 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Maio 2006

Dezembro 2005

Outubro 2003

Julho 2002

tags

todas as tags

favoritos

ANTI-TOURADAS

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds